sexta-feira, 12 de abril de 2013

Iraniano cria máquina que prevê o futuro, mas teme que China roube ideia


Diretor da Central Iraniana de Invenções Estratégicas, o cientista Ali Razeghi alega já ter desenvolvido 179 inventos, mas admite que uma das criações é, de longe, a mais brilhante: uma máquina capaz de prever o futuro, que, segundo ele, apenas não terá um protótipo lançado em breve porque "os chineses roubariam a ideia e produziriam milhões de cópias em pouco tempo". As informações são do jornal britânico Metro.

Razeghi assegura que sua máquina, batizada "Arayayek" tem o tamanho de um laptop e é capaz de prever o futuro de qualquer pessoa em até oito anos com 98% de precisão.

"Ela não vai te levar para o futuro, mas vai trazer o futuro até você. Será possível que governos prevejam futuros conflitos com outros países ou variações nas cotações de moedas e preços de combustível. Naturalmente estarão mais preparados para os desafios", afirma o cientista, de 27 anos, residente em Teerã.

O lançamento, porém, deve demorar alguns anos: "esperaremos atingir a capacidade de produzir a máquina massivamente para vendê-la a estados e indivíduos. Os americanos gastam milhões de dólares anuais para desenvolver uma máquina assim, enquanto eu já consegui por um preço muito menor", explica.

Sem entrar em detalhes, Razeghi diz que seu invento usa "complexos algoritmos" que respondem ao toque de um usuário e oferecem previsões de um futuro entre cinco e oito anos.

Fonte: G1

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Não deixe de comentar !!!!!!