domingo, 3 de fevereiro de 2013

Atentado no Iraque deixa ao menos 33 pessoas mortas



Um homem-bomba que dirigia um carro e homens armados disfarçados de policiais mataram ao menos 33 pessoas em Kirkuk no Iraque neste domingo (3), quando eles tentaram invadir um quartel da polícia da cidade, disseram fontes policiais à agência de notícias Reuters.

A explosão da manhã deste domingo feriu ao menos 70 pessoas, mas polícia disse que ainda havia corpos presos sob os escombros dos edifícios que desabou após o ataque em Kirkuk, cidade que fica a 170 km (105 milhas) ao norte da capital Bagdá.
"Dois homens armados vestindo coletes explosivos tentaram invadir o quartel da polícia de Kirkuk, mas guardas principais do local notaram a presença deles", disse uma fonte policial dentro do complexo à Reuters.
Os feridos, alguns deles em estado grave, foram levados de ambulância para hospitais locais, enquanto as forças de segurança fecharam o acesso à área do ataque e começou a procurar os atacantes.A explosão causou grandes danos à sede da polícia e os edifícios adjacentes, de acordo com a agência de notícias EFE.
Kirkuk, uma área religiosa e etnicamente mista de árabes, curdos e Turkman, está no centro de uma disputa sobre petróleo e terras entre o governo central de Bagdá e no enclave Curdistão autônomo, no norte. Vários grupos armados agem em Kirkuk, e os insurgentes sunitas ligados à Al-Qaeda frequentemente atacam as forças de segurança em uma tentativa de minar o governo xiita primeiro-ministro Nuri al-Maliki.
No mês passado, um homem-bomba disfarçado como um enlutado matou ao menos 26 em um funeral xiita na mesquita em outra cidade perto de Kirkuk, e dias antes bombista suicida dirigindo um caminhão matou 25 em um ataque a uma sede do partido político em Kirkuk.

Fonte: Terra

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Não deixe de comentar !!!!!!