segunda-feira, 22 de abril de 2013

Advogado mata a mulher estrangulada em Higienópolis e vai assistir televisão


Um advogado matou a mulher, uma artista plástica, de 56 anos, e foi assistir televisão. O crime aconteceu na noite deste domingo (21), no sexto andar de um prédio que fica na avenida Angélica com a rua Pará, em Higienópolis, bairro nobre da região central de São Paulo. 
A vítima foi encontrada na cama com muitos hematomas pelo corpo. Segundo a polícia, havia sinais de estrangulamento. Na delegacia, o advogado confessou o crime e disse que espancou a companheira por ciúme.
O casal namorava há três anos e há dois decidiram morar juntos. De acordo com os policiais, depois de agredir a mulher, o homem ligou para uma das filhas, de um outro relacionamento, para contar o que aconteceu. A filha estava em Santa Catarina, pegou um vôo e veio para São Paulo.
Quando chegou, encontrou o pai sentado no sofá assistindo televisão. Foi ela quem chamou o resgate na madrugada desta segunda-feira (22). Os socorristas disseram que a artista plástica estava morta havua pelo menos seis horas quando foi encontrada. 
A frieza do advogado chamou a atenção dos policiais. Ele foi preso em flagrante e vai responder por homicídio qualificado.
Fonte: R7

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Não deixe de comentar !!!!!!