sexta-feira, 24 de maio de 2013

'Tranquilos', diz primo sobre casal morto por vizinho em condomínio

O primo da dentista Miriam Cecília Bannhart,morta a tiros com o marido Fábio Rezende Rubim na noite de quinta-feira (24) em um prédio em Santana de Parnaíba (SP), está perplexo com a brutalidade do crime. Carlos Henrique Bannhart, conversou apenas com o irmão da vítima. "Estão todos arrasados", disse o engenheiro sobre a família, que mora em Campinas (SP), na manhã desta sexta-feira (24). O casal foi morto por um vizinho no apartamento em que morava, em um condomínio de luxo na Grande São Paulo.

O velório do casal será na Paróquia Nossa Senhora de Lourdes, na Colônia Helvétia, bairro rural fundado por imigrantes suíços em Indaiatuba (SP), onde mora parte da família, a partir das 14h desta sexta. O enterro está marcado para as 9h da manhã deste sábado (25). 
Bannhart diz que Miriam e Fábio eram tranquilos. "Não dá para entender o que aconteceu, eles viviam muito bem, eram tranquilos, minha prima era muito calma", contou. O engenheiro também disse estar surpreso ao ouvir que os dois estavam brigando constantemente com o vizinho, autor do crime. "Fiquei sabendo disso pela imprensa, eles nunca comentaram, nunca tinha ouvido falar", explica. 
O primo afirma que o casal sempre visitava a família na região e gostava de estar próximo dos parentes. "Vinham para ver a mãe dela, que é viúva. Eles tinham uma bebezinha, estavam felizes", relembra. Miriam completaria 38 anos nesta sexta.
A criança, de 1 ano e meio, não foi atingida pelos disparos e está com a avó materna . Até a publicação desta reportagem, os corpos não haviam sido liberados do Instituto Médico Legal (IML) de Osasco (SP). 
Fonte: G1

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Não deixe de comentar !!!!!!