domingo, 1 de dezembro de 2013

Bombeiros retomam busca por jovem levado por enxurrada em Samambaia-DF


Uma forte chuva na tarde de ontem atrapalhou o trabalho do Corpo de Bombeiros na busca do desaparecido João Lucas dos Santos Mendes, 14 anos, arrastado pela enxurrada na tarde da última quinta-feira com quatro colegas. A procura pelo garoto teve de ser suspensa por volta das 16h, em razão do temporal. A galeria de águas pluviais do Parque Três Meninas, em Samambaia, encheu rapidamente e deu uma demonstração da força da correnteza que arrastou e matou o amigo dele, Lucas Nascimento Magalhães, 16 anos.

O canal de 2,5m de altura ficou tomado pela água. Em forma de cascata, a água desceu rumo ao Córrego Melchior. Devido à área ter ficado escorregadia e ao risco de acidentes, os bombeiros interromperam os trabalhos. Às 6h de hoje, as buscas serão retomadas. A expectativa é de que a correnteza não tenha levado o corpo para uma área muito distante. Entre a noite de quinta-feira e ontem, cerca de 40 militares percorreram 6km a pé para encontrar João Lucas. Um labrador também foi usado para farejar as roupas do jovem, além de um helicóptero.

O terreno íngreme e repleto de galhos e pedras são algumas das dificuldades enfrentadas pelos bombeiros na busca pelo adolescente. Os militares se dividiram em duas equipes. Enquanto uma descia acompanhando o curso do rio, a outra fazia o sentido inverso, a partir do Setor P Sul, em Ceilândia, distantes cerca de 5km. Mesmo assim, não se descarta a possibilidade de que o garoto tenha sido levado para um ponto ainda mais afastado dos 70km de extensão do curso d’água, que deságua em Santo Antônio do Descoberto. “Fizemos mergulhos tocando o fundo e as margens do rio por 5km. Faremos uma varredura até acharmos o rapaz”, afirmou o major Luciano Guimarães, do Corpo de Bombeiros. Por volta das 14h, os militares fizeram o mesmo trajeto dos adolescentes para identificar os obstáculos dentro do túnel e descartar a possibilidade de haver algum corpo no local.

O Instituto Brasília Ambiental (Ibram) também acompanha os trabalhos do Corpo de Bombeiros. Por causa da tragédia, o Parque Três Meninas está fechado para visitação. Apesar disso, muitos moradores e curiosos se arriscaram na tarde de ontem e entraram na mata para acompanhar os trabalhos de buscas. Os bombeiros pedem que as pessoas não tentem fazer isso em razão do risco de novos acidentes. 

Fonte: Correio Braziliense

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Não deixe de comentar !!!!!!