sábado, 28 de julho de 2012

Morre criança baleada em operação do Bope no subúrbio do Rio

A menina de 11 anos baleada em uma operação do Batalhão de Operações Especiais (Bope) na comunidade da Quitandinha, em Costa Barros, subúrbio do Rio do Rio de Janeiro, morreu por volta das 21h30 da sexta-feira (27). 

A informação foi confirmada pela Secretaria estadual de Saúde. Segundo a Secretaria estadual de Saúde, a menina levou um tiro no abdome por volta das 13h40. Ela foi levada para a UPA (Unidade de Pronto Atendimento) de Costa Barros, mas foi transferida para o Hospital Carlos Chagas, em Marechal Hermes, também no subúrbio onde foi submetida a uma cirurgia, mas não resistiu.
A Polícia Militar informou que a operação do Bope foi feita apos denúncias de moradores "relatando a presença de lideranças do tráfico no local" que estariam envolvidos com o ataque à UPP de Nova Brasília. Ainda segundo a PM, Bruna se assustou com os tiros, se separou da mãe e foi atingida ao atravessar a rua.

 Ainda segundo a versão da polícia, a mãe pediu ajuda aos policiais para socorrê-la. Não há informações sobre quem efetuou o disparo contra a menina. Policiais do Bope disseram que o tiro que atingiu Bruna partiu dos traficantes. 

A PM informou que "vai investigar todas as possibilidades". A PM disse ainda que, por volta das 16h30, moradores da comunidade da Quitandinha faziam uma manifestação tentando atear fogo em cinco ônibus, que ficaram com parte da alguns pneus queimados.

Fonte: G1

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Não deixe de comentar !!!!!!