segunda-feira, 5 de agosto de 2013

Antes de matar a mãe e três mulheres, homem foi levado a posto de saúde

O homem de 30 anos que matou a mãe, duas vizinhas e uma criança de dez anos no sábado (3) em Londrina, na região norte do Paraná, foi atendido em um posto de saúde na cidade vizinha horas antes de cometer os crimes.

Segundo o Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (SAMU), o rapaz, que era maquiador, estava em Cambé, na região norte do Paraná, quando um amigo notou sinais de agressividade e decidiu chamar o serviço. O rapaz foi levado para um posto de saúde da cidade para ser atendido. “Quando chegamos lá ele estava catatônico, com sinais visíveis de surto”, afirma o coordenador do Samu Felipe Guanaes.
Conforme informações da Secretaria de Saúde de Cambé, o homem foi atendido no posto às 18h30 e estava acompanhado da mãe e da esposa no momento do atendimento. Ainda de acordo com a secretaria, as mulheres alertaram a médica que estava de plantão que ele era usuário de drogas. O rapaz foi liberado minutos depois. A secretária de saúde, Alessandra Garcia Vaz, não soube dizer se ele foi medicado.
Ao chegar em casa, segundo a Polícia Civil de Londrina, o maquiador não se acalmou e continuou transtornado. Vizinhos relataram a polícia que ouviram muitos gritos vindos da casa. Ainda conforme a polícia, no momento do crime, a mãe dele tentava impedir que o filho agredisse a esposa, mas ele pegou uma faca e a matou. Enquanto a esposa fugia, ele entrou na casa vizinha e matou duas idosas e uma criança de dez anos com a mesma faca. O rapaz perseguiu a esposa até um salão de festas onde era comemorado um aniversário de uma criança e foi contido por convidados.
O homem foi preso em flagrante e levado para uma cela isolada na penitenciária estadual de Londrina e não explicou à polícia porque cometeu os crimes. Em depoimento, a esposa disse à polícia que já tinha sido agredida por ele e que o mesmo era usuário de crack e maconha.
A família do rapaz disse que o casal se mudou para Londrina há um ano porque tinha a intenção de abandonar as drogas.
Fonte: G1

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Não deixe de comentar !!!!!!