quinta-feira, 25 de abril de 2013

Vítimas de assassinatos crescem 37,3% entre fevereiro e março em SP


Dados da Secretaria da Segurança Pública de São Paulo (SSP) mostram a piora em quase todos os índices de criminalidade na capital entre fevereiro e março deste ano. De acordo com os dados, houve redução apenas nos casos de vítimas de homicídio culposo – de 7 para 6 – e de latrocínio – de 15 para 10.
O número de vítimas de homicídios dolosos cresceu 37,3%, de 91 em fevereiro para 125 em março. Na comparação com março de 2012, a alta foi de 26,2%. Na época foram registradas 99 vítimas.
Os dados de SSP mostram também uma alta de 8% nos casos de estupro, passando de 287 em fevereiro deste ano para 311 em março. Os casos de estupro vêm crescendo desde dezembro de 2012.
O número de veículos roubados subiu 3.557 em fevereiro de 2013 para 4.378 em março – alta de 23%. Já os casos de furto de veículos passaram de 3.463 para 4.201 no mesmo período, um crescimento de 21%.
Em fevereiro não foi registrado nenhum homicídios dolosos no trânsito . Em março, foram dois. Os casos de lesão corporal dolosa no trânsito, porém, subiram de 3.430 em fevereiro para 3.752 em março. No mês passado, o ciclista David Santos de Souza, de 21 anos, teve o braço direito decepado após ser atropelado enquanto andava de bicicleta na ciclofaixa da Avenida Paulista, no dia 12 de março, pelo motorista Alex Siwek. O braço do ciclista foi amputado por estilhaços de vidro do pára-brisa e permaneceu preso ao veículo. O motorista, um estudante de psicologia, de 21 anos, fugiu do local e depois jogou o membro em um córrego.
Estado
Em todo o estado de São Paulo, o número de vítimas de homicídios dolosos aumentou 9,95% entre março e fevereiro, saltando de 389 para 432 em março. No mesmo mês do ano passado foram registradas 410 vítimas de homicídio doloso - comparando com março de 2013, houve aumento de 5,3%.

O número de vítimas de latrocínio diminuiu entre um ano e outro, mas aumentou de fevereiro para março de 2013. Em março a SSP registrou 34 vítimas de roubo seguido de morte, ante 36 no mesmo mês de 2012 (queda de 5,5%). Entre fevereiro e março, porém, houve crescimento de 3%, saltando de 33 para 34.
Fonte: G1


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Não deixe de comentar !!!!!!