terça-feira, 14 de janeiro de 2014

Governo expulsou 529 servidores federais em 2013 por irregularidades

O governo federal expulsou de seus quadros um total de 529 servidores públicos em 2013, segundo relatório divulgado pela Controladoria-Geral da União (CGU) nesta segunda-feira (13). Em 2012, 506 servidores foram punidos. De acordo com o órgão, responsável pela fiscalização interna no Executivo, as punições são aplicadas por envolvimento de funcionários em diversos tipos de irregularidades, principalmente relacionadas a corrupção.
Dos servidores expulsos em 2013, 429 concursados foram demitidos, 49 funcionários comissionados foram destituídos dos cargos e 51 tiveram a aposentadoria cassada.
Segundo o relatório, o Rio de Janeiro é o que mais registrou expulsões em 2013, com um total de 95 casos, contra 108 em 2012. Em seguida vem o Distrito Federal, com 94 expulsões, e São Paulo, com 50.
Ministérios da Previdência Social (138), da Justiça (115), da Fazenda (86), da Educação (76) e da Saúde (24) lideram o ranking de servidores expulsos no ano passado.
A CGU possui em cada ministério uma unidade do Sistema de Correição da Administração Pública Federal, parte da atuação da CGU no combate à impunidade na esfera administrativa pública. Cada ministério pode analisar casos de expulsão de servidores, mas casos considerados 'delicados' ou 'complexos' são conduzidos pela própria CGU.
Fonte: G1


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Não deixe de comentar !!!!!!