quinta-feira, 18 de abril de 2013

Escorpiões se escondem nas casas em época de chuva, diz especialista

A professora do Departamento de Ciências Fisiológicas da Universidade de Brasília (UnB) Elisabeth Schwartz acredita que o garoto Henrique tenha sido atacado por um escorpião amarelo, uma das três espécies que existem no DF. O veneno dele é um dos mais potentes da espécie. “Causa paralisia, ataques cardiovasculares e edema pulmonar.

Além disso, a picada produz dor acentuada no local”, explicou. A quantidade do veneno inoculada pelo escorpião e o estado de saúde da pessoa picada são determinantes para a dimensão dos efeitos causados pela toxina. Elisabeth orienta que, de imediato, aqueles atacados sejam levados para os hospitais mais próximos. Algumas unidades das rede pública e privada disponibilizam o soro. São eles: os hospitais regionais da Asa Norte (referência no atendimento), de Base, do Paranoá, do Guará, de Taguatinga, de Ceilândia e do Gama. Hospitais militares, como o Naval, o Geral do Exército e o de Força Aérea também aplicam o antídoto. 


A bióloga alerta para a época das chuvas, quando os escorpiões costumam se abrigar nas residências. “Eles preferem locais secos, por isso, em tempo chuvoso, o número de casos de acidentes aumenta. Eles saem do molhado para
procurar pontos mais secos”, alertou. Outro fator que leva ao aparecimento do bicho tem relação com baratas. “A melhor forma de evitar a proliferação dos escorpiões é acabar com as baratas em casa, que são os alimentos dos escorpiões”, destacou.

Fonte: G1

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Não deixe de comentar !!!!!!