sexta-feira, 30 de setembro de 2011

Halo solar é visto em Brasília-DF

Os moradores do Planalto Central estão sendo os únicos a visualizar o fenômeno do halo solar que está ocorrendo desde às 11h desta sexta-feira (30/9). O evento natural ocorre quando os raios solares atingem os cristais de gelo nas nuvens e são refletidos. Para quem vê o fenômeno, as cores em volta do Sol parecem as de um arco-íris. Além de ser observado no DF, o halo é visto também em Goiás.

De acordo com o Instituto Nacional de Meteorologia (Inmet), não há previsão para que o grande círculo no céu deixe de ser visto. O Inmet informou ainda que hoje o fenômeno poderá ser observado somente no Distrito Federal, pois para ocorrer depende da quantidade de cristais de gelo presente nas nuvens, o que naturalmente dificulta a visualização em várias outras localidades.

De acordo com um dos meteorologistas do Inmet, Manoel Rangel, o fenômeno natural não significa que irá chover. "Com halo ou sem halo, ele aparecendo ou não, uma situação não tem nada a ver com a outra. O evento pode ocorrer durante todo o ano, mas é comum durante a passagem do inverno para a privamera". Ele diz que a temperatura sentida pelos brasilienses não interfere na formação do halo. "Nós estamos bem à baixo da camada mais fria da atmosfera, então o que sentimos, seja calor ou frio, não tem nehuma relação com o fenômeno observado".

O Inmet informou, ainda, que o halo pode ser visto de várias formas. Entre elas, quadriculada ou em forma de linha reta, por exemplo. "Este é um fenômeno ótico normal. Não é possível prevê-lo, pois todos os aspectos que o fazem acontecer variam de local para local, condições climáticas e alguns outros pontos", explica Rangel.

Chuva no DF
O Inmet afirmou que a chuva chega ao Distrito Federal na próxima terça-feira (4/10) e fica até quarta-feira (5/10). "Durante este fim de semana o morador do DF vai sentir o clima bem abafado e, na segunda-feira à noite, devem começar a cair os primeiros pingos d'água", prevê Rangel. Além disso, a expectativa é a de que uma frente fria chegue à região. "Na chuva do começo da semana, havia no DF grandes aglomerados de nuvens, mas desta vez vai chover mesmo", completa.

Traficante " João Gordo " foi presso na madrugada desta sexta-feira na zona sul do Rio de Janeiro

O traficante foragido João Carlos Paulo Verlingue, o João Gordo, 38 anos, foi preso na madrugada desta sexta-feira na Zona Sul do Rio de Janeiro. Ele foi detido na rua Soares Cabral, um dos acessos ao túnel Santa Bárbara, em Laranjeiras. Foragido há seis meses, ele é apontado como um dos braços direitos do traficante Alexander Mendes da Silva, o Polegar, do Morro da Mangueira.
Um agente da Superintendência de Inteligência do Sistema Penitenciário (Sispen) entrou em um bar na Rua das Laranjeiras e reconheceu João Gordo, que se preparava para pagar a conta. Com apoio de policiais militares, o agente interceptou o foragido dentro de um táxi na rua Soares Cabral. Ele foi levado para a 13ª Delegacia de Polícia (Copacabana).
João Gordo cumpria pena em regime semi-aberto no Presídio Edgard Costa, em Niterói, por tráfico. Em 21 de março, ele arrebentou a tornozeleira eletrônica e não voltou mais à prisão.
Preso em 18 de setembro de 2007 na Operação Lâmina 1, João Gordo foi detido em um apartamento da rua das Laranjeiras, que funcionava como ponto de reunião e depósito de armas. Ele foi detido junto com outros quatro suspeitos de tráfico de drogas.

quinta-feira, 29 de setembro de 2011

Arapiraca- Alagoas - Homem leva chifre, mata a mulher e come o coração frito em um bar

Não foi no óleo nem no azeite. Após assassinar a própria esposa, Patricia Vicente da Silva, o desempregado José Jorge da Silva, retirou os órgãos do corpo da vítima e levou o coração até um bar, onde pediu para o cozinheiro fritar na manteiga, e comeu acompanhado de uma cervejinha.

Marido confessou crime

O crime bárbaro, que chocou a cidade de Arapiraca, em Alagoas, foi cometido no final de 2010, e teve desfecho nesta semana, quando o assassino foi preso no município de Carmópolis, em Sergipe, e confessou friamente, para a surpresa geral.
"Ele foi preso aqui após tentar roubar um taxista e, ao levantarmos a ficha, descobrimos que ele era procurado em Arapiraca por esse crime.
O que surpreendeu foi a calma com que ele confessou tudo, com detalhes. Em nenhum momento ele demonstrou sinal de arrependimento", disse o delegado de Carmópolis, Lênio Augusto.
E o arrependimento não faz mesmo parte do vocabulário do assassino, que planejou o crime ao suspeitar de uma traição e o contou detalhadamente.
"Foi só uma furada no estômago. Ela ficou se batendo um minuto e morreu. Eu cortei ela até o umbigo, tirei os órgãos e só guardei o coração e levei comigo. Depois, peguei uma van até Palmeira dos Índios e pedi para um cara de um bar fritar e comi como tira-gosto com cerveja. Comi mesmo", disse.

Suspeitos de matar Kelly Cyclone fugiu de uma operação conjunta da Policia Civil e Militar

Kelly Cyclone

Um dos suspeitos de matar Kelly Cyclone fugiu de uma operação conjunta das polícias Civil e Militar que deixou dois mortos no município de Lauro de Freitas, Região Metropolitana de Salvador, nesta quarta-feira (28). Segundo informações da Polícia Civil, a primeira troca de tiros aconteceu com os acusados que estavam festejando o aniversário de 26 anos de Emerson Cosme Anjos dos Santos, mais conhecido como Miminho, no bairro Vila Praiana na localidade chamada Boca de Vulcão.

No imóvel, que pertence à mãe de Emerson estavam os irmãos dele, Eliosmar Anjos dos Santos, 31 anos; Edvaldo Anjos dos Santos, 35 anos; Erivelton Anjos dos Santos, 19 anos; Erickson Anjos dos Santos, 28 anos; Elmo Anjos dos Santos, 24 anos e os amigos Robson Costa de Oliveira, 38 anos; André Conceição do Carmo, 27 anos, Edvaldo Pereira Santos, 35 anos, Plínio Diego Reis dos Santos, 22 anos, um adolescente, 17 anos e dois homens identificados como Wellington Nunes, Mão, e Neguinho.

Foi através de uma denúncia anônima que a polícia foi informada que no local havia uma festa regada a álcool, drogas e armas. Ao chegar na casa, os policiais já foram recebidos a tiros. Antenor Costa Júnior, 24 anos, que estava com um revólver Taurus, com três munições deflagradas, foi atingido durante a ação e socorrido para o Hospital Menando de Farias, mas não resistiu aos ferimentos e morreu na manhã de hoje. Com ele foram encontrados 38 pedras de crack e dois papelotes de cocaína. Os traficantes Mão e Neguinho, mesmo feridos na troca de tiros, conseguiram fugir.

Segunda operação

Em uma segunda operação realizada nesta manhã pela polícia um segundo suspeito, ainda não identificado, foi baleado. Ele não resistiu aos ferimentos e acabou morrendo no local. Em seu poder foram apreendidos certa quantidade de crack e um revólver calibre 32.

A polícia informou que as vítimas foram encaminhados para o Instituto Médico Legal (IML). O traficante Mão, que é ex-namorado de Kelly Cyclone, um dos suspeitos de tê-la matado.

No imóvel onde acontecia a festa foram encontrados 74 pedras de crack, 20 papelotes de cocaína, 31 ampolas plásticas com cocaína, um “dolão” de maconha, saquinhos plásticos, estiletes e grampos para embalar a droga, 11 celulares de diversas marcas, um notebook, um aparelho de dvd portátil, uma corrente de prata, e R$ 170,00.

Estudante de Direito de 18 anos denuncia o pai por abuso sexual em Bauru

Advogado e assessor sindical Sandro Luiz Fernandes

A estudante de direito de 18 anos que denunciou o pai por abuso sexual em Bauru, no interior de São Paulo, voltou à Delegacia de Defesa da Mulher para registrar um boletim contra a mãe na manhã desta quinta-feira (29). O suspeito é um advogado que já fez parte da Comissão de Direitos Humanos da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB). A jovem foi ao DP acompanhada do irmão de 9 anos.

Segundo eles, ao voltar de uma viagem ao exterior, a mãe teria ido até a casa da tia, onde os dois se encontravam, e tentado agredi-los. Na quarta, o irmão da estudante de 9 anos prestou depoimento por mais de duas horas e declarou também ter sofrido abuso do pai. A estudante afirmou à polícia ter pedido ajuda da mãe, que não teria tomado providências. A Polícia Civil informou nesta quinta que pedirá a prisão preventiva dos pais.
AbusosA jovem, que é a filha mais velha de uma família de classe média alta da cidade, contou que foi abusada pelo pai dos 8 aos 16 anos. “Com 18 anos eu sei muito bem dos meus direitos. Eu sei que o que ele fez é errado. Eu não quero ser igual à minha mãe e fingir que nada aconteceu. Eu quero tomar uma atitude, ser honesta comigo mesma, mostrar para todos quem ele é. Ele não é perfeito, é um monstro, pedófilo. Quem faz esse tipo de coisa não é pai, é um monstro. Eu tenho nojo dele”, relatou a jovem.

Ela disse que pediu ajuda para a mãe, mas não foi atendida. “Com uns 11 anos eu contei para minha mãe, contei tudo o que acontecia, ela simplesmente falou que ia conversar com ele para dar uma chance”, afirmou.

O advogado Sandro Luiz Fernandes, de 45 anos, atualmente responde pelo departamento jurídico do Sindicato dos Bancários e dos Servidores Públicos Municipais na região de Bauru.
O abuso contra a filha não é o único caso na família de Fernandes. Uma sobrinha, atualmente com 13 anos, e uma cunhada, de 18 anos, também o acusam de abusos durante a infância.

Os casos vieram à tona depois que as três vítimas ficaram sabendo que tinham sofrido os mesmos abusos. Com base nos depoimentos das vítimas foi pedida a prisão temporária do advogado. A delegada responsável também solicitou uma medida protetiva para afastar o suspeito da filha. O pedido de prisão foi negado pela Justiça, mas o juiz determinou que o advogado fique no mínimo a 100 metros de distância da filha de 18 anos. Também foi determinada a busca e apreensão de computadores e outros objetos na casa dele.

O defensor de Fernandes disse que o cliente tomou conhecimento das acusações durante uma viagem ao exterior e que vai se apresentar e prestar todos os esclarecimentos. “Ele está à disposição da Justiça para esclarecer esse infeliz ocorrido”, afirmou o advogado Hélio Marcos Pereira Júnior.
Fonte: G1

Policia Federal detem homem armado no Palácio do Planalto

Um homem armado foi contido por seguranças do Palácio do Planalto por volta de 10h40 desta quinta-feira (29). Conforme a segurança, ele chegou ao local em torno de 9h40, afirmou estar armado e disse que queria ser recebido pela presidente Dilma Rousseff para entregar a ela uma petição.
A segurança do Planalto foi mobilizada para tentar conter o homem e, por volta das 10h40, ele entregou a arma de calibre 38. Segundo a segurança, o homem tem 31 anos e será encaminhado para a Polícia Federal.
Antes de entregar a arma, o homem, vestido de preto, estava com um bolsa em volta do pescoço, suas mãos dentro dela e afirmava que a arma estava dentro da sacola. Ele foi levado por agentes para o 1º andar do Palácio do Planalto onde, segundo a equipe de segurança, entregou a arma.
Antes de se entregar, o homem afirmou: "Só estou aqui porque não consegui o que eu queria por meios legais".
O G1 viu a carta que o homem tentava entregar para a presidente. Trata-se de uma petição, supostamente feita pela Defensoria Pública da União, em que ele afirmava ter sido violentado por policiais. Ele também disse que o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva havia lhe oferecido um cargo de diplomata brasileiro, e cobrava de Dilma que tomasse posse no cargo.
Fonte: G1

Garoto que foi levado para 5 hospitais do RJ em busca de atendimento, Morre diz Secretaria

O jovem Gabriel de Sales morreu às 5h desta quinta-feira (29), segundo informou a Secretaria municipal de Saúde. Ele estava internado desde o dia 19 no Hospital Salgado Filho, no Méier, na Zona Norte do Rio, depois de percorrer cinco hospitais da Baixada Fluminense e do Rio de Janeiro para conseguir atendimento médico.
De acordo com a Secretaria, o corpo do jovem será levado para o Instituto Médico Legal (IML). Na quarta-feira (28), Gabriel já tinha apresentado uma piora no seu quadro de saúde e precisou voltar para o CTI. 
Gabriel foi internado depois de cair da laje de casa em Xerém, na Baixada Fluminense. Ao dar entrada no Hospital Salgado Filho, ele foi submetido a uma neurocirurgia e chegou a ficar em coma induzido, segundo informou a Secretaria municipal de Saúde.
Exoneração
No dia 21, a Secretaria estadual de Saúde informou que o diretor do Hospital estadual Getúlio Vargas, Luiz Sérgio Verbecaro, e o chefe de equipe de plantão do Hospital estadual Adão Pereira Nunes, Jocelyn Santos de Oliveira, foram exonerados. A pedido do secretário Sérgio Côrtes, foi aberta uma sindicância para apurar o caso e as informações preliminares indicam divergências de relatos sobre a conduta das equipes das duas unidades estaduais, informou a Secretaria.
A Secretaria informou ainda que a regulação do paciente não foi feita pelo Samu Baixada, como determina o protocolo do Ministério da Saúde para os casos de urgência e emergência. 
88 km em sete horasApós sofrer o acidente, Gabriel percorreu 88 km em uma ambulância até conseguir atendimento no Hospital Salgado Filho. De acordo com a mãe de Gabriel, Maria dos Santos Bezerra, o filho chegou a ser atendido no posto de saúde de Xerém. "Ele teve um atendimento bom lá. O médico foi muito bom, mas mandaram ele para Saracuruna, porque disseram que lá não tinha aparelhagem", contou na época a mãe do jovem.

De lá, Gabriel foi levado para o Hospital Adão Pereira Nunes, em Saracuruna. O destino seguinte foi o Hospital Getúlio Vargas, na Penha, na Zona Norte da cidade. Após mais uma tentativa frustrada, encaminharam o jovem para o Hospital Souza Aguiar, no Centro. Sem alternativa, o destino foi o Hospital Carlos Chagas, em Marechal Hermes, no subúrbio, onde, segundo a família, Gabriel chegou a fazer exames, mas não pôde ficar internado. Já era 23h quando Gabriel chegou ao Hospital Salgado Filho.
Sérgio Côrtes afirmou que o erro foi no primeiro atendimento, no posto de saúde em Xerém. "Na unidade de saúde em que ele está, [o procedimento é] entrar em contato com a central de regulação e solicitar uma vaga para evitar essa peregrinação, essa absurda peregrinação durante 90 quilômetros. Toda a rede de urgência e emergência estava avisada que naquele período de 19 h até as 2 da manhã o tomógrafo [do Hospital Saracuruna] estava em manutenção. Mas tinha ressonância magnética, poderia ter sido feita. Então o grande erro foi a não-solicitação da transferência. Isso fez com que ele peregrinasse, literalmente, por vários hospitais, até que finalmente foi atendido no Hospital estadual Carlos Chagas, onde foi acolhido, foi feita a tomografia, foi feito o diagnóstico do traumatismo craniano e então solicitada a vaga para o Hospital Salgado Filho, quando ele foi finalmente transferido", explicou.

Caxias rebate responsabilidadeApós o problema, a Secretaria de Saúde de Duque de Caxias enviou uma nota sobre o atendimento de Gabriel no posto de saúde em Xerém:

"A Secretaria de Saúde de Duque de Caxias informa que fez seu papel ao prestar o primeiro atendimento a Gabriel Paulino. Seu estado foi estabilizado na Unidade Pré-Hospitalar de Xerém e encaminhado a unidade referência do município para politraumatizados: o Hospital Estadual Adão Pereira Nunes. Não cabia à UPH de Xerém acionar a Central de Regulação de Leitos do Estado. O paciente, após o atendimento preliminar que salvou sua vida, foi encaminhado para o hospital especializado mais próximo, o Adão Pereira Nunes, que pertence ao Estado do Rio de Janeiro e deveria ter acionado a central."

Secretaria de Saúde do RioA Secretaria municipal de Saúde do Rio disse que não consta no sistema de regulação municipal qualquer solicitação de internação para o paciente, que é de fora da cidade do Rio e não conseguiu atendimento.
Sobre a falta de atendimento no Hospital municipal Souza Aguiar, a prefeitura disse que a unidade estava atendendo a três casos graves na neurocirurgia, por isso não havia vagas naquele momento.

quarta-feira, 28 de setembro de 2011

Amazon revelou o tablet concorrente do iPad, o Kindle Fire que custa 200 US$

A Amazon revelou nesta quarta-feira (28) o tablet concorrente do iPad, o Kindle Fire, que custa US$ 200. O modelo do aparelho que será vendido por este preço terá tela de 7 polegadas, conexão Wi-Fi e roda o sistema operacional Android, do Google.
O modelo mais barato do iPad, da Apple, custa US$ 500 nos Estados Unidos, mas tem tela de 9,7 polegadas. No Brasil, o tablet custa R$ 1.650 o modelo mais barato.
O tablet da Amazon tem tela sensível ao toque e conexão Wi-Fi para baixar conteúdo da web. No entanto, ele não possui câmera, microfone e conexão 3G, o que permitiria acessar a internet em qualquer local.
A Amazon criou uma versão própria do sistema Android para deixá-lo mais fácil de usar pelos usuários do novo tablet. Ele promete apresentar o conteúdo de revistas, livros, filmes, jogos e aplicativos de modo mais ágil do que o visto em versões tradicionais do Android.
O usuário poderá comprar livros, filmes e músicas por meio da Kindle Store, da Android Appstore, Amazon MP3 e Prime Instant Video. Serviços de conteúdo na nuvem da empresa também estarão disponíveis no Kindle Fire como o Amazon Cloud Player, Amazon Cloud Drive e Kindle Cloud Reader.
Aplicativos como Facebook, Twitter e o Netflix, para filmes sob demanda, estarão disponíveis para download gratuito por meio da loja virtual da Amazon.

Mineira é assassinada nos Estados Unidos, O Ex marido é principal suspeito

A polícia investiga a morte de uma mineira nos Estados Unidos. Ela é da cidade de Frei Inocêncio, na Região Leste de Minas Gerais. Patrícia Fróes foi morta a facadas no prédio onde morava na cidade de Marshfield, no estado de Massachusetts, quando voltava de uma festa nesta segunda-feira (26). De acordo com a polícia, o ex-marido da vítima, que também é de Minas Gerais, é suspeito do crime.

De acordo com a mãe da vítima, Roseli Fróes, o ex-marido da filha nunca aceitou o término do relacionamento. “Ele ameaçou ela [Patrícia Fróes] e falou que o dinheiro que ele estava devendo para ela não iria pagar, ia comprar um revólver e dar um tiro na cabeça dela”, disse.
O corpo foi encontrado pela polícia no corredor do prédio. A mãe do suspeito, Carmem Machado, informou que o filho foi localizado pela polícia e levado para um hospital, porque teria tentado se matar. Ainda segundo ela, o filho não aceitava o fim do relacionamento e permanece internado.
A assessoria de imprensa do Itamaraty informou que o Consulado do Brasil em Boston abriu um processo para realizar o traslado do corpo e tomar outras providências.
Fonte: G1

terça-feira, 27 de setembro de 2011

Muito Estranho : Sessão que aprovou 118 projetos em três minutos , Não vai ser anulada

O presidente da Câmara, Marco Maia (PT-RS), afirmou nesta terça-feira (27) que a sessão da Comissão de Constituição e Justiça (CCJ) que aprovou 118 projetos em três minutos, realizada na última quinta-feira (22), cumpriu o regimento da Casa. Segundo Maia, a sessão não será anulada.
Marco Maia se reuniu com o presidente da CCJ, João Paulo Cunha (PT-SP) para avaliar a legalidade da sessão após ser questionado por parlamentares sobre o assunto.
Durante a reunião da CCJ, estavam apenas o vice-presidente da comissão, deputado César Colnago (PSDB-ES) , e o deputado Luiz Couto, do PT. A sessão foi registrada pelo celular do jornalista Evandro Éboli, do jornal "O Globo".
“Não houve em nenhum momento no procedimento feito pelo deputado Colnago e pela CCJ qualquer tipo de infração em relação ao regimento interno”, disse Maia Maia após reunir-se com o presidente da CCJ, João Paulo Cunha (PT-SP).

“Este é um procedimento que já acontece há muitos anos na CCJ, inclusive com a votação de projetos em bloco, o que é acordado e ajustado todos os anos na primeira ou na segunda sessão deliberativa da CCJ”, disse Maia. Segundo ele, houve o “cumprimento de mera formalidade regimental”.
Fonte: G1

Criança inglesa de 3 anos sofre do transtorno alimentar, come tijolo, pedra e até lâmpada

A inglesa Natalie Hayhurst, de 3 anos, corre risco de envenenamento constantemente: ela é viciada em ingerir tijolo, vidro e pedras, e já comeu até uma lâmpada inteira. A pequena garotinha sofre de um transtorno alimentar chamado de Pica, que faz com que ela coma substâncias não nutritivas, segundo o jornal "The Mirror".
Em fevereiro, Natalie tirou a lâmpada que estava no abajur do quarto e comeu. Ao perceber o que havia acontecido, a mãe, Colleen, correu para o médico com a filha, que foi operada para a retirada dos cacos de vidro.
"Estava na cozinha quando ela entrou e levantou um pequeno pedaço de arame. Sua boca estava sangrando e, imediatamente, soube o que tinha acontecido", conta a mãe. E acrescenta: "Não me atrevo a pensar o que poderia ter acontecido se não estivéssemos com ela. Natalie podia ter morrido".
Desde então, a criança é vigiada o tempo todo pela mãe, o pai e o irmão, Andrew, de 5 anos. Collen afirma que alguns dias são melhores do que outros.
"Ela não tenta mais comer vidro, uma vez que isso a machucou, mas vai tentar comer pedras e paus, o que ela encontrar no jardim. Natalie é capaz de comer um tijolo como se fosse um biscoito de chocolate", afirma a mãe.
Colleen diz temer que a filha coma algo que a mate:
"Minha grande preocupação é que um dia ela coma algo venenoso e não estejamos lá a tempo".
Fonte: Extra-Globo

Brasília-DF - Polícia prende Tarado acusado de violentar menina de 14 anos no Guará II

A Polícia prendeu, na tarde desta segunda-feira (26), um homem acusado de ter estuprado uma menina de 14 anos no Guará em 22 de julho. Os policiais efetuaram a prisão do indivíduo enquanto ele caminhava por uma rua no Cruzeiro.

O serralheiro L.J.S, 37, realizou, no mês de julho, um trabalho na QE 15, no Guará, e, segundo o delegado Anderson Espíndola, da 4ª DP, ficou interessado na filha de 14 anos do dono da residência. Após alguns dias, retornou a casa enquanto os pais da moça estavam fora e, sob a desculpa de precisar terminar um serviço, entrou no local. O homem teria acariciado os seios da menina e tentado forçar uma relação sexual, mas como a garota teria resistido demais, ele teria desistido do ato e saído correndo.

A Polícia explica que a nova legislação define o estupro como qualquer atitude de natureza libidinosa, como um beijo ou uma carícia, em que não haja o consentimento da outra parte,não havendo a obrigatoriedade de ser consumado o ato sexual forçado.

O serralheiro, que mora de favor no P Sul, é também acusado de outros casos de estupro. Ele é suspeito de agredir sexualmente uma menina de 13 anos no Valparaíso, no dia 28 de junho. De acordo com a Polícia, L.J.S teria sido acolhido por um senhor que sentiu pena dele e o trouxe para morar em sua casa. Quando o homem estava fora, ele teria se aproveitado da filha do anfitrião e, mais uma vez,tentado forçar o sexo com a moça. Como houve resistência, ele fugiu do local.

O outro caso em que o suspeito está envolvido é no estupro da própria filha de oito anos. Segundo a Polícia, nesta situação, o ato sexual chegou a acontecer e existe a suspeita de que a filha mais nova do homem também teria sido vítima de abuso.

L.J.S já foi preso em 1999 por crimes sexuais, mas deixou a cadeia em 2001. Segundo o delegado, ele deve responder por estupro e, por sua vítima ter mais de 14 anos e menos de 18, pegar uma pena de oito a 12 anos de reclusão.

Carregador de celular é extraido da cabeça de bebê após cirugia


Um bebê de um ano passou por uma cirurgia depois que cravou um carregador de celular na parte de trás de sua cabeça. O acidente ocorreu após o menino cair da cama. Os médicos removeram o dispositivo após uma cirurgia de quatro horas, segundo o jornal inglês "The Sun".Os médicos tiveram que desmontar o aparelho e deixar apenas as duas pequenas hastes de metal. O menino passou pela operação em um hospital de Quingyuan. O caso surpreendeu o cirurgião Li Guofeng. "É a primeira vez que encontramos um caso assim", disse ele.
Fonte: G1

Suspeito de assalto em padaria em Piracicaba é atropelado logo após o crime

Um suspeito de assaltar uma padaria em Piracicaba, no interior de São Paulo, foi atropelado logo após o crime nesta segunda-feira (26). De acordo com a polícia, ele e outro homem tentaram fugir em uma moto depois do roubo, mas o veículo falhou e não deu partida. Eles, então, tentaram roubar um carro, mas a investida não deu certo e um deles foi atropelado.
Ainda segundo a polícia, os suspeitos atiraram contra um veículo que passava pelo local com a intenção de parar o motorista e usar o carro na fuga. Mas o dono do veículo não parou e atingiu um dos homens, prensando-o contra um muro. O outro assaltante caiu no chão e foi rendido por vizinhos e por um policial à paisana até a chegada da Polícia Militar.

O homem atropelado foi levado para a Unidade de Pronto Atendimento do Piracicamirim. O estado de saúde não foi divulgado na manhã desta terça-feira (27). O caso foi registrado no plantão da Polícia Civil, onde o outro suspeito passou a noite. Ele deve ser encaminhado nesta terça para um presídio da região.
Fonte: G1

Suspeito de morte de juíza ex comandante é exonerado e está preso, diz PM

O tenente-coronel Claudio Luiz Oliveira, suspeito de ser o mandante da morte da juíza Patrícia Acioli, com 21 tiros no dia 11 de agosto, em Niterói, foi exonerado do comando do 22º BPM (Maré) e está preso na carceragem do Batalhão de Choque, no Estácio, na Zona Norte do Rio, desde a madrugada desta terça-feira (27). Antes de ficar à frente do batalhão da Maré, ele comandou o 7º BPM (São Gonçalo). As informações são da assessoria da Polícia Militar.

Em depoimento ao juiz da 3ª Vara Criminal de Niterói, um dos cabos presos por envolvimento na morte da juíza acusa o ex-comandante do 7º BPM (São Gonçalo) de ser o mandante do crime. 
Além do tenente-coronel, mais cinco policiais militares também tiveram a prisão decretada no fim da noite de segunda-feira (26). Os cinco PMs faziam parte do Grupo de Ações Táticas do Batalhão de São Gonçalo e são suspeitos de forjar um auto de resistência, morte em confronto, para esconder o assassinato de Diego Bellini de 18 anos, durante uma operação policial.
Três policiais militares suspeitos de matar a juíza Patrícia Acioli estão presos e foram transferidos da Unidade Prisional da PM em Benfica, na Zona Norte, para unidades diferentes, a pedido do Ministério Público, no dia 19 de setembro. A transferência é para evitar que eles combinem, antes dos depoimentos, a mesma versão sobre o caso.

segunda-feira, 26 de setembro de 2011

Tiros em embaixada americana de Cabul deixa 2 mortos

Cabul - Um americano e um afegão morreram e outro americano ficou ferido no domingo (25/9) à noite em um tiroteio em um anexo da CIA na embaixada dos Estados Unidos em Cabul.

"Aconteceu um tiroteio em um anexo da embaixada dos Estados Unidos em Cabul que envolveu um funcionário afegão, que morreu", afirmou o porta-voz da embaixada, Gavin Sundwall.

"Um cidadão americano morreu e outro ficou ferido", completou.

O porta-voz não explicou se foi um incidente isolado ou um ataque rebelde contra a embaixada, que há 10 dias já havia sido alvo de um ataque dos talibãs.

O incidente aconteceu no complexo do hotel Ariana, anexo da embaixada americana em Cabul, utilizado pela CIA, informou uma fonte do governo afegão que pediu anonimato.

A violência aumentou nos últimos meses na capital afegã. Há alguns dias, seis talibãs executaram uma série de ataques contra o quartel-general da Otan e a embaixada americana, provocando um confronto com as forças de segurança que terminaram com 15 mortos.
Fonte: Correioweb

Cadela da raça yorkshire morre após ser agredida em pet shop de Curitiba


Uma cadela da raça yorkshire morreu dentro de um pet shop, em Curitiba, após ser agredida por um funcionário. De acordo com o laudo veterinário, a cadela, chamada Mia, teve parada respiratória, parada cardíaca, edema e sangramento na região do crânio. Os donos do animal registraram um Boletim de Ocorrência (BO) na Delegacia de Proteção ao Meio Ambiente."Ele [o funcionário] disse que se sentiu ameaçado porque a cachorrinha iria tentar mordê-lo", contou o técnico em eletrônica Bruno Mazeiro, de 22 anos, que era o dono da cadela há seis anos. Segundo ele, Mia tinha menos de 30 centímetros e pesava 1,5 kg. O funcionário bateu na cabeça da cadela com uma rascadeira, instrumento utilizado para pentear pêlo de animais. "Acidentes acontecem, mas como foi de uma maneira cruel, a gente ficou chateado", lamentou.O diretor-geral do pet shop, Luciano Mafra, afirmou que demitiu o funcionário logo após o ocorrido. “É um fato que não tem como deixar passar. É inadmissível”, disse ao G1. No entanto, o diretor não permitiu que Bruno visse as imagens do circuito de segurança do estabelecimento. "A gente quer saber a verdade, como aconteceu", afirmou Mazieiro. "Eles são responsáveis por quem contratam", acrescentou.
Mafra afirmou que pretendia “não polemizar”. Ele disse que se trata de algo desagradável, e que o estabelecimento compreende o sofrimento do dono do animal. “Só tem que pedir desculpa mil vezes”, disse. Segundo o diretor, o funcionário trabalhava há mais de um ano no local.
Compensação
"Eles devolveram o corpinho dela em um envelope", contou Bruno. Na tentativa de compensar o cliente pela perda, o pet shop deu outro cachorro da mesma raça para Bruno e a noiva, além do enxoval, as vacinas e alimentação. Para receber o animal, Bruno precisou assinar um contrato de adoção e um termo que dizia que, a partir daquele momento, o pet shop não tinha mais pendências. Bruno afirmou que a direção do pet shop não negou nada a ele.
“Até onde entendemos, fizemos o que podíamos na tentativa de sanar problema”, afirmou Mafra.
Investigação
De acordo com a Delegacia de Proteção ao Meio Ambiente, o funcionário deve responder criminalmente por maus-tratos, já que há testemunhas do fato. “Quando você deixa um animal no pet shop, supõe que vão cuidar bem”, disse o policial que conversou com a reportagem. Mais detalhes sobre as investigações não foram revelados, mas o pet shop poderá responder em uma possível ação cível. O ex-funcionário do pet shop não foi localizado pelo G1 para comentar o ocorrido.
Fonte: G1

Bola de fogo provoca explosão na Argentina



Uma mulher morreu e outras nove pessoas ficaram feridas nesta segunda-feira (26) em uma explosão misteriosa que destruiu duas casas e um refeitório infantil, a cerca de 30 quilômetros a sudoeste de Buenos Aires, capital da Argentina, segundo as autoridades. A vítima seria Silvia Espinoza, uma peruana de 43 anos. Ela estava no local visitando parentes. Pelo menos quatro carros foram destruídos. As casas ficaram em escombros, como num cenário de guerra. A explosão destruiu muitos vidros nas casas próximas, na localidade de Esteban Echeverría.
Testemunhas afirmaram que uma "bola de fogo" caída do céu atingiu o local. "Os vizinhos falam de um objeto caído do céu. Mas não é sério especular", disse à TV Guillermo Pérez, comandante dos bombeiros. O prefeito da localidade, Fernando Gray, disse que a explosão causou comoção, mas que os peritos ainda estão determinando suas causas. Mariano Ribas, coordenador de Astronomia do Planetário de Buenos Aires, disse que a queda de um meteorito ou de lixo espacial é uma hipótese, mas que o caso ainda é um mistério.

Ribeirão Preto - Perfume em forma de granada fez com que quatro ruas fossem fechadas

Um frasco de perfume em forma de granada fez com que quatro ruas e uma das principais avenidas de Ribeirão Preto (313 km de São Paulo) fossem fechadas na manhã desta segunda-feira. De acordo com a Polícia Militar, uma ligação anônima informou que uma granada estava no canteiro central da avenida.
O alarme falso mobilizou dezenas de policiais e a interdição do quadrilátero entre a avenida Francisco Junqueira e a rua José Bonifácio. A interdição durou cinco minutos, mas foi o suficiente para causar congestionamento na área.
Fonte: Folha

sexta-feira, 23 de setembro de 2011

PM de Mato Grosso espanca universitário até a morte

Um estudante africano que cursava economia na Universidade Federal de Mato Grosso (UFMT) morreu após ser espancado na noite desta quinta-feira (22) em uma pizzaria localizada no bairro Boa Esperança, em Cuiabá. Segundo a Polícia Civil, dois policiais militares, ambos de 24 anos, e mais um empresário que é filho de um delegado aposentado, de 27 anos, são suspeitos de espancar o universitário até a morte.
Ao G1, a Polícia Civil informou que a vítima identificada como Toni Bernardo da Silva chegou ao estabelecimento por volta das 23h desta quinta-feira. No local, ele começou a pedir dinheiro aos frequentadores da pizzaria. Em uma das mesas, o universitário esbarrou em uma mulher. O namorado dela, o empresário de 27 anos, e os dois PMs que estavam à paisana no local, retiraram à força o universitário do estabelecimento e começaram a agredi-lo com socos e pontapés.
Uma moradora que reside ao lado do estabelecimento tentou apartar a briga, mas não conseguiu. Não houve tempo para ninguém prestar socorro à vítima, que acabou morrendo no local.
Os suspeitos foram autuados em flagrante e vão responder na Justiça pelo crime de homicídio. Na manhã desta sexta-feira (23) eles prestaram depoimento na Delegacia de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP) na presença do representante da Corregedoria da Polícia Militar. Em depoimento, eles disseram que apenas imobilizaram o rapaz.
O corpo da vítima está no Instituto Médico Legal (IML) e passa por exames periciais. Segundo o órgão, o laudo inicial do corpo do estudante aponta que ele foi morto por asfixia devido a uma lesão na traqueia. O corpo do estudante ainda será submetido a exames toxicológicos e de alcoolemia, já que há a suspeita de que ele estaria embriagado.
A Assessoria de Relações Internacionais da UFMT ainda vai se manifestar sobre o ocorrido. O estudante é natural de Guiné-Bissau, país localizado na costa ocidental da África, mas residia em Cuiabá há sete anos. Ele e mais um grupo de guinenses estavam fazendo intercâmbio em Cuiabá para estudar na UFMT. A Polícia Militar informou que vai investigar administrativamente a conduta dos dois policiais militares suspeitos de envolvimento no assassinato.

Satélite UARS da NASA deverá cair hoje

O satélite UARS da NASA deverá cair hoje na Terra. A zona de impacto é difícil de prever, segundo a agência espacial norte-americana, que descarta no entanto uma queda na América do Norte. A NASA diz que a probabilidade de uma pessoa ser atingida por um fragmento do satélite é ínfima, da ordem dos 0,03 por cento.

Brasília-DF - MPDF realiza ação em conjunto com a PCDF para investigar crimes de corrupção e concussão na Agefis


De acordo com o procurador da Agefis, Jairo Lopes, a denúncia é de prática de supostas irregularidades de alguns servidores. "A investigação não envolve apenas servidores da Agefis, mas também de outros órgãos", disse.
Lopes informou que a corregedoria da Agefis recebeu denúncias de atos irregulares e se colocou a disposição para colaborar com a investigação da polícia. "A agência assegura que se houver comprovadamente a participação de servidores, eles serão sumariamente punidos", afirmou.
O presidente do Sindicato dos Servidores Fiscais (Sindafis), Marcos César Machado, informou que está apurando a possível prisão de um diretor do sindicato.
Confira a nota do Ministério Público do Distrito Federal:
A Polícia Civil do Distrito Federal, a pedido do Núcleo de Combate às Organizações do Ministério Público, cumpre na manhã desta sexta-feira (23) 13 mandados de prisão provisória e 22 de mandados de busca e apreensão expedidos pela 1ª Vara Criminal de Taguatinga- DF, segundo informações do Ministério Público.
Os agentes da polícia estão recolhendo computadores e documentos nas sedes do órgão em Ceilândia, Setor Bancário Norte e Setor Hoteleiro Norte.
De acordo com informações do MPDF, a operação é para investigar o envolvimento de organização criminosa composta por fiscais da Agefis, empresários, corretores de imóveis e grileiros. Dentre os delitos investigados estão os crimes de corrupção, concussão (extorsão praticada por servidor público) e tráfico de influência.

O Ministério Público informou por nota, divulgada nesta manhã, que grupo criminoso atuava prioritariamente na região de Águas Claras, Taguatinga e Ceilândia.

Ministério Público e Polícia Civil fazem operação conjunta na Agência de Fiscalização do Distrito Federal

O MPDFT, por meio do Núcleo de Combate às Organizações - NCOC, em conjunto com a PCDF, por meio de sua Divisão de Combate ao Crime Organizado - DECO, realizaram na manhã de hoje o cumprimento de 13 (treze) mandados de prisão temporária e 22 (vinte e dois) mandados de busca e apreensão expedidos pela 1ª Vara Criminal de Taguatinga- DF.

Trata-se de investigação envolvendo organização criminosa composta por Fiscais da AGEFIS - Agência de Fiscalização do DF, empresários, corretores de imóveis e grileiros. Dentre os delitos investigados estão os crimes de Corrupção, Concussão (extorsão praticada por servidor público) e tráfico de influência. O grupo criminoso atuava prioritariamente na região de Águas Claras, Taguatinga e Ceilândia.
Fonte: G1

 

Aluno que atirou em professor na ABC fez desenho com armas. Diz policia

O aluno que atirou em uma professora dentro da sala de aula e depois se matou em São Caetano do Sul, no ABC, na tarde desta quinta-feira (22), fez um desenho no qual se retratou com duas armas e com um professor. O desenho foi encontrado junto com o material escolar dentro da mochila do estudante David Mota Nogueira, de 10 anos, que foi apreendida pela polícia, de acordo com a delegada titular do 3º DP de São Caetano, Lucy Mastellini Fernandes. No desenho, ele escreveu: "Eu com 16 anos" e "Professor", indicando cada uma das figuras desenhadas. A delegada não quis mostrar o papel.Além da mochila, a polícia apreendeu também o revólver calibre 38, que pertence ao pai de David, o guarda-civil metropolitano Milton Evangelista Nogueira. De acordo com a delegada, o pai do menino foi ouvido informalmente por cerca de 30 minutos. Segundo Lucy, ele se encontra bastante abalado com o ocorrido.
O guarda-civil contou à polícia que levou o filho à escola e que chegou a carregar a mochila dele. Ao retornar para casa, deu por falta da arma, que costumava deixar escondida sobre o armário do quarto. Em seguida, ele relatou que ligou para a mulher, mas, diante da negativa dela sobre o paradeiro da arma, decidiu voltar para a escola, segundo a delegada. "Ele disse que pressionou os dois filhos, o mais novo de 10 e o adolescente de 14 anos, mas eles negaram todo o tempo saber da arma. Ele então disse que voltou para casa para fazer uma busca mais minuciosa", disse Lucy.

De acordo com a delegada, o guarda-civil lamentou profundamente não ter olhado na mochila do filho e se disse arrasado com a tragédia. No boletim de ocorrência, o crime foi registrado como ato infracional, mas, segundo a delegada, o correto é ato antissocial. "É o ato cometido por menor de 12 anos", disse. Em relação ao guarda-civil, ele deverá ser enquadrado com base no Estatuto do Desarmamento, por não ter guardado a arma de forma adequada.
O caso
O estudante da Escola Municipal Alcina Dantas Feijão atirou na professora por volta das 16h, e depois disparou contra a própria cabeça. Ele havia acabado de sair do intervalo, quando pediu para ir ao banheiro. Na volta, chegou atirando. De acordo com a Prefeitura, os dois foram socorridos com vida, mas o estudante morreu.

A professora, identificada como Rosileide Queiros de Oliveira, de 38 anos, deixou a escola consciente. No momento em que o menino do 4º ano usou a arma, havia 25 estudantes na classe.
O secretário da Segurança de São Caetano do Sul disse que quando um guarda-civil sai com a arma para trabalhar ele a devolve no final do expediente. "[O pai do garoto] é um homem de bom conceito dentro da Guarda Civil, com mais de 14 anos dentro da corporação", disse Rodrigues, acrescentando que esta "é uma situação muito difícil de descrever".
De acordo com Rodrigues, todos os guardas-civis da cidade foram alertados para que ficassem atentos à possibilidade de armas em escolas desde que um estudante matou 12 alunos em Realengo, no Rio de Janeiro, em abril. "A segurança da escola já é feita, esse tipo de situação não tem como prever", afirmou o secretário.

As aulas na escola foram suspensas nesta quinta e na sexta-feira (23). A Prefeitura afirmou que o menino era considerado um aluno calmo e sem histórico de violência. O motivo para o crime ainda é desconhecido.
O delegado-titular da Delegacia-Sede de São Caetano do Sul, Francisco José, disse que o pai do garoto pode ser responsabilizado criminalmente pelo ocorrido. "Vamos investigar se ele agiu com imprudência ou negligência na guarda desta arma", afirmou.

O delegado informou que irá procurar famílias de outros alunos da escola e que duas testemunhas adultas serão ouvidas já nesta sexta-feira (23).

quinta-feira, 22 de setembro de 2011

Vale tudo entre crianças de 8 anos causa comoção no Reino Unido

Uma luta entre duas crianças de 8 anos no norte da Inglaterra causou comoção nesta quinta-feira no Reino Unido, onde foi condenada por políticos, organizações de defesa da infância e equipes médicas.       O combate, cujo vídeo no YouTube ganhou grande repercussão na quarta-feira (21), embora já tivesse sido divulgado há duas semanas, aconteceu em 10 de setembro em um clube da cidade de Preston, na presença de 250 espectadores adultos.       As crianças, que não usavam capacete nem nenhuma qualquer tipo de proteção, lutavam em um ringue parecido com um octógono de vale-tudo.       Embora a polícia tenha investigado o caso e confirmado que não ocorreu nada ilegal nem perigoso para os menores, o ministro de Esportes e Cultura do Reino Unido, Jeremy Hunt, classificou o evento como uma "barbárie".       "É bom atrair jovens para os esportes", principalmente "depois dos problemas do verão (em referência aos distúrbios em várias cidades inglesas), mas me pergunto se deve ser feito dentro de um ringue", declarou Hunt à emissora "BBC".       Já a organização de proteção da infância NSPCC pediu aos pais que "não permitam que seus filhos participem deste tipo de luta", já que as crianças "ainda estão se desenvolvendo física e mentalmente".       "Os organizadores destes eventos deveriam pensar antes de permitir que crianças pratiquem atividades que as estimulem a serem violentas", afirmou um dos diretores, Chris Cloke.       Uma porta-voz da associação de médicos britânicos afirmou que os defensores da ideia de que crianças podem praticar boxe e vale-tudo alegam que elas "aprendem a controlar sua agressividade por meio da disciplina e do controle".       No entanto, segundo o especialista, "há muitos outros esportes, como atletismo, natação, judô e futebol, que exigem disciplina, mas não apresentam o mesmo risco de lesão cerebral".       O pai de um dos meninos que participaram do polêmico combate, Nick Hartley, afirmou à "BBC" que seu filho não correu perigo algum.       A proprietária do clube de Preston, Michelle Anderson, especificou que as crianças não estavam praticando "vale-tudo", e disse que o combate "foi perfeitamente legal", já que era um evento "de demonstração".
Fonte: Clica Brasília

Falha no motor provocou a queda do avião da empresa Noar

Uma falha no motor esquerdo foi uma das causas que levaram a queda da aeronave LED-410 da NoAr, em 13 de julho deste ano, no bairro de Boa Viagem, zona sul do Recife, matando 16 pessoas, entre eles 14 passageiros e dois tripulantes.
A informação foi dada hoje pelo Cenipa (Centro de Investigação e Prevenção de Acidentes Aeronáuticos) depois de uma conversa com parentes e amigos das vítimas.
O chefe do Cenipa, brigadeiro Carlos Alberto da Conceição, fez questão de dizer que a investigação do Cenipa não visa apontar culpados ou responsáveis, mas a prevenção de acidentes.
Segundo a Cenipa, uma das peças do motor, a haleta, estava em processo de fadiga e se rompeu levando à falha no motor esquerdo. Ela tem dois centímetros e fica dentro do motor, onde existem pelo menos outras 50 haletas.
A investigação não é conclusiva e ainda está em andamento, sem prazo para terminar. Segundo o brigadeiro, a manutenção do motor é de responsabilidade do fabricante, a GE. O inquérito da Polícia Federal, que corre em segredo de Justiça, é que vai apontar a responsabilidade pelo acidente.
Antes de falar com a imprensa, o brigadeiro falou com familiares e amigos das vítimas, que se mostraram satisfeitos com o andamento das investigações e hoje estão formalizando a criação da Associação dos Parentes e Amigos das vítimas desse voo. 
Fonte: Clica Brasília

Brasília - Homem é morto após suspeita de prática de sexo com uma cadelinha

Um morador de rua foi morto na última terça-feira (20/9) e encontrado próximo à administração regional do Guará, localizada na região do Guará II. José Maria de Araújo, 58 anos, foi esfaqueado por outro morador de rua, José Fernandes da Silva, 44, após supostamente ter praticato ato de zoofilia com a cachorrinha do colega. A Polícia Civil do Distrito Federal (PCDF) registrou o homicídio na 4ª delegacia (DP), responsável pela região, e informou que a vítima morreu no local.

O delegado Marco Antônio de Souza Silva, plantonista da 4ª DP, informou que a cadela foi encaminhada para um abrigo, que cuida de cães de rua, localizado na Asa Norte. "Um veterinário deve examinar o animal e saber se ele foi realmente violentado sexualmente pela vítima", diz Marco Antônio.

A Polícia Civil chegou ao local após receber denúncias de que havia um corpo próximo à administração. "Durante a conversa, Fernandes confessou que matou o outro morador de rua por vingança", conta o delegado.

José Fernandes da Silva foi preso e encaminhado ao Departamento de Polícia Especializada (DPE). Segundo o delegado Marco Antônio, o homem deve pegar de 12 a 30 anos de prisão, por homicídio qualificado (sem chance de defesa da vítima) e ficará à disposição da Justiça para responder pelo crime. De acordo com o delegado, o fato de José Fernandes ter confessado o assassinato pode fazer com que a pena seja reduzida", afirma.
Fonte: Correioweb

Furtou uma sanfona de um artista cego e foi presa

Um artista cego de 49 anos teve a sanfona furtada em um ponto próximo à rodoviária de Sapucaia do Sul, na região central da cidade gaúcha.
O crime que chamou a atenção da Brigada Militar do município ocorreu na tarde de segunda-feira (19), por volta das 17h.
O homem se deu conta de que a sanfona havia desaparecido e pediu ajuda ao dono da rodoviária, que acionou os policiais.
O pelotão de motociclistas do 33º Batalhão da Polícia Militar foi até o local e encontrou a sanfona com uma mulher de 47 anos, conhecida como Bela.
À polícia, ela disse que estava desempregada e iria trocar a sanfona por dinheiro, mas que estava arrependida.
O registro foi feito no 2º Distrito Policial de Sapucaia do Sul, onde um dos soldados que atendeu a ocorrência, Ivan Michel Souza Azevedo, segundo nota à imprensa do 33º BPM, “aproveitou para praticar suas habilidades como músico”.
Segundo o 1º sargento do batalhão Geverson Ferrari, o soldado está de férias, mas autorizou a publicação da foto.
Fonte: G1

quarta-feira, 21 de setembro de 2011

Garota violentada em presídio paraense identifica abusadores

A adolescente de 14 anos que denunciou ter sido violentada em um presídio no Pará reconheceu quatro estupradores em depoimento à Delegacia de Atendimento ao Adolescente (Data), ontem, em Belém. Ela diz não saber quantos agressores eram, mas acredita que foram pelo menos 10. A Polícia Civil escutou um deles e tomará depoimento dos outros reconhecidos ainda hoje. Ela quer interrogar ainda os agentes penitenciários da Colônia Agrícola Heleno Fragoso, em Santa Isabel (PA), onde o crime teria sido praticado.

“O reconhecimento foi feito com base nos relatos da jovem e na identificação por retratos” detalha o delegado Fabiano Amazonas. Segundo ele, a adolescente também será submetida nesta semana a um exame toxicológico para confirmar se foi obrigada a usar drogas, além de fazer o retrato falado dos demais envolvidos. A garota fez exames de lesão corporal e conjunção carnal, que, segundo o delegado, devem ficar prontos até o fim desta semana.

A menina também prestou depoimento ontem na CPI do Tráfico de Pessoas na Câmara Legislativa do Pará. Ela reafirmou que foi levada para a colônia agrícola, uma unidade penal de regime semiaberto, por uma mulher que se identificou como Anne. Lá, foi violentada e espancada durante quatro dias. A jovem relatou que foi obrigada a usar drogas e a consumir bebidas alcoólicas. Ela conseguiu fugir na madrugada do último sábado.

O conselheiro tutelar que acompanha o caso, Benilson Silva, denunciou também à CPI que passou a receber ameaças de morte. “Recebi três ligações na tarde de segunda-feira de um número desconhecido. A pessoa dizia conhecer minha família, minha rotina e que era para eu parar com as denúncias”, conta. Benilson se diz assustado porque não sabe de onde partem as intimidações. “Pode ser tanto dos presidiários, que vão perder as regalias na penitenciária, como de um dos 20 demitidos”, desconfia. Após a divulgação do caso, o diretor do presídio, Andrés de Albuquerque Nunes, e 20 funcionários foram exonerados.

Mais um
O governo do estado do Pará demitiu ontem o major Francisco Mota Bernardes, superintendente do Sistema Penitenciário do Estado do Pará (Susipe), que passará a ser comandado pelo major Mauro Barbas. “O major Bernardes prestou um grande serviço para o Estado, inclusive retirando todos os presos das delegacias da capital, mas infelizmente não foi ágil em tomar providências quando tomou conhecimento das irregularidades”, afirmou, em nota, o secretário de Segurança Pública, Luiz Fernandes Rocha.

O procurador do Ministério Público Federal no Pará, Alan Rogério Mansur, critica as demissões. “É uma medida política, uma estratégia que cada governante entende de uma forma. O problema lá é sistêmico. Só mudar a direção não vai resolver. É preciso mudar a forma como esses presídios são gerenciados”, defende. Na opinião do procurador, é necessário que se faça cumprir a lei existente. “Os agentes penitenciários precisam protocolar as denúncias e os envolvidos devem regredir da pena semiaberta para o regime fechado”, sustenta.
A senadora Marinor Brito (PSol-BA) também criticou as demissões. “Não é a primeira vez que crimes como esse ocorrem. Simplesmente exonerar e afastar os funcionários e as autoridades responsáveis não é o bastante. Há suspeitas da participação de uma rede de exploração sexual. Temos que dar um freio nisso”, criticou a integrante da Comissão de Direitos Humanos e Legislação Participativa do Senado Federal, que anunciou ontem que acompanhará as investigações do caso.

MP pede proteção a funcionários do Incra
O Ministério Público Federal (MPF) requisitou à Polícia Federal que dê proteção aos servidores do Instituto Nacional de Colonização e Reforma Agrária (Incra) que estão trabalhando em Anapu, onde a missionária Dorothy Stang foi assassinada em 2005. Os servidores relatam ameaças e hostilidades na cidade depois que começaram a fazer a revisão ocupacional em lotes de reforma agrária, solicitada pelo próprio MPF. O prefeito de Anapu, Francisco de Assis dos Santos Sousa, chegou a enviar um ofício recentemente ao presidente do Incra apontando a situação de insegurança. “A revolta que está sendo criada por esses servidores coloca em risco sua própria integridade física e nós, que somos autoridade desde município, não podemos nos responsabilizar por sua segurança”, destacou, no comunicado.
Fonte: Correio Braziliense

Garoto tem chifres implantados na testa para tirar uma mancha

Médicos ingleses usaram dois implantes na testa de um garoto de 4 anos na Inglaterra para que fosse possível retirar uma mancha no rosto do menino. Os suportes usados deram um aspecto diferente ao pequeno George Ashman, como se ele estivesse com "chifres" na cabeça.
Hoje com 5 anos de idade, o britânico da cidade de Radstock nasceu com uma marca vermelha no meio da testa. A mãe Karen, de 33 anos, teve medo que o filho fosse passar a vida inteira sofrendo gozações. A opção foi fazer o garoto enfrentar uma cirurgia aos 4 anos de idade, no final de 2010.
Para tratar o problemas, os médicos do Great Ormond Street Hospital inseriram dois expansores debaixo da pele de George. A ideia foi esticar a pele do menino para que o excesso pudesse cobrir a área que a mancha ocupava antes de ser retirada por cirurgia. O material foi inflado com fluidos naturais, gerando o formato de chifres na testa do menino.
A mãe ficou apreensiva quando viu os implantes pela primeira vez. Mas depois de 4 meses, os implantes foram removidos e a pele já havia se esticado o suficiente para poder cobrir a mancha na face do garoto. Após a marca ser extraída, a pele foi costurada com sucesso. Atualmente, George possui apenas um pequeno sinal da costura após a operação.
Conhecida como hemangioma, a mancha nada mais é do que um caroço benigno causado pelo crescimento anormal de tecidos de vasos sanguíneos.
Mas mesmo convivendo com os "chifres" durante apenas 4 meses, George sofreu com os comentários das pessoas que o viam na rua. Segundo Karen, crianças na porta de escolas apontavam e riam do garoto. O sofrimento durou até abril de 2011, quando a retirada da mancha e dos implantes aconteceu.
Fonte: G1

Brasília-DF - Menina atropelada em frente à escola em Samambaia está em estado grave

A menina de nove anos, atropelada na manhã desta terça-feira (20/9) na porta da escola em Samambaia Norte, está em estado grave. A informação, da equipe da Polícia Militar no Hospital de Base, foi confirmada pela avó da criança Francisca Rita de Oliveira, 50 anos. Segundo ela, a criança passa por uma cirurgia.

A primeira informação, durante a manhã, era de que a criança havia sofrido fratura no fêmur, escoriações pelo corpo e passava bem. Entretanto, os militares confirmaram, além da fratura, um traumatismo crânio-encefálico. Muito abalada, a avó pouco falou. "Peço a Deus para cuidar dela", disse.

De acordo com o delegado Mauro Aguiar, chefe da 26ª Delegacia de Polícia (Samambaia Norte), o carro, um monza preto de ano 92, estava com os pneus carecas. Ele será analisado pela perícia do Instituto de Criminalística. "Como não houve desvio no momento do acidente, há a possibilidade de a barra de direção ter quebrado", analisou.

O motorista foi autuado por lesão corporal culposa e foi multado em R$ 85,13, e levou 4 pontos na Carteira Nacional de Habilitação (CNH), por conduzir animal solto dentro do veículo, de acordo com o artigo 252, do Código de Trânsito Brasileiro. Ele assinou um Termo Circunstanciado e foi liberado.

Acidente

A menina foi atropelada por volta das 7h30 em frente à Escola Classe da região, na QR 831. Segundo relato de moradores, o motorista do veículo levava o filho para a mesma escola, quando o cachorro da família, que estava no banco de trás, pulou sobre o painel. Ele teria perdido o controle da direção e atropelado a garota. O carro só parou ao chocar-se com o muro da escola. A avó estava com a menina no momento do acidente, mas não foi atingida.
Fonte: Correioweb

Professora é agredida porque pediu para o aluno desligar o celular

Uma professora foi parar no hospital em Mogi das Cruzes, na Grande São Paulo, após ser chutada por um aluno da 7ª série do ensino fundamental da Escola Estadual Euryclides de Jesus Zerbini nesta segunda-feira (19). Ela havia pedido para o estudante desligar o celular. Após a agressão, a professora caiu e bateu a cabeça.
O celular do aluno já havia tocado quatro vezes quando a professora de 54 anos pediu que ele desligasse o aparelho. Como resposta, o adolescente de 14 anos a chutou. Na queda, ela teve lesões na cabeça e ferimentos em um dos joelhos. Ela foi levada para um hospital, onde foi medicada e liberada.
O caso foi registrado pela polícia como ato infracional, por envolver um adolescente. O Ministério Público vai pedir que o jovem compareça com um responsável em juízo para ser ouvido. A professora também prestará depoimento.
Apenas depois disso será decidido se o jovem irá cumprir uma medida socioeducativa ou será encaminhado para a Fundação Casa. A Secretaria de Estado da Educação disse que a escola prestou todo o atendimento necessário à professora. O aluno foi suspenso por três dias e receberá acompanhamento pedagógico.
Fonte: G1

terça-feira, 20 de setembro de 2011

Sucata de avião pega fogo no Aeroporto Internacional de Guarulhos

Um avião que se encontra em uma área restrita do Aeroporto Internacional de Guarulhos, na Grande São Paulo, pegou fogo por volta das 15h30 desta terça-feira (20), de acordo com informações da assessoria de imprensa da Infraero. A aeronave, em disputa judicial, não estava sendo utilizada por qualquer companhia aérea.

A área onde se encontra o avião da Fly está localizada próxima ao sistema de pistas do aeroporto, mas não houve qualquer interferência nas operações de pouso e decolagem. Outros cinco aparelhos (um da Fly e quatro da Vasp) estão no local. A Infraero não soube informar o que provocou o incêndio no avião. Não havia informações sobre vítimas. As próprias equipes dos bombeiros do aeroporto foram acionadas para combater as chamas.
Fonte: G1

Contratado para matar forjou crime com ketchup

A polícia de Pindobaçu, município a 400 km de Salvador, foi surpreendida com uma história inusitada a partir de uma queixa de roubo. Uma mulher teria procurado a delegacia da cidade alegando que R$ 1 mil teriam sido tomados por assalto por um homem. Ao encontrar o suspeito, a polícia descobriu que o homem tinha sido contratado pela mulher para assassinar uma pessoa.
No entanto, em acordo firmado com aquela que seria sua vítima, o homem optou por não cometer o crime e decidiu encenar a morte usando molho de ketchup e uma faca. Em seguida, ele tirou uma fotografia da 'morta', entregou à mandante como prova da ação e recebeu o pagamento. A trama foi descoberta quando a mulher que deveria estar morta foi avistada pela mandante, na feira da cidade, aos beijos com aquele que seria o seu assassino, alguns dias após a entrega da foto.
O caso aconteceu no dia 24 de junho, mas foi divulgado esta semana pela polícia de Pindobaçu, cidade com pouco mais de 20 mil habitantes. Segundo o delegado Marconi Almino de Lima, o homem alegou que teria aceito o serviço porque estava sem emprego e precisava de dinheiro. No entanto, ao perceber que a vítima era sua “conhecida”, resolveu bolar o plano.
Para dar mais realidade à fotografia apresentada como prova do crime, o homem levou a vítima para um matagal, amarrou seus braços e pernas e a amordaçou, além de inserir uma faca entre o braço e o peito da mulher, simulando um esfaqueamento. O ketchup serviu para forjar o sangue. Marconi Almino de Lima explicou que ninguém está preso, mas os três envolvidos respondem a processos na Justiça. "A mandante está respondendo por ter encomendado o crime, já o homem responde pelo crime de extorsão e a mulher que seria a vítima responde por co-participação na trama", explicou o delegado.
Repercussão na cidade
O fato repercutiu na cidade de Pindobaçu. Funcionários de órgãos públicos e de estabelecimentos comerciais contaram ao G1 que na cidade a história foi interpretada com humor, devido ao plano "bem montado" pelo homem e por sua 'vítima', como contou uma moradora da cidade. "Até hoje ainda se comenta pela rua", revelou uma funcionária da prefeitura.
Fonte: G1

Canadense tem câmera implantada no lugar do olho

Um documentarista canadense que perdeu o olho direito em um acidente implantou uma câmera no seu lugar. Rob Spence sofreu um acidente com uma espingarda do avô, quando tinha nove anos de idade. Ao longo dos anos, seu olho foi se deteriorando, e há seis anos ele finalmente o retirou. Com a ajuda do amigo e engenheiro Kosta- Grammatis, ele desenvolveu uma câmera que é instalada no lugar. A câmera transmite as imagens para um monitor portátil. Spence conta que se inspirou em personagens da ficção científica - como em Jornada nas Estrelas e no Homem de Seis Milhões de Dólares. Ele se autodenomina 'Eyeborg' - um ciborgue com olho eletrônico.
Fonte: G1

Caixa eletrônico do Bradesco é atacado com explosivos no bairro de Guarulhos

Bandidos explodiram, na madrugada desta terça-feira, um caixa eletrônico no bairro de Picanço, em Guarulhos, na Grande São Paulo. A Polícia Militar (PM) conseguiu localizar um suspeito em um veículo, modelo Golf, e iniciou perseguição. O suspeito deixou o veículo e fugiu a pé, entrando em uma casa da região, ainda não identificada.
Segundo a polícia, testemunhas disseram que, por volta das 3h, pelo menos três pessoas foram vistas fugindo após explodirem um caixa. Os criminosos, ainda segundo as testemunhas, deixaram o local em um Golf e um Celta prata. O primeiro veículo foi apreendido e no interior do carro foi encontrada uma grande quantidade de dinamite. O caso foi registrado no 2º DP de Garulhos e, até o momento, ninguém foi preso. A polícia ainda não sabe se alguma quantia em dinheiro foi levada.
Fonte: Último Segundo

segunda-feira, 19 de setembro de 2011

Jovem que diz ter encontrado bebê é a mãe da criança

A mulher que encontrou um bebê recém-nascido dentro de uma bolsa na quinta-feira, em Santa Maria, no Distrito Federal, perto de um hospital da cidade, é a verdadeira mãe da criança. Segundo o delegado-chefe adjunto da 33ª DP de Santa Maria, Murilo José, a jovem, de 18 anos, compareceu espontaneamente à delegacia no último sábado, 17, após já ter sido ouvida pela polícia sobre a localização do bebê.
A moça narrou que havia sido vítima de um estupro, em março deste ano, em um local considerado muito perigoso em Santa Maria, quando saía da escola, por volta das 23 horas. Envergonhada, e por ser casada e ter três filhos, ela não contou nada sobre o estupro, segundo depoimento da jovem.
Durante o depoimento, a jovem disse ter tomado comprimidos abortivos. No último dia, 15, quando tomava banho, a jovem sentiu cólicas e foi quando o bebê nasceu. Ela achou que o bebê estava morto, mas quando viu a criança gemendo resolveu levar ao hospital.
A polícia já instaurou um inquérito que vai investigar todas as informações passadas pela jovem, principalmente o crime de estupro, pois segundo o delegado, ela pode mesmo ter sido vítima.
A criança foi encaminhada em estado grave para a UTI neonatal da unidade. A menina, com aproximadamente 28 semanas de vida, ainda estava com o cordão umbilical. O bebê está internado e seu quadro é considerado estável.
Fonte: Alô Brasília

Adolescente de 14 anos foi abusada durante quatro dias, no Pará

Uma adolescente de 14 foi abusada sexualmente durante quatro dias dentro da Colônia Agrícola Heleno Fragoso, em Santa Izabel, cidade distante 50 quilômetros de Belém. Após as denúncias, o governo do Estado exonerou o diretor da Colônia Agrícola Heleno Fragoso em Santa Izabel, no Pará, André de Albuquerque Nunes e mais 20 agentes penitenciários que estavam trabalhando durante esse período.
Segundo informações do Conselho Tutelar da cidade, a adolescente foi aliciada, na segunda-feira (12), por uma mulher na praia de Outeiro, em Belém e levada para dentro da unidade prisional. Na Colônia Agrícola ela foi drogada e espancada e teve relações sexuais com vários detentos. Todas sem uso de preservativo. Ainda segundo o órgão, outras duas adolescentes: uma de 13 anos e outra de 17 anos também foram abusadas dentro do presídio. Ao conselho, a jovem disse que “perdeu as contas” de quantos homens a abusaram.
A adolescente ficou no presídio até a madrugada de sábado quando conseguiu ser resgatada pelos conselheiros tutelares. Nesta segunda, ela passará por exames de conjunção carnal e lesão corporal. Também existe a suspeita da adolescente ter contraído doenças sexualmente transmissíveis após os abusos.
O caso está sendo investigado pela Divisão de Atendimento ao Adolescente (Data) e corre em segredo de Justiça. Essa não foi a primeira vez que esta adolescente foi abusada. Pelas informações do Conselho Tutelar, quando ela tinha 5 anos de idade, ela foi estuprada pelo seu bisavô. Desde junho, ela fugiu de casa e morava pelas ruas de Santa Izabel com o namorado, também adolescente.

Em novembro de 2007, uma outra adolescente também foi abusada dentro de um presídio no Pará. O caso aconteceu em Abaetetuba, cidade distante 80 quilômetros de Belém. A jovem de 16 anos ficou aproximadamente 30 dias dentro da prisão. Os detentos até cortaram os cabelos da jovem para que ela passasse desapercebida pelos agentes penitenciários.

Turistas Brasileiros saem ilesos em queda de helicóptero no México

Dois brasileiros e um mexicano saíram ilesos neste domingo após a queda de um helicóptero de turismo no qual viajavam sobre a lagoa Nichupté, na zona hoteleira do balneário de Cancún, Caribe mexicano, informou a polícia local.
De acordo com a polícia, o helicóptero caiu na lagoa e ficou totalmente submerso. O piloto mexicano Ricardo Bulerui e os turistas brasileiros Ricardo Santos e Eduardo Abelnai estão fora de perigo. O piloto foi levado para o centro hospitalar da Cruz Vermelha para ser avaliado, enquanto os dois turistas brasileiros foram levados a um hospital particular.
"O piloto teve uma alta de pressão, o mantivemos sob observação, mas já se estabilizou e sem demora terá alta", explicou à Agência Efe Ricardo Portugal, diretor da Cruz Vermelha de Cancún.
Os turistas e o piloto do helicóptero foram resgatados por tripulantes de embarcações que estavam perto de onde aconteceu o acidente. De acordo com o diretor de Defesa Civil do município de Benito Juárez, Félix Díaz Villalobos, o acidente ocorreu, aparentemente, por causa de uma falha mecânica.
Fonte: Último Segundo

Estudante que roubou ônibus responderá por tentativa de homicídio

O estudante de Direito Pedro Henrique Garcia de Sousa Correia, de 24 anos, que furtou um ônibus na manhã deste domingo (18), na Barra da Tijuca, na zona oeste do Rio de Janeiro, e provocou uma série de acidentes, ficará preso, segundo informações da assessoria de imprensa da Polícia Civil.
De acordo com a polícia, ele responderá por cinco crimes: furto, lesão corporal grave, lesão corporal leve, tentativa de homicídio e resistência à prisão. Um idoso de 67 anos ficou ferido em um dos acidentes que o universitário provocou e está internado. A polícia tem informações de que a vítima tem suspeita de lesão na medula.
Pedro Henrique, de acordo com a assessoria de imprensa da Polícia Civil, será encaminhado para uma carceragem da Polinter. Os advogados do estudante alegaram que ele possui problemas psicológicos e que usa remédios controlados.
Como foi o caso
Fantasiado de policial, o estudante furtou um ônibus de integração com o metrô no Terminal Alvorada, na Barra da Tijuca, na zona oeste, ao sair de uma festa à fantasia.
Ele seguiu em direção à zona sul. Foi parar na Voluntários da Pátria, em Botafogo, na altura da estação do metrô. Um trajeto de mais de 20 km. Segundo a polícia, ele colidiu com pelo menos sete veículos no trajeto.
Após ser detido, Pedro assumiu a culpa mas disse ter sido espancado por policiais.
"Olha o meu rosto. Eu estou errado. Mas eles estão mais. Eu fui espancado pela PM", afirmou Pedro Henrique na saída da delegacia.
Segundo a polícia, Pedro Henrique teria encontrado o ônibus, que estava estacionado vazio no terminal Alvorada, com a chave na ignição. Ele estava fantasiado de policial (uma camisa preta com uma caveira perfurada por fuzis e um punhal com a inscrição "Operações Especiais", semelhante à usada pela Coordenadoria de Recursos Especiais da Polícia Civil).
Ele teria pego a estrada do Joá e seguido pela rua Jardim Botânico em direção a Botafogo. Policiais do 23ºBPM começaram a perseguição.
De acordo com a PM, Pedro Henrique aparentava estar sob efeito de drogas ou álcool. Ele foi encaminhado ao IML (Instituto Médico Legal) para exames de corpo de delito e toxicológico. Entretanto, se recusou a fazer os testes que poderiam indicar consumo de bebida alcóolica ou uso de entorpecentes.
A assessoria da Polícia Civil informou que existem quatro registros em delegacias sobre o estudante de Direito: por injúria, violação de domicílio, dano e porte de drogas - o último feito este ano na 14ª DP (Leblon).
Fonte: Último Segundo

Empresários do DF se queixam de que governo demora a liberar alvarás

Três anos após a febre imobiliária que tomou conta do país, a construção civil ainda mostra fôlego para continuar crescendo no Distrito Federal. Segundo dados da Associação de Dirigentes do Mercado Imobiliário do DF (Ademi-DF), de janeiro a junho deste ano, foram lançados 4.493 empreendimentos. Embora a valorização das unidades já não ocorra no mesmo ritmo dos primeiros anos de boom, quando os preços cresceram a taxas anuais de 30% a 35%, um horizonte de estagnação está distante. De acordo com o Sindicato da Indústria da Construção Civil (Sinduscon-DF), nos primeiros seis meses de 2011, houve alta de 21,4% nos valores das casas e dos apartamentos frente ao mesmo período de 2010. A expectativa é de fechamento do ano com desempenho entre 15% e 20% superior ao do ano passado.

O setor, que em 2010 empregou 71,2 mil pessoas em Brasília e região, deve ganhar ainda mais relevância com a Copa do Mundo de 2014. “As projeções para a construção civil são excelentes. Existe uma acomodação, mas o imóvel como investimento continua sendo um bom negócio”, avalia Julio César Peres, presidente do Sinduscon-DF.

No entanto, uma nuvem ameaça as boas perspectivas do setor. O ano está entrando em seu terceiro trimestre e os empresários queixam-se da lentidão do governo local em aprovar projetos e autorizar o início de obras. O principal motivo é que o Departamento de Trânsito do DF (Detran-DF) emitiu uma recomendação às administrações regionais para que não concedam alvará de construção antes de engenheiros do órgão analisarem um relatório de impacto de trânsito (RIT). O documento é solicitado com base no Decreto n° 26.048/2005. Mas, no entendimento das empresas do setor, a legislação não se aplica a empreendimentos habitacionais.

Outro fator apontado como obstáculo é que as novas equipes das administrações, empossadas no início de 2011, não estariam bem organizadas para cuidar da liberação das obras. Em alguns casos, trocas sucessivas de administradores pioraram o cenário.

Adaptação
De acordo com a Ademi-DF, 96 projetos estão parados em Samambaia e mais de 30 em Águas Claras. “A gente entende que é uma nova gestão e que o governo precisa de tempo para se adaptar. Mas a preocupação é que o ano está terminando. Vai haver um apagão e teremos que demitir mão de obra”, declara Rodrigo Nogueira, diretor -eral da JC Gontijo e vice-presidente da Ademi.

Segundo Nogueira, propostas que costumavam ser liberadas em 90 dias estão ficando de oito a 10 meses nas mãos do GDF. Adalberto Valadão, presidente da Ademi-DF, afirma que a demora já causa impactos negativos no setor. “Os lançamentos caíram aproximadamente 15% frente a 2010”, diz. Valadão estima que 2011 se encerrará com cerca de 9 mil empreendimentos novos na praça, mas frisa que o resultado poderia ser melhor. “Há uma demanda represada”, ressalta.

Represamento que as empresas de arquitetura são as primeiras a sentir. Os estabelecimentos, que atuam em parceria com incorporadoras e empreiteiras, são responsáveis por preparar projetos e encaminhá-los para aprovação. Rogério Markiewicz, à frente da MKZ Arquitetura, garante que em 2011 seu escritório deu andamento somente a 12% da média normal de propostas, que é de 60 por ano. “Há uma morosidade em todo o processo”, sentencia.

Segurança
Advaldo Nogueira, 25 anos, está dependendo de um lançamento para começar a pagar o imóvel próprio. Ele é corretor de imóveis e durante seis meses fez pesquisas em busca do apartamento dos sonhos, aproveitando o conhecimento proporcionado pela profissão. Encontrou o que buscava no Pistão Sul, em Taguatinga. As unidades ainda não foram lançadas, mas Advaldo diz se sentir seguro por saber que o projeto já foi aprovado. “O lançamento deve acontecer em uns 15 dias. Mas sei que estão acontecendo atrasos, principalmente em Samambaia”, comenta.

O que diz a lei
Editado pelo Poder Executivo do DF, o Decreto n° 26.048/2005 prevê a necessidade de um relatório de impacto para toda construção que possa se transformar em um polo gerador de tráfego. Justamente na definição desse termo está a divergência entre empresários e Detran. Para os representantes do setor privado, prédios residenciais não causam tanto impacto que requeiram um estudo do tipo. Em seu texto, a lei conceitua como polo gerador “toda edificação ou conjunto de outras cujo porte, natureza e oferta de bens ou serviços gerem uma situação de complexidade com interferências no tráfego do entorno e grande demanda por vagas de estacionamento ou de garagem”.
Fonte: CorreioWeb

domingo, 18 de setembro de 2011

Tropas leais do Governo deposto lançam ataque contra rebeldes na Líbia


Tropas leais a Muammar Kadhafi dispararam mísseis e tentaram realizar uma emboscada contra as forças rebeldes no acesso norte da cidade de Bani Walid neste domingo (18).
O ataque ocorreu após confrontos entre os dois lados terem atravessado a noite dentro da cidade, em um momento em que os novos líderes da Líbia enfrentam resistência em seus esforços de eliminar as forças leiais ao líder deposto. O conselhor de transição realizará uma conferência neste domingo, apresentando a formação de um novo gabinete antes do início do encontro da ONU nesta semana.
Os mísseis tiveram como alvo um prédio onde as forças revolucionárias estavam se protegendo e a entrada ao norte da cidade. Os ataques levantaram areia pela cidade e era possível ver uma fumaça preta saindo dos locais atingidos. Os rebeldes responderam aos ataques com metralhadoras e mísseis.
Mais rebeldes que estavam próximos a cidade de Tajoura chegaram em Bani Walid para ajudar nos confrontos.
Fonte: G1

sexta-feira, 16 de setembro de 2011

Ex-engenheiro pede US$ 4,8 milhões por miniatura LAMBORGHINI, enquanto esportivo sai por US$ 379.000

O recém-lançado Aventador e o exclusivíssimo Sesto Elemento, até ontem, eram os modelos mais caros da Lamborghini. Eram, porque uma miniatura do Aventador irá a leilão, em dezembro, por US$ 4,8 milhões (cerca de R$ 8,25 milhões). O preço do esportivo de verdade é de US$ 379.000, 12 vezes menos que o da miniatura.
O criador da obra, Robert Gulpen, ex-engenheiro da Mercedes, justifica o preço exorbitante por ter usado materiais nobres na construção da miniatura, de escala 1:18. Gulpen usou um fio de ouro maciço ao redor do corpo do modelo, que inclusive é feito em fibra de carbono. As rodas e o interior são feitos igualmente em ouro maciço e platina. O logo da marca também leva ouro e platina, além de algumas pedras preciosas. Já os vidros da miniatura são à prova de balas.
Ao todo, Gulpen diz ter gastado cerca de US$ 2,8 milhões em materiais, enquanto o restante é por conta de seu trabalho – que lhe custou 500 horas. O artista promete que um quarto do arrecadado vai para caridade.
Fonte: G1

Acidente envolveu 300 carros diz Policia, Imigrantes deve ser liberada nesta sexta feira


O mega-acidente no km 41 da rodovia dos Imigrantes, sentido São Paulo, ocorrido por volta de 12h45 desta quinta-feira, envolveu cerca de 300 veículos, segundo Roberval França, comandante da Polícia Militar na região do ABC paulista. Uma pessoa morreu e 29 ficaram feridas.
O cálculo da PM foi feito considerando a extensão do engavetamento, que se estendeu por 2 km. A maioria dos veículos envolvidos sofreu danos leves, segundo França. Inicialmente, o Corpo de Bombeiros informou que cerca de 50 veículos haviam se acidentado.
Ainda segundo o comandante da PM, a retirada dos carros se prolongará até a manhã desta sexta-feira (16). Por volta de 17h45, cerca de 80 veículos haviam sido removidos. Até um comboio guiado pela Polícia Militar acabou se chocando com os veículos engavetados, segundo França.
Inicialmente os bombeiros falaram em duas mortes. Por volta de 16h15, o órgão voltou atrás e confirmou apenas um morto. Não há informações sobre a vítima.
A causa inicial do acidente seria a forte neblina que toma conta da rodovia nesta quinta-feira.

Bloqueios

A rodovia dos Imigrantes ficou bloqueada totalmente nos dois sentidos por cerca de quatro horas. Por volta de 16h50, a pista sul, que é utilizada no sentido São Paulo-Baixada Santista, teve seu sentido invertido em toda a extensão, até o km 27, para liberar o tráfego, segundo a Ecovias, que administra o sistema Anchieta-Imigrantes. O trânsito sentido capital flui sem lentidão. A rodovia permanece fechada no sentido litoral.
A única opção para descer ao litoral é a Anchieta. Segundo a Ecovias, a via está com tráfego congestionado nos dois sentidos, em toda a extensão. O tempo médio de viagem até a Baixada Santista é de 2h. A visibilidade é ruim em ambas as rodovias.
A Cônego Domênico Rangoni tem tráfego congestionado do km 268 ao km 270 sentido Cubatão, reflexo da interdição da Imigrantes, segundo a Ecovias.

Vítimas e incêndio

As vítimas --algumas retiradas das ferragens-- foram conduzidas aos prontos socorros de Diadema, Mauá, Cubatão e Santos com ferimentos leves.
O helicóptero Águia da PM também foi acionado, mas segundo a Polícia Militar ele não pousou para resgate, e está apenas registrando imagens do local do acidente para ajudar no trabalho dos bombeiros.
O Corpo de Bombeiros precisou também combater um incêndio em um caminhão envolvido no acidente. Segundo a concessionária Ecovias, o veículo transportava produtos perigosos, mas não estava carregado --o fogo teria sido causado por resquícios do material.
Uma equipe da Cetesb (órgão da Secretaria Estadual do Meio Ambiente) foi chamada para ir até o local para analisar um possível vazamento.

Outro acidente

Pouco antes do engavetamento na Imigrantes houve outro acidente na altura do km 38 da Anchieta, envolvendo quatro carretas. A faixa da direita, sentido capital, está bloqueada.
Fonte:Correio do Estado