quinta-feira, 17 de outubro de 2013

PMDF gasta R$ 122 mil com pen drives em formato de viatura

A PMDF (Polícia Militar do DF) comprou 6.000 pen drives personalizados por R$ 121.980. Os recursos são do Fundo Constitucional do Distrito Federal, criado para custear as forças de segurança pública da capital federal. Os dispositivos têm quatro gigas de espaço.   


Segundo o edital, metade deles será em formato de viaturas policiais e o restante padronizado com o brasão da corporação. As informações estão disponíveis na Seção 3 doDiário Oficial do DF na terça-feira (15). A vencedora da licitação é uma empresa de Porto Alegre.  
Cada unidade feita com o desenho da viatura custou R$ 20,66 e as demais saíram por R$ 20. A polícia informou que os dispositivos podem ser usados para armazenar músicas, fotos, textos, slides e vídeos. Nas especificações da licitação, está a exigência de que estes produtos sejam fabricados em acrílico, com acabamento resinado e à prova d´água.  
R7 DF fez uma pesquisa e encontrou um atacadista do mesmo porte que a empresa vencedora e cotou o mesmo produto ao custo médio de R$ 16,90. Em sites especializados na internet, também é possível encontrar pen drives de 4GB com preços que variam de R$ 15 a R$ 19.  
Customizados e sob encomenda
A Geral Atacadista, empresa que venceu a licitação, explicou que os produtos ficaram com preços mais caros porque são totalmente customizados e feitos sob encomenda, mas que este não era o valor ideal. O responsável pela empresa, identificado somente como Júlio, contou que foi forçado a baixar os valores em função da concorrência.
— No início da licitação, nossa proposta estava com valores na casa dos R$ 30, mas tivemos que baixar para vencer o processo.
A customização dos pen drives comprados pela PMDF foi feita por outra empresa, que tem sede em São Paulo. Os serviços teriam sido terceirizados para a Geral Atacadista. Questionado sobre o assunto, Júlio relatou que conta com parceiros, mas negou o envolvimento de outro estabelecimento na produção dos dispositivos.
O pregão foi aberto no dia 26 de setembro e a Geral Atacadista terá 40 dias para assinar o contrato e fazer a entrega do material.  
Fonte: R7

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Não deixe de comentar !!!!!!