segunda-feira, 24 de setembro de 2012

Professor de Muay Thai e pedofilo espanca esposa e abusa sexualmente de filha, diz polícia

PORTO SEGURO - O professor de muay thai Hiroshi Chiku, que é japonês, foi preso sexta-feira (21) no bairro Alto da Vila, em Arraial d’Ajuda, distrito de Porto Seguro, sob acusação de espancar a companheira Jocilene de Jesus Cardoso e abusar sexualmente da filha de 3 anos.
Segundo a polícia, na noite de quinta-feira (20) a criança teria se queixado para a madrasta que o pai estaria “mexendo no bumbum” e na vagina dela com o dedo nos passeios diários que o pai fazia com ela.
Na manhã de sexta, Hiroshi teria acordado a menina para passear, às 5h. A madrasta reclamou do horário e disse que não deixaria, pois a menina já teria contado o que ele vinha fazendo.
Tomado pelo ódio, Hiroshi espancou Jocilene com socos e pontapés até a ela desfalecer. Contido por vizinhos que chegaram a agredi-lo, o professor foi salvo pela Polícia Militar, que o encaminhou a 1° Delegacia de Porto Seguro e Jocilene ao Hospital Luís Eduardo Magalhães.
A prisão preventiva foi decretada pelo juiz André Strogenski, a pedido da titular da Delegacia Especial de Atendimento a Mulher (Deam), Viviane Scofield. Em depoimento à delegada, Jocilene confirmou a versão e reafirmou que a menor teria contado sobre os abusos.
Ao Jornal do Sol, Hiroshi Chiku confessou ter agredido Jocilene. Segundo ele, a companheira está mentindo e teria “jogado vidro nele”, que por isso a agrediu. Quando questionado sobre os abusos, ele afirmou que ama a filha dele, mas que ela “é uma mentirosa também”. Hiroshi responderá por lesão corporal e estupro de incapaz. Ele está preso a disposição da Justiça.

Fonte: Radar64

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Não deixe de comentar !!!!!!