sexta-feira, 22 de junho de 2012

Assassinato de três PMs e ataque a duas bases nesta semana em São Paulo

A capital paulista registrou o assassinato de três policiais militares e o ataque contra duas bases da PM nesta semana. Os policiais mortos estavam de folga ou se dirigindo para o trabalho. As execuções dos PMs ocorreram entre quarta-feira (20) e a madrugada desta sexta-feira (22).

Nesta sexta, um PM foi atingido enquanto seguia de moto para o trabalho na região do Grajaú, Zona Sul. Na noite de quinta, um policial foi atingido dentro de um supermercado no Capão Redondo, também na Zona Sul. Na quarta, outro PM foi executado dentro de uma academia na Vila Formosa, Zona Leste.
Ainda na noite de quinta foi registrado um incêndio no bar localizado na Penha, Zona Leste, onde uma ação de policiais da Rota deixou seis mortos em 29 de maio. A Secretaria de Segurança Pública (SSP) informa que não há comprovação de relação entre os casos  e que eles são investigados.
Execuções
Nesta sexta, um policial militar passava pela Avenida Prefeito Paulo Lauro, na região do Grajaú, quando os criminosos o derrubaram da moto e fizeram os disparos. Ele chegou a ser levado para um pronto-socorro da região, mas não resistiu aos ferimentos, segundo a Secretaria de Segurança Pública (SSP). O caso foi encaminhado para 85º Distrito Policial, no Jardim Mirna.
Na quinta-feira à noite, um policial militar de 40 anos foi executado dentro de um supermercado no Capão Redondo. Ele estava de folga e havia acabado de pagar suas compras quando três homens entraram no estabelecimento.
O PM embalava os itens quando um dos suspeitos disparou contra ele. Mesmo baleado, o policial conseguiu atirar no criminoso. Policial e criminoso morreram no hospital. Os outros dois suspeitos fugiram. Câmeras de segurança do supermercado gravaram toda a ação.
Na quarta-feira (20), o policial militar Vaner Dias, de 44 anos, foi morto enquanto dava aula de jiu-jítsu, na região da Vila Formosa. Dos 15 tiros que foram disparados, oito atingiram o policial, que morreu a caminho do hospital.
Bases da PM
Na Zona Leste, na madrugada desta sexta, uma base da Polícia Militar, em Itaquera, foi alvo de disparos. Um soldado estava no posto, mas não há registro de feridos. Na quinta-feira, uma base móvel da PM foi atacada em São Mateus, também na Zona Leste.
Quatro homens em um carro e um outro em uma moto pararam próximo à base e fizeram pelo menos oito disparos. Dois policiais estavam na base. Nenhum deles ficou ferido. A polícia vai investigar se existe relação entre os crimes.
Incêndio em bar
Foi registrado na noite de quinta-feira (21) um incêndio no bar localizado na Penha, Zona Leste, onde uma ação de policiais da Rota deixou seis mortos em 29 de maio. Ninguém ficou ferido. Um laudo da perícia vai apontar se o fogo foi ou não ateado de maneira criminosa.
Fonte:G1

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Não deixe de comentar !!!!!!