quinta-feira, 29 de março de 2012

Histórica cúpula da Liga Árabe na cidade de Bagdá registra três explosões

Três explosões foram registradas em Bagdá, capital do Iraque, nesta quinta-feira, mesmo dia em que teve início uma histórica cúpula da Liga Árabe na cidade. A reunião do grupo, a primeira no Iraque em mais de duas décadas, discutirá principalmente a crise na Síria.
De acordo com autoridades, um morteiro atingiu um local próximo à Embaixada do Irã em Bagdá, no limite da chamada Zona Verde, área de segurança reforçada na cidade onde a cúpula é realizada. Não foram divulgados detalhes sobre a segunda explosão e não há relatos de danos ou vítimas.
Durante as últimas semanas, o governo iraquiano culpou a Al-Qaeda por vários ataques no país, dizendo que a rede terrorista tentava assustar os líderes árabes e impedir a realização da cúpula, como ocorreu no ano passado. O Iraque vê a reunião como uma oportunidade de fortalecer sua posição no mundo árabe após a retirada das forças americanas, finalizada em dezembro.
A cúpula, porém, contará com a presença de apenas 10 líderes dos 22 países que formam a Liga Árabe. O emir do Kuwait é o único representante das seis nações do Golfo, o que reflete tensões com o Iraque. Um dos motivos para isso foi a condenação feita por políticos e clérigos xiitas iraquianos à repressão do governo do Bahrein aos protestos da população xiita em meio às revoltas no mundo árabe.
O primeiro-ministro do Catar, sheik Hamad Bin Jassem Bin Jabr Al Thani, afirmou que a representação pouco expressiva de seu país na cúpula é uma mensagem para que a maioria xiita do Iraque “pare de marginalizar a minoria sunita”.
As principais discussões, porém, devem ser sobre a Síria, no momento em que o grupo discute ações para pôr fim à repressão à oposição por parte do governo do presidente Bashar Al-Assad. De acordo com a Organizações das Nações Unidas (ONU), mais de nove mil mortes foram registradas desde o início da revolta, em março de 2011.
O premiê do Catar disse que a Liga Árabe se veria diante de uma “desgraça” se os “sacrifícios do povo sírio forem desperdiçados”. “Temos uma escolha difícil pela frente: ou ficamos ao lado da população, ou ao lado dele (Assad)”, disse. “Não podemos esperar que os sírios fiquem de braços cruzados enquanto o regime continua matando.”
O Catar e a Árabia Saudita são os principais defensores de uma ação mais assertiva da Liga Árabe para pôr fim ao conflito sírio. Em reuniões fechadas, representantes dos dois países dizem ver pouco resultado nos esforços diplomáticos do grupo.
Entre as novas ações estudadas estão fornecer armamentos para rebeldes sírios e oferecer proteção à oposição na região da fronteira da Síria com a Turquia, que seria uma espécie de campo de refugiados.
Fonte: Último Segundo

terça-feira, 27 de março de 2012

Um austríaco desempregado de 56 anos amputou o próprio pé para não trabalhar

De acordo com jornal Salzburger Nachrichten, o homem, cuja identidade não foi revelada, havia trocado de emprego e, insatisfeito, já estava desempregado há muito tempo.
A polícia informou que ele preparou a amputação de forma sistemática.
Após a saída da mulher e do filho para o trabalho, logo pela manhã, ele fixou a serra elétrica sobre duas cadeiras, removeu um dispositivo de proteção da lâmina e apertou um mecanismo de segurança com um cabo, para que o aparelho permanecesse ligado.
Feita essa primeira parte, ele sentou-se próximo à serra e passou a perna esquerda sobre a lâmina, cortando o pé na altura do tornozelo e depois jogando o membro amputado no forno, para eliminar evidências.
Já sem o pé, ele se arrastou até a garagem, e pouco depois os serviços de emergência chegaram até sua casa. O homem foi levado até um hospital, de helicóptero, mas o pé – encontrado pelos socorristas no forno - não pôde ser suturado de volta.
Ele sobreviveu e recupera-se em um hospital da Áustria.
Fonte:BBC

Sessão de porrada na Câmara de Itatinga, SP

Na noite da segunda-feira (26), a sessão na Câmara de Itatinga (SP) foi tumultuada e os vereadores acabaram se espancando no plenário. Mais de 100 pessoas acompanhavam as votações que decidiriam por uma possível cassação do prefeito da cidade.
A denúncia foi feita pelo vereador Júlio Fogaça e lida pela secretária, mas foi rejeitada por votação. Uma segunda denúncia, desta vez contra o próprio vereador, foi feita por um morador da cidade, mas também não foi aceita pela maioria da Câmara.
 O problema começou quando os parlamentares começaram a desenrolar suas falas no plenário. Durante a fala do vereador Antônio dos Santos Barbosa, houve uma interrupção feita por Júlio Fogaça. Os dois se empurraram. O vereador Marcos Feliciano tentou separar, mas também foi atingido.
  Os dois vereadores que começaram a briga se agarraram e trocaram socos e só foram separados pelos policiais militares que acompanhavam a sessão. As pessoas que assistiam invadiram o plenário e também foram contidas pela PM.
O vereador Júlio Fogaça afirmou que a discussão é normal dentro da Câmara. Já o vereador Antônio disse que foi provocado pelo vereador da oposição e reagiu aos comentários do colega.
 A polícia precisou de reforços. O efetivo, que geralmente trabalha com quatro homens, foi aumentado para dez policiais. Na saída, populares que acompanhavam a sessão ainda xingaram Júlio Fogaça, que precisou ser escoltado até o carro.
Fonte: G1

segunda-feira, 26 de março de 2012

Arma de choque "Taser" mata homem de 33 anos em Florianópolis

Um homem de 33 anos morreu na madrugada do domingo (25) em Santa Catarina após ser imobilizado por policiais militares com o uso de choques elétricos de uma pistola taser. Segundo informações do 21º Batalhão da PM de Santa Catarina, a ocorrência ocorreu por volta das 4h40 de domingo, quando a mulher da vítima ligou para a polícia afirmando que o casal estava discutindo e o marido estava destruindo o apartamento, localizado no bairro dos Ingleses, na ilha de Florianópolis.
A PM informou que ao chegar ao apartamento do casal, o rapaz estava descontrolado e aparentava ter feito de uso drogas, sendo que informação teria sido confirmada pela mulher, uma administradora de empresas de 31 anos, disseram policiais do batalhão.
PMs fizeram uso da taser para imobilizar o homem e só perceberam que ele estava sem sinais vitais após acionarem apoio para o caso.
A mulher registrou um boletim de ocorrência no 8º Distrito Policial de Florianópolis e o delegado Antonio Claudio Seixas Joca, responsável pelo caso, apreendeu a pistola. Conforme a Polícia Civil, a arma será enviada para perícia.
"A mulher da vítima confirmou que ele havia consumido muita droga durante a noite e estava destruindo tudo devido a surtos psicóticos. A PM chegou ao local, presenciou o surto e fez uso da taser quando o homem abriu a janela, aparentemente tentando pular a janela. Ele foi imobilizado, ficou escorado na parede, e os policiais perceberam que ele não esboçava reação quando foi colocado no chão", disse o delegado ao G1.
A investigação espera ainda o resultado do laudo do Instituto Médico Legal (IML) que irá apontar as circunstâncias da morte e a relação do tiro de eletrochoque com o infarto, que seria a possível causa da morte do homem. "Um inquerito foi instaurado e vou ouvir o depoimento de todos os envolvidos", afirmou Seixas.
A assessoria de imprensa da PM informou que não havia nenhum oficial na unidade na manhã desta segunda-feira (26) para falar sobre o caso.
Fonte:G1

Terremoto 7,1 deixa feridos no Chile

Santiago, 26 Mar 2012 (AFP) -O terremoto de magnitude 7,1 que atingiu o centro do Chile na tarde de domingo, considerado por especialistas como uma réplica do terremoto ocorrido em 2010, deixou um saldo de 14 feridos e obrigou 25.000 pessoas a abandonar suas casas preventivamente pelo risco de tsumani, que pouco depois foi descartado.
O tremor deixou um saldo total de 11 feridos na região do Maule, dois na região metropolitana e um no Biobio, confirmou em um último balanço o diretor do Escritório Nacional de Emergências (ONEMI), Miguel Ortiz.
"É uma réplica tardia do terremoto de 27 de fevereiro (de magnitude 8,8), segundo o serviço sismológico nacional. É preciso lembrar que depois de um terremoto das características do de 27 de fevereiro podem ser esperadas réplicas mesmo depois de cinco anos", disse Ortiz.
Segundo dados oficiais, 24.283 pessoas foram retiradas de forma preventiva de suas casas entre as regiões de Valparaíso e Biobio. Imediatamente depois do terremoto, a ONEMI decretou uma evacuação preventiva que foi cancelada minutos depois, quando o Serviço Hidrográfico e Oceanográfico da Armada descartou um risco de tsunami.
No entanto, depois de algumas observações que detectaram um recolhimento do mar de cerca de 40 metros, a ONEMI reativou a evacuação preventiva na região do Maule durante cerca de duas horas. Em outras regiões, pessoas saíram de suas casas de forma voluntária para se proteger.

Jovem morto em briga de torcidas será enterrado nesta segunda em SP

O estudante André Alves Lezo, de 21 anos, que morreu na noite do domingo (25) após ser baleado durante uma briga entre palmeirenses e corintianos, será enterrado nesta segunda-feira (26) no Cemitério do Jaraguá, em São Paulo. Desde por volta das 8h, amigos e os pais do jovem acompanhavam o velório. O horário do enterro não foi divulgado.
André Lezo foi baleado na cabeça na manhã de domingo. O crime ocorreu por volta das 10h30. No horário, ele seguia para o estádio do Pacaembu, onde Palmeiras e Corinthians jogaram durante a tarde pelo Campeonato Paulista de Futebol. Dentro do estádio, houve conflitos entre palmeirenses e corintianos com a PM.
O jovem era palmeirense e, de acordo com o relato de amigos, tem um irmão que é vice-presidente da torcida organizada Mancha Alvi Verde. Segundo Moacir Bianchi, ex-presidente e um dos diretores da torcida organizada, a Mancha só deve se pronunciar sobre o ocorrido na terça-feira.
A briga aconteceu na região da Avenida Inajar de Souza, na Zona Norte de São Paulo. O conflito deixou dois baleados e pelo menos cinco feridos por paus, barras de ferro e pedras. Cerca de 300 torcedores, entre corintianos e palmeirenses, teriam participado do confronto, de acordo com a Polícia Militar. A PM interveio e deteve dois torcedores palmeirenses suspeitos de participar do conflito.
Os policiais do 72º Distrito Policial, onde o caso foi registrado, informaram que os dois foram vistos armados pela PM, mas não carregavam mais as armas ao serem abordados. Por isso, passaram por um exame residuográfico – para detectar a presença de pólvora nas mãos - e foram liberados.
O conflito teria sido agendado pela internet, segundo torcedores que conversaram com o G1 sem se identificar.
Além do rapaz de 21 anos, outro torcedor, um jovem de 23 anos, também foi ferido por disparo de arma de fogo na confusão. Ele foi atingido na bacia e acabou transferido, em estado estável, para o Hospital do Mandaqui. A terceira pessoa atendida na unidade médica é um torcedor de 27 anos, que teve traumatismo craniano após ser atingido por uma barra de ferro. Ele também sofreu outras fraturas e foi transferido para o Hospital Cruz Azul.
Na tarde de domingo, uma mãe aguardava em frente ao Hospital da Vila Nova Cachoeirinha informações sobre o filho internado, que é corintiano. Segundo ela, dedos das mãos do jovem foram quebrados por rivais. “Eles só pararam porque um policial tinha uma calibre 12, que é uma arma pesada, então eles se assustaram”, disse Marina Cezarina de Lima em entrevista ao Fantástico.
Os outros quatro feridos seguiram para o Hospital São Camilo, na Pompéia, na Zona Oeste. Três deles foram liberados. Por volta das 20h, um ferido continuava internado.
Prisão de suspeitos Os dois suspeitos presos estavam num carro abordado pela Polícia Militar. Outros três palmeirenses que estavam no veículo conseguiram fugir. "Por volta das 10h, a PM recebeu chamado de tumulto na Avenida Inajar de Souza. A PM foi para lá e 50 pessoas, entre corintianos e palmeirenses, se confrontavam perto do Terminal Vila Nova Cachoeirinha", disse o major Soffner. "Foram deslocadas as forças da PM de toda a cidade para os principais corredores e antecipamos o policiamento na cidade, por conta do jogo, que começaria meio-dia".
Fonte:G1

domingo, 25 de março de 2012

Grupo de extermínio é apreendido pela Polícia Civil do Rio de Janeiro

Rio de Janeiro - Um grupo de extermínio que atuava na Baixada Fluminense foi preso hoje (25) pela Polícia Civil com apoio do Grupo de Atuação Especial de Combate ao Crime Organizado (Gaeco) do Ministério Público Estadual.
Os acusados agiam na localidade de Delamare, no município de Japeri, que tem o pior Índice de Desenvolvimento Humano (IDH) do Rio de Janeiro. As vítimas eram mortas por dívidas banais. Por meio de escutas telefônicas autorizadas pela Justiça, foi possível identificar a frieza da quadrilha.
Uma das vítimas foi morta porque teria uma dívida em um contrato de aluguel. Outra foi assassinada porque cometia furtos na região. Um terceiro levou vários tiros durante o dia, na frente de outras pessoas, para que sua morte servisse de exemplo para a comunidade.
Nas escutas, os integrantes da quadrilha são flagrados planejando os crimes, não apenas em Japeri, mas também no município vizinho de Queimados.
A ação denominada Tornado, teve como objetivo cumprir 15 mandados de prisão temporária de acusados pelos crimes de homicídio e quadrilha armada e 21 de busca e apreensão. Quatro pessoas ainda estão foragidas.
O delegado Carlos Augusto da Silva, titular da delegacia de Japeri, que participou da ação, disse que os homicídios na região motivaram o início das diligências. Além disso, eles também funcionavam como matadores de aluguel e cobravam R$ 1 mil para executar uma vítima.
A Polícia Civil acredita que a quadrilha vinha atuando desde 2010, época em que começou a ser investigada pelas morte em Japeri.
Fonte: Correio Braziliense

Amazonense que recebeu uma pedra no lugar de iPhone 4S recebe celular

O homem surpreendido com uma pedra no lugar de um iPhone 4S recebeu o celular 48 horas após ter reclamado o ocorrido à Apple. Gilvandro Silva afirmou ao G1 que ainda na quarta-feira (21) teve o retorno da empresa americana depois de negociações com uma representante no Brasil.
Segundo o morador de Parintins, 369 km de Manaus, a entrega do aparelho foi realizada pela mesma empresa que entregou a correspondência com a pedra no dia 19 deste mês. "Recebi o iPhone em uma caixa totalmente diferente da primeira. Ela veio lacrada com plástico", disse.Gilvandro buscou contato com o serviço de atendimento ao consumidor da Apple no Brasil e foi encaminhado a negociações na sede americana. "O atendente daqui do Brasil quis me dar um prazo de dez dias mas não aceitei. Foi aí que ele me encaminhou para uma atendente nos Estados Unidos, que me pediu dois dias para resolver o problema. Quando foi na quarta, recebi o celular", afirmou ao G1.
 O consumidor gravou o momento em que abriu a correspondência (veja vídeo ao lado). Ele contou ainda que conviveu com desconfianças sobre a veracidade do ocorrido. "Muita gente falando que eu tava mentindo. Sinceramente, se eu tivesse enganando eles saberiam. A Apple não mandaria um celular assim sem mais nem menos", disse.
 Pedra no lugar de Iphone
Gilvandro Silva comprou o iPhone 4S no site da Apple no dia 3 de março. O morador de Parintins adquiriu o smartphone para presentear a esposa. A embalagem continha uma pedra no lugar de um celular. O caso foi registrado na 3ª Delegacia Interativa de Polícia de Parintins.

Fonte:G1

Torcedor que levou tiro cabeça está em estado gravíssimo, diz hospital em SP

Um torcedor de 21 anos baleado na cabeça durante a briga entre corintianos e palmeirenses, na manhã deste domingo (25), na Zona Norte de São Paulo, está internado em estado gravíssimo no Hospital da Vila Nova Cachoeirinha. De acordo com a assessoria de imprensa da Secretaria Estadual da Saúde de SP, a vítima está inconsciente e corre risco de morrer. O nome do rapaz, o time e a torcida que ele integra não foram divulgados. Integrantes da Mancha Alvi Verde, uma das organizadas do Palmeiras, estão informando nas redes sociais na internet que o jovem baleado pertence à sua torcida.
O confronto, que reuniu quase 300 torcedores, entre corintianos e palmeirenses, de acordo com a Polícia Militar, ocorreu por volta das 10h na região da Avenida Inajar de Souza, na Freguesia do Ó, Zona Norte da capital. A Polícia Militar interveio e prendeu dois torcedores palmeirenses suspeitos de participar do conflito que deixou dois baleados no total, e pelo menos cinco feridos por paus, barras de ferro e pedras.
  conflito teria sido agendado pela internet, segundo torcedores que conversaram com o G1 sem se identificar. Nesta tarde, Corinthians e Palmeiras jogam no estádio do Pacaembu, na Zona Oeste, pelo Campeonato Paulista de Futebol. A Polícia Civil irá investigar o caso que deve ser registrado no 72º Distrito Policial, na Vila Penteado, Zona Norte.
 Além desse rapaz de 21 anos baleado na cabeça, outro torcedor, um jovem de 23 anos, também foi ferido por disparo de arma de fogo na confusão. Ele foi atingido na bacia e passa por cirurgia no mesmo hospital, o Vila Nova Cachoeirinha. A terceira pessoa internada nessa unidade médica é um torcedor de 27 anos, que teve traumatismo craniano após ser atingido por uma barra de ferro. Ele passa por avaliação.
Os outros quatro feridos seguiram para o Hospital São Camilo, na Pompéia, na Zona Oeste. Dois feridos leves foram liberados. Outros dois, com traumatismo na cabeça, estão sendo avaliados pela equipe médica.
 Prisão de suspeitos
Os dois suspeitos presos estavam num carro abordado pela Polícia Militar. Outros três palmeirenses que estavam no veículo conseguiram fugir e são procurados. "Por volta das 10h, a PM recebeu chamado de tumulto na Avenida Inajar de Souza. A PM foi para lá e 50 pessoas, entre corintianos e palmeirenses, se confrontavam perto do Terminal Vila Nova Cachoeirinha", disse o major Soffner. "Foram deslocadas as forças da PM de toda a cidade para os principais corredores e antecipamos o policiamento na cidade, por conta do jogo, que começaria meio-dia".
Fonte: G1

Integrantes do MLST são executados em Uberlândia

Três pessoas foram encontradas mortas em um carro na MGC-455, na manhã deste sábado (24), próximo a Uberlândia. De acordo com a Polícia Civil as vítimas eram líderes do Movimento de Libertação dos Sem Terra (MLST) em Mariporanga, no Triângulo Mineiro e moravam em um assentamento na cidade de Prata.
Uma criança de cinco anos que presenciou os assassinatos foi encontrada no veículo sem ferimentos. Em depoimento, ela informou que o carro foi parado na rodovia por um veículo prata. Um homem desceu do veículo e atirou na cabeça do motorista e da avó. O avô, um dos líderes do movimento, tentou fugir, mas também foi baleado às margens da rodovia.
Após o crime os suspeitos fugiram. Até às 19h deste sábado não foram encontrados. A polícia não tem a identidade dos suspeitos, mas acredita que os assassinatos tenham relação com a participação das vítimas no MLST e o crime tenha sido motivado por disputa de terras.
Parentes das vítimas contaram aos militares que os participantes do movimento haviam se desentendido com as vítimas. Os corpos foram periciados e levados para o Instituto Médico Legal de Uberlândia.

sábado, 24 de março de 2012

“O Brasil está estragando o Facebook”, diz Mark Zuckerberg

O mau comportamento dos brasileiros na Internet é conhecido em todo o mundo, assim com fizemos no Orkut, estragando, tornando-o um show de spams e imagens animadas e brilhantes com recados carinhosos, religiosos e alguns com muitos interesses publicitários, o Facebook está sofrendo. O canal de notícias CNN disse que Mark Zuckerberg está triste com o comportamento dos brasileiros na rede social Facebook. “Se por um lado, os brasileiros fazem o Facebook crescer, por outro estragam tudo”, disse. Os engenheiros do Facebook estavam pensando em permitir a inserção de imagens no formato gifs animados (imagens com movimento), mas Mark impediu a ideia por causa do Brasil. Segundo Mark, se o Facebook abrir espaço para os Gifs, o compartilhamento entre os usuários brasileiros ficará igual ao Orkut, cheio de letrinhas coloridas, se mexendo, com mensagens de carinho e amor. Sobre a possibilidade de fechar o Facebook no Brasil, Mark descarta. “Não irei censurar os brasileiros de usarem a rede, mas criarei um manual de comportamento”. Ao ser interrogado sobre o Facebook está se transformando em um Orkut, no Brasil, Mark disse que não existe diferença entre as redes sociais, a diferença está em quem usa. “Qualquer serviço na Internet que tenha usuários brasileiros, em grandes proporções, vira um problema”, disse. 
CNN

Psicólogo é agredido por segurança em bar de Brasília

A antropóloga Domitila Mendonça de Mesquita Peixoto e o psicólogo Valter Antunes Rodrigues acusam de agressão seguranças da cervejaria Stadt Bier, localizada no Setor de Indústrias Gráficas. O casal registrou ocorrência na 3ª DP (Cruzeiro Velho). Segundo Domitila, por volta das 3h deste sábado, um amigo da dupla foi agredido por seguranças enquanto tentava resolver um problema relacionado à conta cobrada pelo estabelecimento. Ao tentar apartar, ela teria sido empurrada por um deles. Percebendo o ocorrido, Valter teria se envolvido na confusão e sido atingido na cabeça por uma garrafa de vidro. O psicólogo foi internado no Hospital de Base e deve passar por uma cirurgia nesta tarde. Ele corre o risco de perder a visão do olho esquerdo. 
O advogado da Stadt Bier, Márcio Carvalho, contestou a versão do rapaz. Ele disse que não houve agressão por parte dos seguranças. De acordo com Carvalho, enquanto o gerente procurava resolver a questão da conta, um colega do psicólogo teria agredido o segurança e, em seguida, Domitila teria avançado sobre o funcionário do estabelecimento. Segundo o advogado, ela estava com uma caneca na mão, que quebrou na hora da confusão. O marido teria se machucado neste momento. Carvalho disse, ainda, que não houve “iniciativa dos seguranças” de agredir o casal. 
Fonte: Correio Braziliense

sexta-feira, 23 de março de 2012

Homens presos pela Polícia Federal planejavam matar alunos da UnB

Após receber quase 70 mil denúncias e conduzir uma investigação ao longo de quatro meses, a Polícia Federal (PF) prendeu na  quinta-feira dia (22/3) dois homens que planejavam um ataque a estudantes de ciências sociais da Universidade de Brasília (UnB). Por meio de um site, o ex-estudante da UnB Marcelo Valle Silveira Mello e o especialista em informática Emerson Eduardo Rodrigues postaram mensagens combinando o massacre.
Ontem, durante buscas realizadas em Brasília e em Curitiba, os policiais encontraram um mapa apontando uma casa de festas frequentada pelos universitários no Lago Sul. Local onde, segundo a PF, poderia ocorrer a tragédia. A página da internet também incitava a violência contra negros, homossexuais, mulheres, nordestinos e judeus, além pregar o abuso sexual contra menores.

quarta-feira, 21 de março de 2012

Homem morre após ser alvo de 'saidinha bancária' em Salvador

Um homem morreu no início da tarde desta quarta-feira (21) após ser alvo do crime conhecido como "saidinha bancária". De acordo com informações preliminares de testemunhas, ele saiu de uma agência bancária acompanhado da mãe no bairro do rio Vermelho, em Salvador, quando foi abordado por um homem em uma moto.
 Ele teria entregado a bolsa, mas algum movimento brusco gerou desconfiança do suspeito, que atirou e fugiu do local.
Fonte: G1

Família de brasileiro morto em Sidney contrata investigação paralela

A família do estudante Roberto Laudisio Curti, de 21 anos, morto pela polícia de Sydney, na Austrália, tentava na terça-feira (20) trazer o corpo do rapaz de volta ao Brasil. As irmãs da vítima contrataram advogados australianos para fazer uma investigação paralela do caso. Elas querem saber onde estão as imagens das câmeras de segurança da loja de conveniência que foi assaltada e das ruas perto de onde ele foi morto. A família quer saber também por que não pôde ver o corpo do rapaz antes da realização da autópsia.
As imagens de uma câmera de segurança divulgadas pelo jornal australiano "Sydney Morning Herald" mostram uma pessoa sendo perseguida por seis policiais. Um dos agentes saca uma arma e mira. Amigos de Roberto disseram ao Consulado-Geral do Brasil em Sydney que o rapaz que aparece correndo no vídeo é diferente do brasileiro.
A vendedora da loja de conveniência deu pistas importantes. Contou que o rapaz parecia perturbado e conversou bastante com ela. Disse que o mundo iria acabar, depois pegou um pacote de biscoitos e saiu correndo. E ela deu outra informação importante: o rapaz estava sem camisa. Já os jornais de Sydney de segunda-feira (19) dizem que Roberto vestia uma camisa branca de manga curta.
A namorada de Roberto, Jeanne Berringer, disse ao Bom Dia São Paulo desta quarta-feira (21) que o jovem tinha planos de voltar ao Brasil. Ele estava lá desde junho de 2011, quando foi para estudar inglês e trabalhava como garçom.
“Ele sempre me falava: “Não, amor, um dia eu vou voltar, vai ser uma experiência muito boa para mim, você sempre vai estar no meu coração, a gente vai continuar junto, a gente tem muita coisa pra viver”, disse ela.
Um ouvidor do estado australiano de Nova Gales do Sul, cuja capital é Sydney, vai acompanhar a investigação policial da morte do brasileiro.
ItamaratyO Ministério de Relações Exteriores divulgou nota sobre o caso, no início da tarde desta terça-feira:
"O Governo brasileiro deplora a notícia da morte de cidadão brasileiro em circunstâncias ainda não esclarecidas durante operação policial em Sydney, na Austrália.
 O Consulado-Geral do Brasil em Sydney e a Embaixada do Brasil em Camberra foram instruídos a prestar toda a solidariedade e apoio à família da vítima, bem como a solicitar os devidos esclarecimentos às autoridades australianas a respeito do ocorrido.
O Ministério das Relações Exteriores manifesta suas condolências à família do brasileiro morto e reafirma sua confiança de que as autoridades australianas conduzirão as investigações com o rigor necessário."
Fonte: G1

Mohammed Merah, acusado de ataques na França

Mohammed Merah, 24 anos, suspeito dos sete assassinatos ocorridos em Toulouse e Montauban, sul da França, é um francês de origem argelina com antecedentes criminais e que, depois de passar por Paquistão e Afeganistão, se declara jihadista da al-Qaeda.
Entrincheirado num prédio de Toulouse com várias armas, segundo alega, ele reivindica ser um mujahedine (combatente de Deus) e um membro da al-Qaeda, segundo o ministro do Interior, Claude Guéant.
Nascido em 10 de outubro de 1988 em Toulouse, possui relações com pessoas ligadas ao salafismo e jihadismo e realizou duas viagens, uma ao Afeganistão e outra ao Paquistão, ainda segundo o ministro. Não existem informações concretas sobre sua participação em um campo de treinamento.
O modus operandi de Merah, que teria matado a sangue frio três militares, três crianças e um professor judeus, remetia desde o início da investigação a alguém treinado e acostumado com o manejo de armas. Segundo uma fonte policial, recentemente foi negado a ele seu pedido de entrada no exército.
 Guéant descreve o suspeito como "determinado, com muito sangue frio". Testemunhos, citados na terça-feira (20) pelo procurador de Paris, François Molins, o descrevem como um homem branco, com uma silhueta delgada e com mais ou menos 1,70m. Uma testemunha disse ter visto o assassino usando uma minicâmera.
O suspeito explicou aos negociadores que "queria vingar a morte de crianças palestinas", ao atacar a escola judaica.
"Foi menos explícito no caso dos militares, mas disse que o fato de que alguns poderiam ser de confissão muçulmana ou parecer de origem norte-africana nada teve a ver com sua decisão, e que queria atacar o exército francês por suas intervenções no exterior", explicou Guéant.
O suspeito era vigiado há vários anos pela DCRI (Direção Central da Inteligência Interna), acrescentou.
"Ele cometeu várias infrações de direito comum, incluindo algumas com violência", segundo o ministro. Segundo uma fonte policial, foram 18 no total.
Uma fonte ligada à investigação informou que ele também foi detido, no final de 2010, em Kandahar, no Afeganistão, por fatos de direito comum.
Seu irmão, também ligado à filosofia salafista, foi detido. Sua mãe, que os policiais querem que negocie com o filho, se negou a fazer isso porque disse não ter nenhuma influência sobre ele.
"Ele é uma pessoa normal, como qualquer outra na rua", afirmou um dos vizinhos do suspeito, Eric Lambert, afirmando que, entre os moradores jovens do local, Merah "não é o que mais fazia barulho"
A investigação deve determinar se este indivíduo atuou sozinho ou com a ajuda de uma célula e se ele pertence à al-Qaeda, como reivindica.
"Os 'lobos solitários' sempre têm a tendência de se inscrever numa organização maior", afirma um especialista em questões terroristas, Jean-Pierre Filiu, professor do Instituto de Estudos Políticos de Paris.
Falamos muito de seu possível perfil, de seu complexo de grandeza, de superioridade. Isso permite representar-se de forma muito mais megalomaníaca". 
Fonte: G1

segunda-feira, 19 de março de 2012

Comprou o iPhone 4S em site da Apple e recebeu uma pedra, no Amazonas

Gilvandro Silva, morador do município de Parintins, a 360 km de Manaus, foi surpreendido ao receber em casa uma pedra no lugar de um aparelho celular comprado por meio do site da empresa Apple. A compra do iPhone 4S foi realizada no dia 3 de março, e o pacote que deveria conter o telefone chegou ao consumidor na tarde de sexta-feira (16). 
O produto, no valor de R$ 2.599,00, seria um presente para a esposa de Silva. "Comprei o aparelho para presentear minha esposa. Ao receber o pacote, não percebi nenhuma diferença e entreguei. Quando ela abriu, tivemos a decepção. Havia uma pedra no lugar de um iPhone 4S", disse. 
Silva procurou a 3ª Delegacia Interativa de Polícia de Parintins para registrar um Boletim de Ocorrência (BO), de número 0493. Ele informou ao G1 que entrou em contato com representantes da empresa no Brasil por meio do serviço de atendimento ao consumidor, disponível no site multinacional. "Deram um prazo de dez dias para que o problema seja averiguado e, caso fique comprovado o extravio do aparelho, um novo iPhone seja enviado". 
Para ele, o problema ocorreu com a transportadora que presta serviços à Apple no Brasil. "A empresa ofereceu as opções de devolução do dinheiro ou o envio de um novo aparelho. Optei pelo aparelho novo, ainda quero presentear minha esposa", disse. 
Ele conta que aguardará o prazo dado pela empresa. Caso não seja cumprido, ele afirmou que vai entrar na Justiça para procurar os seus direitos. 
G1 entrou em contato com a assessoria de comunicação da Apple, mas a empresa informou que não comentará o caso. 
Fonte:G1

domingo, 18 de março de 2012

Austríaco testa salto livre no espaço com sucesso

O aventureiro austríaco Felix Baumgartner testou com sucesso, o salto que pode lhe dar o novo recorde mundial de skydiving, modalidade de esporte em que uma pessoa salta de grandes altitudes e faz manobras no ar, antes de abrir um paraquedas.
Baumgartner saltou quando estava a 21,8 km de altitude, em uma cápsula pressurizada conectada a um balão de hélio. O austríaco voou acima de uma zona crítica conhecida como a Linha Armstrong, a partir da qual a sobrevivência é impossível por conta da alta pressão. A temperatura externa chega a 70 graus negativos.
O acessório mais importante usado no salto é a roupa que cobre toda a superfície do seu corpo. O vestuário é fundamental para manter o corpo sob a pressão atmosférica adequada e para o fornecimento de oxigênio.
Ao saltar, segundo informações da Red Bull Stratos (projeto que combina patrocinador e cientistas em torno do propósito de Baumgartner), o austríaco teria atingido a velocidade de 585,7 km/h.

'Vista incrível'

O objetivo do projeto é permitir que Baumgartner salte do balão a 36,5 quilômetros de altitude. O salto não tem data marcada, mas será feito ainda este ano.
Se a tentativa for bem-sucedida, Baumgartner conseguirá bater um recorde estabelecido em 1960 pelo aventureiro Joe Kittinger, que pulou de um balão a 31 quilômetros de altura. Kittinger faz parte hoje da equipe de Baumgartner e acredita que todo o esforço do austríaco dará certo.
O salto de quinta-feira foi o mais alto que Baumgartner fez em sua vida. "A vista é incrível, muito melhor do que eu imaginava", disse ele depois do feito, segundo sua assessoria de imprensa.
Ainda antes de saltar, o austríaco chegou a se curvar para ter uma noção da altura "Pensei que tinha que abrir o paraquedas, mas me dei conta de que eu ainda estava a pouco mais de 15 km de altitude", brincou.
O austríaco, de 42 anos de idade, ficou famoso por ter saltado de paraquedas de lugares como o Cristo Redentor, no Rio de Janeiro, o Millau Viaduct, no sul da França, e da torre Taipei 101, em Taiwan.
Equipes da BBC e da National Geographic estão fazendo um documentário sobre o salto no espaço de Baumgartner.
Fonte: BBC Brasil

Brasília - Corpo de mulher é encontrado nesta manhã dentro de bueiro em Brazlândia

O corpo de uma mulher foi encontrado na manhã deste domingo (18/3) dentro de um bueiro na Entrequadra 56/58 de Brazlândia, cidade a 42km de Brasília. A empregada doméstica Edinalda Aparecida de Oliveira, 34 anos, estava nua, apenas com um sutiã vermelho, e aparentemente foi enforcada com um cinto. 

Gritos e tiros na madrugada
Uma moradora da cidade relatou ter ouvido, por volta das 4h, gritos de socorro de uma mulher e pensou ter sido algum problema na casa vizinha. Ao sair da residência, ela ouviu uma forte batida de uma porta de carro na rua e, em seguida, o som de um veículo saindo em alta velocidade. Ainda de acordo com a mulher, também foram ouvidos tiros, mas, como a região é muito perigosa, ela não sabe dizer se os fatos teriam alguma relação com o crime.
O irmão de Edinalda Aparecida, Wanderley Batista de Oliveira, 30 anos, disse que ela estava separada do marido há cerca de um ano e morava com os irmãos, na Quadra 48. Ele disse não saber se a vítima teria envolvimento com coisas ilícitas. A investigação do crime será realizada pela 18ª Delegacia de Polícia (Brazlândia). 
Fonte: Correio Brasiliense

Terroristas Beduínos sequestraram Brasileiras no Egito

Beduínos sequestraram neste domingo (18) duas jovens turistas brasileiras na Península do Sinai, no Egito, segundo a assessoria de imprensa do Itamaraty e fontes locais.
 As jovens estavam em um ônibus de turismo que levava aproximadamente 40 brasileiros que vinham do histórico Mosteiro de Santa Catarina, no sul da península.
O ônibus foi interceptado por um grupo de beduínos que sequestrou, além das duas brasileiras, o segurança do ônibus, que é egípcio e estava armado, segundo fontes do Itamaraty. 
Os sequestradores colocaram os reféns em um carro e fugiram para uma região montanhosa, segundo autoridades egípcias ouvidas pelas agências Reuters e France Presse. 
Não se sabe o motivo de os sequestradores terem escolhido as jovens como reféns. 
Os demais brasileiros que estavam no veículo estão em boas condições e estão sendo escoltados pelas Forças Armadas egípcias de volta para um hotel em uma cidade próxima, onde ficarão hospedados com segurança. 
Fontes do Itamaraty informaram que o chefe do grupo de turistas era um pastor e pai das duas meninas, e que ele estava dentro do ônibus no momento do sequestro. 
Além do segurança egípcio, o motorista do coletivo também era local e não foi ferido. 
O Ministério de Relações Exteriores afirmou que as negociações das autoridades locais com os beduínos para a libertação estão avançadas, e um general do Egito foi ao local pedir a libertação das jovens. 
Tropas da polícia e do Exército foram enviadas para a região, buscando localizar o paradeiro das jovens.
De acordo com uma fonte policial, um dos sequestradores seria o pai de um homem condenado por tráfico de drogas e posse de armas. Ele espera obter a libertação do filho em troca das reféns. 
O novo embaixador do Brasil no Cairo, Marco Antonio Diniz Brandão, está em diálogo constante com as autoridades locais, que conhecem as lideranças das tribos beduínas para facilitar o diálogo. 
Como não há notícias do paradeiro das vítimas, não houve deslocamento de representantes da embaixada ao local, disse o Itamaraty. 
Fonte:G1

quinta-feira, 15 de março de 2012

Ativistas sírios "enojados" não se chocam com e-mails de Assad

BEIRUTE, 15 Mar (Reuters) - Ativistas sírios disseram nesta quinta-feira que ficaram enojados com os e-mails que pareciam mostrar o presidente da Síria, Bashar al-Assad, e sua esposa comprando música pop e itens de luxo, enquanto o país sofre com o derramamento de sangue.
O jornal britânico The Guardian disse que obteve cerca de 3 mil e-mails de Assad e de sua esposa Asma. Os e-mails, nem todos verificados pelo jornal ainda, mostraram Assad obtendo conselhos com o Irã sobre como conter a revolta de um ano contra seu governo que já custou milhares de vidas.
Os e-mails também revelaram Asma, nascida na Grã-Bretanha, comprando colares de joias de Paris, e Assad fazendo download de músicas, o que, na opinião de ativistas, mostra o desapego da família governante a uma crise que está arrastando a Síria para a beira de uma guerra civil e colapso econômico.
"Ele estava baixando músicas do iTunes, enquanto seu Exército estava nos atacando. Sua esposa estava comprando coisas caras da Amazon, isso faz me sentir nojo", disse um ativista chamado Rami, em Homs.
Coração da rebelião, Homs foi bombardeada por forças armadas que estão tentando derrotar os rebeldes na cidade após destruírem o reduto deles no bairro de Baba Amr, no mês passado.
Um combatente do grupo rebelde "Brigada Farouq" em Homs disse que ficou confortado em ver Assad lutando para lidar com a situação. Um e-mail da esposa de Assad afirmava: "Se somos fortes juntos, vamos superar isso juntos". Outros mostraram que ele estava confiando no principal aliado regional da Síria, o Irã, e em consultores de mídia em busca de conselho.
"Uma coisa boa é que isso é um sinal claro de que Assad percebe a bagunça em que ele está metido", disse o combatente, que se chama al-Homsi. "Mas sem surpresa, como esperávamos, ele realmente não parece se importar com quantos do seu povo morrem para que ele possa manter seu trono."
Poucos ativistas tinham esperança de que os e-mails teriam um impacto sobre os muitos sírios que não aderiram à oposição.
"Ninguém vai ouvir sobre isso na Síria. Depois de amanhã eles serão esquecidos ... os sírios não estão lendo muito", disse Ayman Abdel Nour, um ex-assessor de Assad, que deixou a Síria em 2007.
"A questão é que o governo sírio vai simplesmente ignorar isso. Eles não vão negar ou reconhecer e as pessoas que assistem à televisão estatal síria ficarão alienados", disse Abdel Nour, falando de sua casa em Dubai.
Fonte: Reuters

quarta-feira, 14 de março de 2012

Adolescentes são internados após comerem doces em Curitiba

Uma das adolescentes recebeu a 'encomenda' e dividiu com os amigos. A suspeita do hospital é de que os chocolates estejam envenenados.
Quatro adolescentes passaram mal e foram internados na noite de segunda-feira (12) na Unidade de Saúde do Pinheirinho, em Curitiba, após comerem chocolates, segundo a assessoria de imprensa da prefeitura. A suspeita do hospital é de que os brigadeiros estejam envenenados. Os chocolates foram levados pela polícia criminalística para análise.
Uma das adolescentes, de 14 anos e filha de um policial militar, recebeu a encomenda com dez chocolates de um taxista, que parou em frente a casa dela e disse que era uma amostra enviada pela doceira que está preparando a festa de aniversário, que será realizada no dia 15 de abril.
Após receber os doces, a adolescente dividiu com outra amiga e dois garotos. A filha do policial foi quem comeu a maior quantidade de brigadeiros. Ela está internada na Unidade de Terapia Intensiva (UTI) Pediátrica do Hospital de Clínicas (HC) com intoxicação aguda grave. Um garoto de 16 anos e uma menina, de 17, foram transferidos para o mesmo hospital por volta das 10h30 desta terça-feira (13). O outro adolescente passa bem, segundo a Unidade de Saúde do Pinheirinho.
O policial militar Edilson José Temisk disse ao G1 que não estava em casa no momento da entrega. "Quando eu cheguei já percebi que minha filha estava muito mal e tratei de levá-la rápido para a unidade 24 horas. Ela deu entrada com parada cardíaca", explicou Temiski.
Fonte: G1

terça-feira, 13 de março de 2012

Começa julgamento do 'maníaco da Cantareira'

Começa nesta terça-feira o julgamento de Ademir Oliveira do Rosário, conhecido como maníaco da Cantareira. Ele é acusado de abusar sexualmente e assassinar os irmãos Francisco Ferreira de Oliveira Neto, de 14 anos, e Josenildo José Ferreira de Oliveira, de 13 anos, na Serra da Cantareira, zona norte de São Paulo, em 22 de setembro de 2007.
Além da morte dos irmãos, Ademir é suspeito de abusar sexualmente de outros 11 adolescentes. Ele já foi condenado pelos crimes de roubo, atentado violento ao pudor e homicídio em 1991.
Ele cumpria pena em regime semiaberto no presídio de Franco da Rocha, na Grande São Paulo, quando matou os meninos. Na época, ele deixava a cadeia aos finais de semana.
Os meninos desapareceram no dia 22, quando entraram na mata dizendo que iriam apanhar frutas. A polícia encontrou os dois corpos na terça-feira seguinte (25), nus e com várias perfurações, um deles tinha um braço quebrado.
Fonte: Ig

Consumo diário de carne vermelha aumenta risco de morte

Comer uma porção diária de carne vermelha processada pode aumentar o risco de morte prematura em até 20%, segundo estudo realizado com mais de 120 mil pessoas nos Estados Unidos e divulgado esta semana.
O estudo, feito por especialistas da Universidade de Harvard, em Massachussetts (EUA), dá evidências de que comer carne vermelha aumenta o risco de doenças do coração e câncer. No entanto, também sugere que substitui-la por peixe e carne de frango pode reduzir o risco de morte prematura.
"Este estudo oferece evidência clara de que o consumo regular de carne vermelha, especialmente carne processada, contribui substancialmente para uma morte prematura", disse Frank Hu, autor principal do estudo, publicado na revista Arquivos de Medicina Interna.
Os cientistas trabalharam com base em dados de um estudo feito com 37.698 homens, acompanhados por 22 anos e de 83.644 mulheres, estudadas por 28 anos. Os participantes foram consultados sobre seus hábitos alimentares a cada quatro anos.
Aqueles que comiam uma porção diária de carne vermelha da espessura de um baralho de cartas, demonstraram um risco 13% maior de morrer do que aqueles que não comiam carne vermelha com tanta frequência. Se a carne vermelha era processada, como salsichas ou toucinho, o risco aumentava para 20%.
No entanto, substituir a carne vermelha por nozes provou reduzir o risco de mortalidade total em 19%, enquanto o consumo de grãos integrais ou de carne de ave diminuiu o risco em 14% e o peixe, em 7%.
Os autores afirmaram que de 7% a 9% de todas as mortes no estudo "poderiam ser evitadas se todos os participantes consumissem menos de meia porção diária de carne vermelha total".
A carne vermelha processada demonstrou conter ingredientes como gorduras saturadas, sódio, nitritos e outras substâncias, vinculadas a muitas doenças crônicas, inclusive doenças cardíacas e câncer.
"Mais de 75% dos 2,6 trilhões de dólares em custos anuais de cuidados com a saúde dos Estados Unidos são de doenças crônicas", afirmou Dean Ornish, médico e especialista em dietas da Universidade da Califórnia em San Francisco, em comentário que acompanhou a pesquisa.
"É provável que comer menos carne vermelha reduza a morbidade com estas doenças, reduzindo assim os custos com atenção médica", emendou.
Fonte: Ig

segunda-feira, 12 de março de 2012

Governo toma medida contra excessiva valorização do real frente ao dólar

Decreto publicado nesta segunda-feira (12/3) no Diário Oficial da União eleva de três para cinco anos a cobrança de 6% do Imposto sobre Operações Financeiras (IOF) nas liquidações de operações de câmbio contratadas a partir dessa data, para ingresso de recursos no país (empréstimos externos). No dia 1º, o governo já tinha elevado de dois para três anos o prazo para a incidência do imposto nos empréstimos externos. Na prática, isso significa que o dinheiro terá de ficar mais tempo no país para evitar a taxação.

O ministro da Fazenda, Guido Mantega, já tinha avisado que o governo iria adotar medidas para defender o real e que a equipe econômica não ficará assistindo à guerra cambial de forma impassível.

De acordo com o decreto, a medida vale “nas liquidações de operações de câmbio contratadas a partir de 12 de março de 2012, para ingresso de recursos no país, inclusive por meio de operações simultâneas, referentes a empréstimo externo sujeito a registro no Banco Central, contratado de forma direta ou mediante emissão de títulos no mercado internacional com prazo médio mínimo até 1.800 dias: 6%”.

No ano passado, o governo já havia anunciado a cobrança de IOF nessas operações de empréstimos de empresas e bancos no exterior. Inicialmente, ficou estabelecido que empréstimos com menos de 360 dias pagariam IOF. Depois, o prazo foi estendido para 720 dias (dois anos). Na época, a ideia do governo era não só conter a queda da moeda, mas também a excessiva oferta de crédito na economia brasileira.

A valorização excessiva do real prejudica as exportações pois os produtos brasileiros ficam mais caros no exterior, dificultando a venda nos mercados estrangeiros que, diante da crise, têm desvalorizado muitas vezes superficialmente suas moedas. Por outro lado, afeta a indústria nacional que tem dificuldade de concorrer com produtos estrangeiros cada vez mais baratos diante da desvalorização do dólar.
Fonte: Correioweb

Talibã promete vingança de massacre de civis no Afeganistão

O gupo Talibã prometeu nesta segunda-feira (12) vingar o massacre de 16 civis afegãos, incluindo mulheres e crianças, executado no domingo por um soldado americano no sul do Afeganistão. Em um comunicado divulgado na internet, os insurgentes prometem intensificar os ataques contra os "americanos selvagens e doentes mentais".
No domingo, um soldado americano da força internacional da Otan saiu de sua base na província de Kandahar, fortemente armado, e matou os moradores de duas casas próximas, incluindo nove crianças e três mulheres. Depois ele queimou os corpos. O ataque enfureceu a resistência antiamericana, ainda exaltada com a recente queima de cópias do Alcorão em uma base militar dos EUA, em fevereiro.
O presidente americano, Barack Obama, chamou o massacre de "trágico e lamentável", além de ter prometido uma "investigação exaustiva".
"Os talibãs vingarão cada um dos mártires assassinados de forma selvagem pelos invasores", afirma um texto publicado em um site dos insurgentes islamitas. "A maioria das vítimas são crianças inocentes, mulheres e idosos, massacrados pelos bárbaros americanos, que roubaram sem misericórdia suas preciosas vidas e mancharam suas mãos com sangue", dizem os talibãs.
Nos Estados Unidos, uma pesquisa divulgada no domingo mostra que 60% dos americanos acreditam que a guerra no Afeganistão não valeu a pena e 54% desejam uma retirada imediata.
De acordo com a pesquisa da rede ABC News e do jornal Washington Post, 35% dos entrevistados consideram que o conflito de mais de uma década valeu a pena.
Julgamento
O Parlamento afegão pediu nesta segunda que os culpados americanos do massacre tenham um julgamento público no Afeganistão. "Pedimos firmemente que o governo americano castigue os culpados e os julgue em um processo público ante o povo afegão", afirma um comunicado do Parlamento de Cabul.
Fonte: G1

sábado, 10 de março de 2012

Brasília - Pai que espancou o filho de 3 anos e oito meses se diz arrependido, mas responderá por maus-tratos

O servidor público que espancou o filho de 3 anos e oito meses em uma instituição de ensino particular na Asa Sul admitiu ter utilizado o cinto para bater na criança. Em depoimento à Delegacia de Proteção à Criança e ao Adolescente (DPCA), ele afirmou que o menino fazia “birra”, esperneava e gritava alto, o que chamava a atenção das pessoas. Depois de descrever o que aconteceu, o pai demonstrou estar arrependido da atitude. Preso em flagrante por um tenente-coronel da Polícia Militar que também deixava o filho na escola, o acusado foi liberado logo após prestar depoimento. O agressor assinou um Termo Cirscunstanciado e responderá por maus-tratos. Pode ser condenado a cumprir penas alternativas, como pagar cestas básicas.


Após ouvir duas testemunhas e o pai, a polícia encerrou as investigações. Os fatos relatados pelas partes são convergentes e o apurado na DPCA será encaminhado à Justiça, que deve julgar a atitude do executivo da Caixa Econômica Federal. Durante o depoimento, o homem justificou que o uso do cinto teria sido uma opção para fazer a criança parar de se jogar no chão e chorar tão alto. “Ele disse que tentou conversar, não gritou, mas a criança não parava e tentou usar um método de correção. O pai se excedeu. Entendo que qualquer agressão além de um tapa é um excesso”, disse o delegado-adjunto da DPCA, Rogério Borges Cunha.
Fonte: Correio Braziliense

sexta-feira, 9 de março de 2012

Forças de Assad matam mais 21 pessoas na Síria, dizem ativistas

BEIRUTE, 9 Mar (Reuters) - As forças do governo sírio mataram mais 21 pessoas nesta sexta-feira em vários lugares da Síria, segundo ativistas, sendo pelo menos nove pessoas mortas por bombardeios de tanques contra bairros oposicionistas na cidade de Homs.
A retomada dos bombardeios pesados ocorre após alguns dias de relativa calma, período em que a chefe da área humanitária da Organização das Nações Unidas (ONU), Valerie Amos, esteve em Homs e relatou que parte da cidade foi totalmente destruída por quase um mês de cerco militar, que culminou com a fuga de rebeldes que controlavam o bairro de Baba Amr.
"Trinta tanques entraram no meu bairro às 7h da manhã e estão usando seus canhões para disparar contra casas", disse Karam Abu Rabea, morador do bairro de Karm al-Zeitoun, em Homs.
Em outras partes do país, manifestantes contrários ao presidente sírio, Bashar al-Assad, saíram às ruas para protestar após as preces islâmicas da sexta-feira.
O enviado especial da ONU e da Liga Árabe para a Síria, Kofi Annan, deve chegar no sábado a Damasco para tentar acalmar a situação. Os protestos contra Assad começaram há um ano, e ameaçam descambar para uma guerra civil.

Ilha de Vanuatu tem forte terremoto 7,1

Um terremoto de magnitude 7,1 atingiu nesta sexta-feira a ilha de Vanuatu, no Pacífico Sul, de acordo com o centro de pesquisa geológica dos Estados Unidos (USGS, na sigla em inglês). Até o momento, não há relatos de danos ou feridos. Também não foi emitido alerta de tsunami.
A agência de monitoramento informou que o tremor ocorreu pouco depois das 18 horas (horário local), a 206 quilômetros da capital Port Vila e a uma profundidade de 37 quilômetros.
A região se localiza no chamado "Anel de Fogo", um arco de vulcões e falhas geológicas no Pacífico. Cerca de 90% dos terremotos no mundo acontecem nessa região.
China
Um terremoto de magnitude 5,8 atingiu no início desta manhã (horário local) a região de Xinjiang, no noroeste da China, de acordo com o USGS. Não há relatos de feridos nem de danos.
Uma autoridade do Departamento de Propaganda do Partido Comunista no condado de Luopu, onde o tremor ocorreu, disse que o epicentro do fenômeno foi no deserto e que não havia relatos de feridos. O USGS informou que o terremoto aconteceu a uma profundidade de 35,5 quilômetros. As informações são da Associated Press.

quinta-feira, 8 de março de 2012

Espanha retém brasileira de 77 anos em aeroporto

A imigração espanhola mantém retida há três dias no aeroporto de Madri, uma idosa brasileira que pretendia visitar familiares na Espanha. Desde segunda-feira (5) Amanda de Oliveira só consegue conversar com a avó, Dionísia Rosa da Silva, de 77 anos, pelo telefone. Dionísia partiu com a neta do aeroporto de Cumbica, em São Paulo, no domingo. "Chegamos em Madri era 8h de segunda-feira, numa boa, feliz e contente”, conta Amanda.
Mas na hora de passar pela imigração no aeroporto de Barajas, as duas foram chamadas por funcionários. “Aí ele perguntou: 'você tem documentação?' Dei a passagem dela de ida e volta. Eu dei tudo, aí ele viu a data, tudo certinho. Aí ele falou, 'a carta de invitação?' Aí eu falei, 'ela está acompanhada comigo'. E 'hotel, você tem reserva de hotel?', Não, 'ela vai ficar na minha casa'. 'Então nesse caso ela tem que passar numa entrevista'”, relembra Amanda.
A avó de Amanda não saiu mais do aeroporto. “Meio-dia, 14h, dão o almoço; 21h, dão a janta. Aí vende o café com euros. Eu não compro não, não vou dar dinheiro para esse povo”, conta Dionísia, por telefone.
Casos como o de Dionísia levaram o governo brasileiro a adotar medidas de reciprocidade. As autoridades da Espanha já foram avisadas que os turistas espanhóis receberão o mesmo tratamento dado aos turistas brasileiros. A partir de abril, quem vier para o Brasil e não comprovar que tem dinheiro para gastar e lugar para ficar pode ser obrigado a se hospedar no aeroporto, até o voo de volta.
O Itamaraty diz que o consulado do Brasil, em Madri, está acompanhando desde terça-feira (6) o caso da Dionísia. O Itamaraty afirma que a idosa chega ao Brasil nessa quinta-feira (8). Mas a família diz que não recebeu qualquer informação sobre o retorno dela.
A preocupação é com a saúde da aposentada, que já sofreu um derrame. “Eu estou sentindo um pouco de coluna, porque o banco é de madeira e dói os ossos. Chateada pela ocorrência que está acontecendo, mas tudo bem”, fala Dionísia.
Fonte: G1

segunda-feira, 5 de março de 2012

Vigia disparou após discussão em porta giratória de Banco em São Paulo

O cabeleireiro João Adriano Santos, de 29 anos, foi baleado na tarde desta segunda-feira (5) por um vigia de uma agência bancária em São Mateus, na Zona Leste de São Paulo, após ser parado na porta giratória e discutir com o funcionário. O tiro atingiu João nas costas, mas não causou ferimentos graves. Ele está consciente e foi liberado após receber tratamento no Hospital São Mateus.
A Polícia Militar foi acionada pouco depois das 14h para ir até o banco, na Avenida Mateo Bei. O vigia, de 37 anos, está detido e irá responder por tentativa de homicídio. João Adriano relatou ao G1 que havia ido ao banco pagar uma conta e foi parado na entrada. O segurança teria pedido que ele retirasse todos os objetos de metal do bolso, mas João disse que não carregava nenhum objeto desse tipo. Houve uma discussão e João conta ter sido insultado pelo vigia.
Após entrar, João Adriano ficou ao lado do segurança, esperando que o amigo que o acompanhava passasse pela porta giratória. Nesse momento, afirma ter levado uma rasteira e, em seguida, o tiro. Ele foi levado para o hospital e, às 19h, estava no 49º Distrito Policial, em São Mateus, prestando depoimento. “Acho que todas as portas giratórias de banco tinham que ser retiradas porque não há funcionários preparados para trabalhar com elas”, afirmou. A agência bancária foi fechada logo após o incidente.
O Banco Itaú disse estar acompanhando a recuperação do cliente, e lamentou o ocorrido. Em nota oficial, a instituição afirmou que "colabora com as investigações sobre o incidente até o total esclarecimento dos fatos".
Fonte: G1

Sírios acusam soldados de execuções sumárias

Moradores que conseguiram fugir da cidade de Homs, na Síria, disseram à BBC nesta segunda-feira que forças de segurança do governo estão realizando execuções sumárias de civis.
Uma mulher disse ao repórter da BBC Paul Wood que soldados cortaram a garganta de seu filho de 12 anos na sexta-feira, um dia depois de combatentes rebeldes terem se retirado do distrito de Baba Amr.
Ela disse que outros 35 homens e crianças da sua região também foram presos e mortos. O seu marido disse que estava escondido a 50 metros do local onde o filho foi assassinado. Ele disse ter visto um dos filhos com a cabeça no chão, pisada pela bota de um dos soldados. Em seguida, o homem viu o filho sendo morto.
"Eu conseguia ouvir os berros deles", afirmou.
Outra mulher disse à BBC que seu marido foi levado por forças de segurança.
O governo negou que a Cruz Vermelha tenha recebido acesso a Baba Amr por quatro dias consecutivos. Ativistas alertam para a possibilidade de uma catástrofe humanitária no local.
Não há água, luz nem linhas de telefone no distrito e nos últimos dias as temperaturas desabaram, com neve. Mantimentos de comida estão em um nível baixo e muitos temem deixar a região.
CRUZ VERMELHA
Na última quinta-feira, forças do governo apoiadas por tanques entraram em Baba Amr, depois que o movimento insurgente Exército pela Libertação da Síria anunciou uma "retirada estratégica".
A Cruz Vermelha e seus parceiros do Crescente Vermelho disseram que não podem entrar no distrito, devido à existência de minas e explosivos.
No entanto, a televisão estatal está noticiando que a região foi "sanitizada" de "grupos terroristas armados".
Ativistas de oposição e de direitos humanos afirmam que forças de segurança e milícias pró-governo estão reunindo crianças de 14 anos ou mais em Baba Amr e os submetendo a tortura. Alguns deles estão sendo mortos. No entanto, esses relatos não foram confirmados.
Segundo a agência da ONU para refugiados, entre mil e duas mil pessoas deixaram Homs e estão tentando chegar ao Líbano.

Iraque - 27 policiais morreram nesta segunda-feira em Haditha

Pelo menos 27 policiais morreram nesta segunda-feira em Haditha, uma pequena cidade no oeste do Iraque, em uma operação de comando em grande escala atribuída à Al-Qaeda, que tem uma forte presença nesta região e executa diversos atentados contra as forças de segurança.
Quase 50 homens armados, alguns fardados e circulando em veículos militares, atacaram vários membros das forças de segurança a partir das 2h locais, disse Owaid Jalaf, um coronel da polícia de Haditha, situada 210 km ao oeste de Bagdá, na fronteira com a Síria, na província de Al-Anbar, de maioria sunita.
"Recebemos 27 corpos, todos de policiais, e três feridos, também policiais", informou o diretor do hospital geral de Haditha, Dr. Fadel el Nemraoui, à AFP.
Segundo o comandante Tarek Sayeh Hardan, porta-voz da polícia de Haditha, um coronel e um capitão estão entre os mortos. Ele acrescentou que um dos criminosos morreu nos embates.
Os insurgentes invadiram Haditha atacando pontos do oeste e leste da cidade, deixando 12 policiais mortos.
Após o ataque, fugiram com outros insurgentes que os esperavam em carros civis, totalizando uma força de 50 homens, explicou Jalaf.
O comando cercou a residência do coronel Mohammed el-Chauffer, ex-comandante da unidade de urgência de Haditha, matando seus três seguranças e sequestrando o coronel. Seu corpo foi encontrado mais tarde em um mercado da cidade. O capitão Khaled Mohammed Sayil teve o mesmo destino.
"A Al-Qaeda é responsável. Encontramos folhetos em um carro abandonado", acusou Jalaf.
"A polícia, o Exército e as forças da província de Al-Anbar estão rastreando a cidade, que impôs um toque de recolher", disse o coronel Jalaf.
O último ataque significativo em Haditha, antigo ponto rebelde sunita contra a invasão americana em 2003, aconteceu em 3 de março de 2011, quando um homem-bomba explodiu um banco e matou nove pessoas.
Em novembro de 2005, Haditha foi cenário de um dos crimes de guerra mais graves, atribuído ao Exército dos Estados Unidos no Iraque, matando 24 iraquianos, entre eles várias crianças.
Ataques contra as forças de segurança são frequentes no Iraque. 
Fonte: Folha

Irã triplicou sua produção mensal de enriquecimento de urânio de grau elevado

O Irã triplicou sua produção mensal de enriquecimento de urânio de grau elevado e a agência nuclear da Organização das Nações Unidas tem "sérias preocupações" com as possíveis dimensões militares às atividades atômicas de Teerã, disse o chefe da agência nesta segunda-feira.
Yukiya Amano, diretor-geral da AIEA (Agência Internacional de Energia Atômica), falou ainda ao conselho diretor de 35 países do órgão sobre a falta de progresso em duas rodadas de negociações entre a AIEA e Teerã este ano.
O presidente dos Estados Unidos, Barack Obama, e o primeiro-ministro de Israel, Benjamin Netanyahu, devem se encontrar em Washington para discutir sobre o Irã, profundamente em desacordo sobre o momento para uma possível ação militar de último caso contra o programa nuclear iraniano.
Embora Obama tenha dado garantias da determinação firme norte-americana contra o Irã antes do encontro na Casa Branca, os dois aliados ainda estão muito distantes no que diz respeito às "linhas vermelhas" nucleares explícitas que Teerã não poderá cruzar.
O Irã nega as acusações de que está acobertando a busca por capacidade de produzir armas nucleares, em parte por meio da coordenação dos esforços para processar urânio, teste de altos explosivos e renovação de um cone de míssil balístico para acomodar uma ogiva nuclear.
Mas sua recusa em reduzir o trabalho atômico que pode ter aplicações tanto civis quanto militares atraiu sanções cada vez mais severas da ONU e de países ocidentais contra o produtor de petróleo.
VISITA
Durante reuniões na capital iraniana em janeiro e fevereiro, autoridades do Irã dificultaram os pedidos da AIEA por acesso a um local militar visto como central para a investigação sobre a natureza da atividade nuclear da nação islâmica.
"A agência continua tendo sérias preocupações sobre as possíveis dimensões militares do programa nuclear de Teerã", disse Amano em uma reunião de portas fechadas, de acordo com uma cópia de seu discurso.
A AIEA "é incapaz de dar uma garantia crível sobre a ausência de material e atividade nucleares não declarados no Irã, e, portanto, concluir que todo o material nuclear no Irã é para atividades pacíficas", acrescentou ele.
Um relatório da agência para países-membros no mês passado apontou que o Irã estava significativamente aumentando o enriquecimento de urânio, uma descoberta que impulsionou os preços do petróleo devido aos temores de que as tensões entre Teerã e o Ocidente possam se transformar em um conflito militar.
Fonte: Folha

Cadáver esquartejado é encontrado dentro de saco plástico na 805 Sul

Um corpo foi encontrado no início da tarde do domingo (4/3), na 805 Sul, no Setor de Embaixadas, perto da Embaixada do Líbano. Ele estava dividido em três partes (na altura da cintura e nos joelhos) e foi colocado dentro de sacos plásticos. De acordo com peritos da Polícia Civil, o corpo é de um homem. A idade não pôde ser definida por causa do avançado estado de decomposição. Os sacos com o cadáver foram localizados após uma denúncia anônima. Ainda não é possível definir a causa da morte nem se o corpo ficou em outro lugar antes de ser levado para o local, mas acredita-se que ele tenha sido abandonado há mais de uma semana. O cadáver foi levado para o Instituto Médico Legal (IML) e o caso está sendo investigado pela 1ª DP (Asa Sul).
Fone: Correio Braziliense