sexta-feira, 29 de abril de 2011

Rússia suspende importação de carne de frigoríficos brasileiros


De acordo com os técnicos do Ministério da Agricultura, as 29 unidades frigoríficas visitadas pela missão russa em abril foram reprovadas. Vinte e uma unidades já estavam impedidas de exportar e continuam sob restrições. Outras oito de Santa Catarina, Paraná, Minas Gerais, Goiás e Mato Grosso, que estavam autorizadas a vender carnes e ração para o mercado russo, tiveram a habilitação suspensa.
O relatório da missão russa enviado ao governo brasileiro afirma que os frigoríficos não estavam de acordo com as regras de sanidade animal e vegetal. Mas segundo o Ministério da Agricultura, todas as unidades inspecionadas seguem recomendações internacionais de produção. Por isso, o resultado da missão russa surpreendeu o governo brasileiro.
O presidente da Associação Brasileira da Indústria Produtora e Exportadora de Carne Suína, Pedro Camargo Neto, falou sobre a decisão dos russos e espera que ela seja mais detalhada. “Existem dúvidas de interpretação, de tradução, de que, ao retirar um estabelecimento, se está retirando como um todo ou se está retirando a parte de produtos industrializados, o que muda muito”.
O Ministério da Agricultura pediu mais detalhes da decisão do governo russo e deve apresentar uma resposta semana que vem. Uma missão oficial brasileira vai visitar a Rússia no dia 15 de maio.

quinta-feira, 28 de abril de 2011

Mortos por tornados e tempestades chega a 248 nos EUA


O número de mortos pelas tempestades e tornados da quarta-feira nos EUA subiu a 248, informaram as autoridades estaduais nesta quinta (28). Há mortos em seis estados.
A situação mais grave é do Alabama, com 162 mortos. O governador Robert Bentley disse que o estado sofreu uma "destruição maciça de propriedades".
Bentley disse que o número de mortes deve crescer. Ele declarou estado de "grande emergência" e pediu ajuda federal para lidar com as consequências do desastre.
Além do Alabama, também há mortos no Mississippi (32), no Tennessee (32), na Geórgia (13), na Virgínia (8) e no Kentucky (1).
Autoridades e imprensa temem que o número de vítimas cresça.
As autoridades declararam estado de emergência em sete estados: Alabama, Arkansas, Kentucky, Mississippi, Missouri, Tennessee e Oklahoma.
Em todos eles, os governadores convocaram a Guarda Nacional para ajudar nas operações de resgate e limpeza.
De um total de 50 estados, 21 foram afetados por temporais, em uma região que vai dos Grandes Lagos, no extremo norte do país, até o Golfo do México, no sul.
O Serviço Meteorológico Nacional (NWS) indicou que mais de 300 tornados já haviam sido registrados desde sexta-feira passada, sendo mais de 130 na quarta.
O presidente Barack Obama ordenou que o governo “aja rapidamente” no Alabama. Ele deve visitar os locais afetados no Alabama nesta sexta-feira, segundo a Casa Branca.
Fonte:G1

Americano é acusado de atropelar e matar patinhos em estacionamento

Foto divulgada pela cadeia do condado de Washtenaw mostra Dillon Robert Pearce, de 19 anos. Ele foi processado na terça-feira (26) em Ann Arbor, no estado americano de Michigan, acusado de matar e torturar animais. Segundo os documentos judiciais, ele passou com seu carro por cima de oito patinhos em um estacionamento do McDonald's na noite de segunda, matando quatro deles. Ele foi preso em um posto de gasolina próximo. A primeira audiência do caso está marcada para 4 de maio, e ele pode pegar até quatro anos de prisão. Seu advogado argumentou que Pearce, na verdade, estava tentando evitar que as aves fossem atropeladas por outros carros
G1
(Foto: AP)

quarta-feira, 27 de abril de 2011

Policia Federal prende 9 suspeitos de causar rombo de R$ 120 milhões no INSS do RJ

A Polícia Federal prendeu, na manhã desta quarta-feira (27), nove suspeitos de fraudar benefícios do INSS na agência da Previdência Social de São Gonçalo, na Região Metropolitana do Rio, durante uma operação para cumprir 12 mandados de prisão. Segundo o INSS, sem contabilizar juros e correção monetária, a quadrilha causou um prejuízo de R$ 120 milhões, o que caracteriza a maior fraude ao sistema dos últimos cinco anos.
De acordo com o delegado, Wanderson Pinheiro, responsável pela operação, três pessoas continuam foragidas. A fraude no sistema do INSS aconteceu entre 1993 e 1994 e, segundo investigadores, 400 benefícios previdenciários foram fraudados na época.

Fraude
Denominada de operação Highlander, a ação contou com 135 agentes da Polícia Federal. “As fraudes ocorreram antes da informatização do sistema do INSS. Na época, três funcionários iniciaram as fraudes. Dois deles já faleceram . O terceiro funcionário criador das fraudes e que foi preso hoje pediu demissão há quase 15 anos”, explicou o delegado.
Segundo a PF, um quarto servidor também participava do esquema. Ele alterava as datas de nascimento dos ‘ beneficiários fantasmas’. O quarto funcionário morreu em 2009.
“Essas fraudes não ocorreriam hoje em dia, pois aconteceram antes da informatização do nosso sistema. Podemos dizer que essa foi a maior fraude do INSS nos últimos cinco anos”, explicou a coordenadora operacional da assessoria de pesquisas estratégicas do INSS, Neusa Campos.

Dinheiro apreendido
Além dos 12 mandados de prisão, a Polícia Federal tinha 30 mandados de busca e apreensão para cumprir. Nesta manhã, agentes apreenderam R$ 53 mil em uma residência e R$ 20 mil em outra. “Além do dinheiro, apreendemos muitos cartões de beneficiários fantasmas e identidades falsas. Continuaremos investigando para apurar outras fraudes do sistema”, afirmou Wanderson
Segundo a PF, os usuários dos benefícios fraudulentos moviam ações na Justiça federal para reativar benefícios suspensos pela Previdência. “Muitas vezes, por motivos diferentes, os benefícios fraudulentos eram suspensos. Os criminosos entravam com ação na Justiça e conseguiam reativar os benefícios”, disse Wanderson.
Ao todo, a PF identificou a fraude em 340 benefícios ativos e cerca de 100 benefícios inativos. Segundo os investigadores, os benefícios eram recebidos por pessoas que tinham acesso a esses cartões da agência previdenciária de São Gonçalo. As prisões aconteceram em São Gonçalo e também em Búzios e Cabo Frio, na Região dos Lagos.

Fraudadora cumpriu pena
Uma das fraudadoras mais famosas do INSS é Jorgina de Freitas, que foi condenada pelo Tribunal de Justiça do Rio de Janeiro (TJ-miRJ), em julho de 1992, a 14 anos de prisão. Ela foi acusada de participar de um esquema de fraudes que, na década de 90, teria causado um rombo no Instituto Nacional do Seguro Social (INSS) de cerca de R$ 500 milhões. Jorgina deixou a prisão em 2010, mesmo ano em que foi condenada a ressarcir o INSS em mais de R$ 200 lhões.
Fonte G1

Bandidos rende faxineira e rouba cerca de R$ 100 mil do Banco do Brasil

Um bando de assaltantes roubou um malote, contendo cerca de R$ 100 mil, da agência Estilo do Banco do Brasil, na Avenida Lava Pés, no bairro Goiabeiras, em Cuiabá, na manhã desta quarta-feira (27).
Para entrar, eles usaram a faxineira do prédio como refém e entraram pela garagem do prédio. A suspeita é de que enquanto alguns pegaram o dinheiro, outros comparsas ficaram de fora para dar cobertura.
Conforme informações preliminares, o bando era formado por pelo menos quatro integrantes. Eles pularam o muro ao lado do banco e fugiram. Nenhum deles foi capturado até o momento.
Equipes do Grupo de Combate ao Crime Organizado (GCCO), comandadas pelos delegados Luciano Inácio e Wladimir Fransosi e pelo chefe de operações Fernando, estão no local para darem inícios as investigações.
A assessoria de imprensa do Banco informou que apesar do susto os funcionários estão bem. Não foi possível confirmar a quantidade de pessoas que estavam na agência, apenas que não haviam clientes no momento do assalto.
Sobre como teria acontecido o assalto a assessoria ressaltou que as informações serão repassadas pela polícia, por uma questão de segurança. Não haverá expediente na agencia hoje.

FBI confirma captura de ovnis no caso Roswell

O FBI (Federal Bureau of Investigation) publicou nesta segunda-feira um documento que comprovaria a captura de ovnis no caso Roswell, ocorrido no Novo México (EUA), em 1950.
O fato sempre foi negado pela Força Aérea dos Estados Unidos.
No documento publicado pelo FBI, um investigador da Força Aérea norte-americana relata o encontro com três discos voadores, em 29 de março de 1950. As naves seriam ovais, com uma protuberância no centro e teriam 15m de diâmetro.
O documento também confirma que o investigador encontrou três corpos semelhantes a humanos, porém de baixa estatura, em cada um dos ovnis.
Os supostos alienígenas mediriam cerca de 90cm e suas roupas seriam metálicas e ultrafinas. Ainda segundo a publicação, os discos voadores teriam sido encontrados no Novo México devido ao fato de o governo americano possuir um radar muito poderoso na área, o que poderia interferir no controle mecânico dos ovnis. Os relatos sobre um ovni que teria caído no deserto, nas cercanias de uma base militar, em julho de 1947, são bastante conhecidos. Os ufólogos dizem que os corpos dos alienígenas teriam passado por uma autópsia, mas que a Força Aérea dos EUA teria encoberto o fato. O documento do FBI está disponível na internet no novo sistema de pesquisa da Agência chamado “The Vault".

Não beba para esquecer, beba para lembrar!


Agora você não vai poder mais usar uma desilusão amorosa para encher a cara de cerveja. Mas pode usar as provas bimestrais que estão chegando, ou aquela promoção almejada. Isso mesmo, o álcool pode melhorar sua memória. A descoberta veio de cientistas Universidade do Texas, nos Estados Unidos.
O neurobiólogo Hitoshi Morikawa avisa que o álcool realmente pode dificultar o aprendizado, mas isso é apenas um lado do efeito do consumo de etanol. "Normalmente, quando falamos de aprendizado e memória, falamos de memória consciente", explica Morikawa. "Álcool diminui a habilidade de guardar pequenas peças de informação, como o nome de um conhecido, a definição de uma palavra específica, ou o lugar em que você estacionou o carro. Mas o nosso subconsciente está aprendendo e lembrando também, e o álcool pode aumentar nossa capacidade de aprender, ou 'condicionabilidade', nesse ponto".
O uso constante de etanol acarreta em uma plasticidade sinóptica mais eficiente, e a gente não tem a menor ideia do que isso significa. Aparentemente isso faz com que o subconsciente funcione melhor, e lembre mais das coisas.
O estudo de Morikawa, que foi publicado no Journal of Neuroscience engrossa o coro de cientistas que interpretam a dependência química como um transtorno do aprendizado e memória. A fita é que o consumo de álcool (ou de cocaína, heroína ou metantefaminas) "ensina" o cérebro a continuar consumindo.
Isso também faz com que a gente se torne mais habituado a hábitos alimentares, a tipos de música, e até a pessoas e situações sociais. "As pessoas vêem a dopamina como um transmissor de felicidade, ou de prazer, quando na verdade é um transmissor de aprendizado", conta Morikawa. Ou seja, o vício não é na bebida, nem no prazer diretamente ligado a ela. O vício é em uma constelação fisiológica, comportamental, e de todo o resto do ambiente, que é aumentado quando o álcool ativa a dopamina.
A continuação dessa ideia é que quando os cientistas entenderem como esse esquema funciona no organismo, poderão criar um remédio anti-vício. Esse remédio diminuiria essa sinopse de aprendizado do cérebro, fazendo com que a gente beba sem "aprender" que beber é legal.
Mas o próprio Morikawa admite que "é um pouco assustador porque tem o potencial para ser uma substância de controle da mente". Então a gente por aqui prefere beber com moderação sabendo que existe o perigo do alcoolismo do que tomar uma droga que controle nosso subconsciente!

Mulher consegue na justiça direito de se masturbar no trabalho

Ana Catarina Bezerra Silvares, 36 anos, divorciada, mãe de 3 filhos, analista contábil, possui uma doença que a difere das demais mulheres de seu ambiente de trabalho. Ela possui compulsão orgástica que é fruto de uma alteração química em seu córtex cerebral. Esta alteração a leva a uma constante busca por orgasmos que aliviem sua ansiedade.
Ana Catarina revela que ‘já teve dia de eu me masturbar 45 vezes. Foi neste momento que procurei ajuda. Comecei a suspeitar que isso poderia não ser normal” afirma Ana Catarina.
Atualmente ela toma um coquetel de ansiolíticos que consegue frear a ansiedade, levando-a a se masturbar apenas 18 vezes por dia.
O Dr. Carlos Howert Jr., especialista em Neurologia Sexual acompanha a paciente há três anos. Segundo seu relato, ela é a única brasileira diagnosticada com esta disfunção. Para ele “provavelmente devem haver muitas outras mulheres sofrendo do mesmo mal, mas a dificuldade de assumir leva a muitas a se acabarem na ‘siririca’”.
No dia 08/04/11 Ana Catarina venceu uma batalha jurídica que perdurava dois anos. Finalmente o Ministério do Trabalho a concedeu o direito de intervalos de 15 minutos a cada duas horas trabalhadas para que possa realizar sua busca por prazer. Também está autorizada pelo Dr. Antonino Jurenski Garcia, Juiz do trabalho de Vila Velha, Espírito Santo, a utilizar o computador da empresa para acessar imagens eróticas que alimentem seu desejo.

Explosão em gasoduto do Egito compromete gás para três países.

A explosão que atingiu, nas primeiras horas desta quarta-feira (27), o principal gasoduto do Egito, situado ao sul da cidade de Al Arish, na Península do Sinai, comprometeu abastecimento de gás em pelo menos três países da região. A rede, segundo autoridades locais, procede do Mar Mediterrâneo e abastece Israel, Jordânia e Síria. As causas da explosão ainda não são conhecidas, mas as autoridades não descartam um atentado terrorista.


A explosão provocou um incêndio cujas chamas alcançaram uma altura de 20 metros. Não há informações sobre feridos. De acordo com a agência estatal “Mena”, as Forças Armadas foram destacadas para o local, mas ainda não conseguiram controlar o fogo, embora o abastecimento tenha sido interrompido Ayman Jahin, gerente geral do Gas Natural Holding Company, confirmou que o gás foi desligado para Israel, Jordânia e Síria. Ele informou ainda que um comitê viajou do Cairo para El Arish para avaliar os danos.
Maya Etzioni, porta-voz do ministério da Infraestrutura de Israel, confirmou que o fornecimento de gás foi cortado nesta quarta-feira.Em 5 de fevereiro, em plena revolução egípcia, ocorreu uma explosão similar em um dos gasodutos principais de Al Arish que se conecta a Israel e à Jordânia.
Fonte G1

Tiroteio mata seis soldados das tropas estrangeiras no Afeganistão


Seis militares das tropas internacionais lideradas pela Otan morreram nesta quarta-feira (27) em um tiroteio envolvendo um piloto da Força Aérea do Afeganistão no aeroporto da capital, Cabul O comunicado da Isaf não dá detalhes dos incidentes e nem cita a nacionalidade dos militares mortos.O Ministério da Defesa do Afeganistão informou que houve uma "divergência" entre o afegão e seus colegas estrangeiros, e que também haveria feridos.Segundo as autoridades afegãs, o tiroteio ocorreu no QG da Força Aérea, que fica perto do aeroporto civil.

terça-feira, 26 de abril de 2011

Receita ainda espera receber 8 milhões de declarações do IR/2011


A Receita Federal informou que, até as 17h desta terça-feira (26), recebeu 15,637 milhões de declarações do IRPF (Imposto de Renda de Pessoa Física). Como espera receber 24 milhões de envios até sexta-feira (29), quando termina o prazo, ainda restam cerca de 8 milhões de pessoas que ainda não prestaram contas ao Fisco. Apesar de um terço dos contribuintes ainda não terem enviado o documento, o ritmo de envios é semelhante ao do ano passado. No mesmo dia, segundo a Receita, 15,605 milhões de brasileiros tinham mandado o documento. O prazo se esgota nesta sexta feira.
Fonte: R7

sábado, 23 de abril de 2011

Temporal no Rio Grande do Sul já deixa cinco mortos, diz Defesa Civil

O temporal que atinge áreas do Rio Grande do Sul desde sexta-feira (22) já causou cinco mortes até o início da manhã deste sábado (23), segundo a Defesa Civil Estadual. Os óbitos foram registrados nas cidades de Fazenda Vilanova, Sapucaia do Sul e Novo Hamburgo.Além desses municípios, as cidades de Taquari, Teutônia, São Leopoldo, Porto Alegre e Venâncio Aires também registraram estragos. Segundo a Defesa Civil, os principais prejuízos foram quedas de árvores e alagamentos causados pelo transbordamento de arroios.Em Fazenda Vilanova, um galpão caiu e atingiu um agricultor. Outro homem morreu eletrocutado, em Sapucaia do Sul. Em Novo Hamburgo, três crianças morreram soterradas após o desabamento de uma casa, segundo a Defesa Civil. Pelo menos duas pessoas ficaram feridas após a queda do telhado de um supermercado em Venâncio Aires.Até o início da madrugada deste sábado, cerca de 100 mil clientes estavam sem energia elétrica no estado. A Defesa Civil afirma que ainda não há informações sobre desabrigados e desalojados.De acordo com o Instituto Nacional de Meteorologia (Inmet), há alerta para condições meteorológicas favoráveis à ocorrência de chuva e ventos fortes, com possibilidade de queda de granizo em áreas isoladas no oeste, centro e norte do Rio Grande do Sul, neste sábado.
Fonte:G1

sexta-feira, 22 de abril de 2011

Navio francês parte em busca de caixas pretas do Air France

O navio francês Ile de Sein, que realizará a operação de buscas das caixas pretas do voo AF 447 da Air France, vai sair nesta sexta-feira do porto de Dacar, no Senegal, rumo a área onde foram localizados os destroços do avião que caiu no Atlântico em 2009.
A previsão é de que a embarcação chegue ao local de buscas no domingo ou na segunda-feira, iniciando uma etapa decisiva nas investigações sobre as causas do acidente que matou 228 pessoas em 31 de maio de 2009. A prioridade dessa quinta fase de operações é a busca das duas caixas pretas do Airbus A 330-200.
O trabalho dos investigadores será facilitado porque já foi efetuada a localização geográfica dos destroços, encontrados a cerca de 1,1 mil quilômetros da costa brasileira, a partir da análise das 15 mil fotos tiradas por robôs submarinos na operação anterior, que localizou a fuselagem, no início de abril.
Os especialistas do Escritório de Análises e Investigações da França (BEA, na sigla em francês) já sabem, portanto, a posição geográfica exata da parte traseira do avião, onde se situam as caixas pretas do Airbus.
Isso permitirá uma intervenção mais rápida do robô Remora 6000 (ROV, na sigla em inglês – Veículo Operado Remotamente) da companhia americana Phoenix International, que será enviado diretamente ao local onde está a cauda do avião.
O robô, normalmente utilizado em atividades de exploração de petróleo submarinas, é equipado de câmeras e “braços” articulados e é capaz de manipular equipamentos para cortar a fuselagem.
O BEA, que investiga as causas do acidente, não sabe ainda, no entanto, se as caixas pretas estariam presas na fuselagem ou teriam sido projetadas para fora em razão do choque.
Conservação
Outra incógnita é se os dados das duas caixas pretas, que contém os parâmetros técnicos do voo e as gravações das conversas dos pilotos, poderiam ser extraídos e analisados, após terem ficado quase dois anos submersos a 3,9 mil metros de profundidade.
As caixas pretas são consideradas fundamentais para descobrir as causas do acidente. Se elas forem localizadas, serão colocadas em uma fragata da marinha francesa, que sairá de Caiena, na Guiana Francesa, para recuperá-las e trazê-las à França.
A fuselagem do avião foi localizada a apenas cerca de dez quilômetros ao norte da última posição do avião conhecida nos radares.
A área de buscas dessa quinta fase é muito menor do que a das precedentes: ela se concentra em uma área de apenas 120 mil metros quadrados (0,12 km²).
O BEA também afirma que não sabe ainda se os corpos das vítimas poderão ser resgatados nessa operação de buscas. A decisão, que cabe exclusivamente a representantes da Justiça francesa, será tomada a bordo do navio.
Os investigadores não sabem se os restos mortais poderiam resistir às manipulações do robô.
De acordo com os primeiros cálculos feitos por especialistas, um tipo de “cesta” ligada a cabos poderia levar os corpos à superfície.

União quer comprar bens de Luiz Estevão para acelerar quitação de dívida

A União está investindo em uma tática para avançar na recuperação do dinheiro desviado na fraude da construção do Fórum Trabalhista de São Paulo na década de 1990. Recentemente pediu a avaliação prioritária de grandes imóveis comerciais do Grupo OK ocupados por alguns de seus órgãos – e de outros prédios de seu interesse - para adjudicá-los em seu favor, ou seja, adquiri-los em definitivo. A operação já foi autorizada pela Secretaria de Patrimônio da União e aguarda autorização da Justiça.
Nove dos 10 imóveis que já estão com os alugueis penhorados são ocupados por órgãos da União e devem passar pelo processo de adjudicação. Todos estavam locados por empresas laranjas, como a Inovar Construções e Empreendimentos e a LCC Construções e Participações. A expectativa é de que o processo de adjudicação, caso liberado, resulte no abatimento de cerca de um terço da dívida, que hoje está em R$ 1,1 bilhão.
Segundo André Mendonça, diretor do Departamento de Patrimônio Público e Probidade Administrativa da Advocacia-Geral da União (AGU), nenhum bem do Grupo OK foi a leilão até hoje devido aos recursos protelatórios e a manobras dos advogados. “Recentemente apresentaram uma petição de defesa com mais de 40 volumes, além de terem conseguido a suspensão do processo por um tempo alegando que o juiz era suspeito para julgá-lo”, conta.
Outra manobra do Grupo OK, atualmente em análise pelo Tribunal de Contas da União (TCU), tenta inscrever o débito bilionário na dívida ativa da União. A ideia é pagar o valor por meio do Programa de Recuperação Fiscal (Refis), o que permitiria o parcelamento em pequenas prestações e a obtenção de desconto, além da liberação dos aluguéis penhorados.
Atualmente, todos os imóveis do Grupo OK e de outras empresas relacionadas encontram-se indisponíveis pela Justiça paulista como consequência da ação de improbidade que também corre contra o grupo. Apenas após sentença definitiva os imóveis poderão ser leiloados. Os valores obtidos nas execuções da União serão compensados na ação de improbidade em SP, uma vez que as ações tratam dos mesmos fatos.
Fonte:Correioweb

Atirador de Realengo é enterrado por decisão judicial

Rio de Janeiro - O corpo de Wellington Menezes de Oliveira, 24 anos, responsável pelo massacre na Escola Municipal Tasso da Silveira, em Realengo, foi enterrado, na manhã desta quinta-feira (22/4). O sepultamento ocorreu mediante uma determinação da Justiça.
Segundo funcionário da administração, o corpo, liberado mais cedo do Instituto Médico Legal, na Leopoldina, foi trasladado por um carro sendo acompanhado apenas pelo motorista da Santa Casa de Misericórdia. Nenhum familiar seguiu o cortejo.
O corpo jaz em uma cova rasa sem lápide, na quadra 49 do cemitério São Francisco Xavier, no Caju. Wellington, ex-aluno da Escola Tasso da Silveira, matou 12 estudantes da unidade de ensino e feriu outros 12, no último dia sete. Após o crime, ele cometeu suicídio. O corpo foi enterrado como não reclamado.

Uma pessoa morre esfaqueada e duas são baleadas em festa de Brasília

Uma pessoa morreu esfaqueada e duas foram feridas por um tiro disparado durante as comemorações dos 51 anos de Brasília, na Esplanada dos Ministérios, na noite desta quinta-feira (21).

O rapaz esfaqueado, de 18 anos, chegou a ser socorrido, mas morreu ao chegar ao Hospital de Base de Brasília. Ninguém foi preso.
Os dois baleados foram atendidos em um posto médico montado no gramado da Esplanada e também encaminhados para o Hospital de Base.
A Polícia Militar informou que as duas pessoas teriam sido atingidas de raspão – uma delas no rosto e outra no pescoço. Segundo a PM, o estado delas não era considerado grave. A polícia não identificou o autor do disparo e investiga se os casos foram de bala perdida ou briga de gangues.
G1

PM é preso acusado de ser o autor de série de ataques em Santos

A Justiça decretou na noite de quarta-feira a prisão temporária de um policial militar suspeito de cometer uma série de atentados nas cidades de Santos e São Vicente, na Baixada Santista, na madrugada do dia 10 de abril. Os ataques deixaram um morto e seis feridos.
O soldado começou a ser investigado quando registrou uma queixa de assalto a sua residência e o roubo de suas armas particulares. A polícia verificou que os calibres das pistolas coincidiam com o calibre das armas utilizadas no atentado.
Quando procurado pela polícia, o soldado foi encontrado fazendo modificações em seu Corsa preto. O veículo é idêntico ao que aparece nas imagens de segurança registradas na madrugada dos ataques. A Polícia Civil já havia pedido a prisão administrativa do policial para agilizar as investigações e, ontem, solicitou à Justiça a prisão temporária. A Corregedoria investiga o caso para apurar a conduta do soldado.
As testemunhas dos atentados já foram ouvidas. Segundo a Polícia Militar, as investigações não apontam nenhuma motivação para o crime, e indicam que as vítimas eram escolhidas aleatoriamente.
O soldado foi transferido para o Presídio Militar Romão Gomes, na Zona Norte de São Paulo.

quinta-feira, 21 de abril de 2011

Avião de pequeno porte cai em Manaus

Segundo informações da Infraero, sete pessoas morreram.Avião da Amazonaves decolou com destino a Santarém (PA).Um avião de pequeno porte caiu logo após a decolagem no aeroporto de Manaus, no início da tarde desta quinta-feira (21), segundo informações da Empresa Brasileira de Infraestrutura Aeroportuária (Infraero). Sete pessoas que estavam a bordo da aeronave morreram.O acidente ocorreu por volta de 14h50 (horário local). Segundo a Infraero, a aeronave caiu de bico no gramado da lateral da pista. O aeroporto ficou fechado para pousos e decolagens até as 15h25 (horário local).

Ainda de acordo com a Infraero, o acidente não provocou cancelamentos ou atrasos de voos. As operações ocorrem normalmente.O avião, que pertence à empresa Amazonaves, seguia para a cidade de Santarém (PA). Entre as vítimas estão o dono da aeronave e um menino de 12 anos. O adolescente levava um cachorro, que também não sobreviveu.
Técnicos do Serviço Regional de Investigação e Prevenção de Acidentes Aeronáuticos já estão no aeroporto e analisam os destroços da aeronave. As causas do acidente ainda não foram esclarecidas.
Fonte: G1

sábado, 16 de abril de 2011

Três crianças morrem em incêndio na Baixada Fluminense

Três crianças, duas de 4 anos e uma de 1 ano e três meses, morreram em um incêndio dentro de casa, por volta das 23h, no bairro Jardim da Viga, em Nova Iguaçu, na Baixada Fluminense. Segundo policiais da 56ª DP (Comendador Soares) e bombeiros, as crianças dormiam em casa sozinhas, com uma vela acesa, que teria provocado o incêndio.

Bombeiros foram chamados por vizinhos, mas ao chegar ao local o fogo já havia se alastrado.

Ainda segundo a polícia, as vítimas moravam com as mães, duas irmãs, entre elas uma menor, e uma avó. As mães das crianças foram detidas e levadas para a delegacia, onde foram autuadas por abandono de incapaz.
Fonte: G1

segunda-feira, 11 de abril de 2011

Novo terremoto de 7,1 graus atinge o Japão e gera alerta de tsunami

Um forte terremoto de 7,1 graus foi registrado nesta segunda-feira no nordeste do Japão, perto da central nuclear de Fukushima. As autoridades emitiram um alerta de tsunami, que pouco depois foi suspenso.
Como precaução, os funcionários da central de Fuskushima foram retirados da usina e a energia elétrica do local foi cortada, anunciou a Tepco (Tokyo Electric Power Co.), proprietária da central.
O tremor aconteceu às 17h16 (5h16 de Brasília) e o epicentro foi localizado a 10 km de profundidade, informou o USGS (Centro de Geofísica dos Estados Unidos). O terremoto ocorreu ao sul do município de Fukushima, afetado há exatamente um mês por tremor de 9,0 graus, seguido de um devastador tsunami.
Apesar das precauções, a agência de notícias Kyodo informou que não foi registrado nenhum dano na central. O terremoto foi sentido em Tóquio, a 170 km do epicentro.
Tsunami
Mais cedo, os japoneses respeitaram um minuto de silêncio em memória das vítimas do terremoto e tsunami de 11 de março, que segundo o balanço mais recente deixou 28 mil mortos e desaparecidos.
O governo do Japão decidiu ampliar a área de segurança ao redor da central de Fukushima, que é atualmente de um radio de 20 km, anunciou o porta-voz do governo, Yukio Edano.
O risco de vazamento de grande alcance diminuiu consideravelmente, mas a exposição prolongada a doses de radioatividade pouco elevadas constitui um perigo que justifica a medida, segundo Edano. De acordo com o porta-voz, a nova área de segurança não será circular nem geral.
O primeiro-ministro japonês, Naoto Kan, publicou nesta segunda-feira uma carta em vários jornais do mundo para manifestar a gratidão pela ajuda recebida. “Em um momento de desespero, pessoas de todo o planeta se uniram a nós. Elas nos inspiraram com esperança e coragem”, afirma Kan no texto, que tem como título “Obrigado pelo Kizuna (vínculos de amizade)”, publicado em jornais de países como China, Coreia do Sul, Estados Unidos, França e Rússia, entre outros).
“Apreciamos sinceramente os testemunhos de amizade que nos enviaram nossos amigos em todo o mundo e quero agradecer a cada nação, a cada organização e a você mesmo do fundo do meu coração”, completa a carta do premiê nipônico.

eBand

Suspeito de matar irmãs em Cunha é preso


A polícia prendeu na madrugada desta segunda-feira (11) Ananias dos Santos, principal suspeito de ter matado as irmãs Josely e Juliana em Cunha, no interior de São Paulo. As duas jovens, de 15 e 16 anos, desapareceram no dia 23 de março, quando voltavam da escola na cidade do Vale do Paraíba. Cinco dias depois, os corpos foram encontrados na zona rural, a 12 km de onde moravam. Elas foram mortas a tiros.
O suspeito, que havia fugido assim que começou a ser investigado, foi preso em Cunha. Segundo a polícia, ele estava na casa de seus pais. Ele deve ser ouvido pela manhã pelo delegado responsável pelo inquérito. A previsão é de que Ananias seja transferido ainda nesta segunda para Guaratinguetá, também no interior do estado.Para a polícia, ele matou as irmãs em local ainda desconhecido e depois teve ajuda de duas ou três pessoas para deixar os corpos no meio da mata, em uma região de difícil acesso.
O principal suspeito pelo duplo homicídio cumpria pena no Presídio Edgar Magalhães Noronha, em Tremembé, também no interior, mas não voltou depois da saída temporária de Páscoa, em 2009. Desde então, Ananias passou a morar com os pais, na zona rural de Cunha, no mesmo bairro em que as adolescentes viviam.
De acordo com as investigações, o jovem se interessou por Juliana, fato que despertou ciúmes na namorada, vizinha da família das vítimas. O pai das meninas prestou depoimento e disse que o suspeito do crime foi à casa dele após o desaparecimento e pediu para que ele escondesse um revólver. Fonte:G1

sábado, 9 de abril de 2011

Chaveiro e vigia confessam que ajudaram atirador a comprar arma

Os dois suspeitos de negociar uma das armas usadas pelo atirador Wellington Menezes de Oliveira foram indiciados por comércio ilegal de arma de fogo e a pena pode chegar a 8 anos, informou o delegado da Divisão de Homicídios, Felipe Ettore, neste sábado (9).
O chaveiro Charleston Souza de Lucena, de 38 anos, e o vigia Izaías de Souza, de 48 anos, tiveram a prisão preventiva decretada na madrugada deste sábado.
Os dois afirmaram que ao saber que a arma calibre 32 tinha sido usada para o ataque a escola se arrependeram.
"Se eu soubesse que era para fazer isso, jamais teria feito o que eu fiz. Agora, infelizmente vou ter que pagar ", disse Izaías.
Ele contou também que quando viu a notícia do ataque chorou. Izaías afirma que uma filha e uma enteada estudam em uma escola em Sepetiba e chegou a pensar nas duas. “Imagina se fosse no colégio onde elas estudam?”, indagou. Em seguida, falou que espera que a Justiça seja feita. “Espero que a Justiça faça o que tenha que fazer. Eu acho que tenho parte da culpa, mas culpa diretamente pelo assassinato eu não tenho”, disse ele.
Segundo Charleston, o atirador teria dito que a arma seria para segurança própria dele. De acordo com a polícia, os dois têm antecedentes criminais: Charleston por crimes de agressão, ameaça, desacato, denunciação caluniosa e pelo código de trânsito, por dirigir sem habilitação. E Izaías por uso de documento falso e ameaça. (G1)

Suspeitos de vender arma a atirador são presos, diz polícia

A dupla foi encontrada por policiais militares do 21º BPM. Negociações para compra da arma teriam começado há cerca de 4 meses. A Divisão de Homicídios (DH) informou, neste sábado (9), que estão presos os dois suspeitos de negociar e vender uma das duas armas para Wellington Menezes de Oliveira, o homem que matou 12 crianças em uma escola em Realengo, na Zona Oeste. A DH fez o pedido de prisão preventiva no plantão do Tribunal de Justiça do Rio de Janeiro na madrugada deste sábado. Os dois foram ouvidos na noite de sexta-feira (8) na DH, na Barra da Tijuca. Eles foram encontrados por policiais militares do serviço reservado do 21º BPM (São João de Meriti). De acordo com o comandante do batalhão, Ricardo Arlem, um chaveiro, vizinho de Wellington, teria sido quem intermediou a compra do revólver calibre 32, uma das armas utilizadas no massacre.O comandante explicou que Wellington teria procurado o chaveiro, por saber que ele tinha contatos de pessoas que vendiam armas clandestinamente. Ainda segundo a Polícia Militar, as negociações para a compra da arma teriam começado há cerca de quatro meses. Um amigo do chaveiro teria vendido a arma para o atirador. Segundo a PM, o suposto vendedor tem passagens pela polícia pelos crimes de porte ilegal de arma, uso de documento falso e estupro. De acordo com o comandante Ricardo Arlem, assim que os homens foram abordados pelos PMs, eles negaram a venda, mas depois confirmaram e trocaram acusações.
"Sheik"
Segundo a PM, o chaveiro revelou que Wellington era conhecido na região onde morava em Sepetiba, na Zona Oeste do Rio, pelo apelido de "Sheik", devido à barba longa que cultivou até dias antes do crime. “Nós descobrimos esses dois homens porque um PM à paisana ouviu o vendedor comentar ao chaveiro, tá vendo aquela arma que te vendi, tá vendo como ela tava afiadinha?, olha o estrago que ela fez”, reproduziu o comandante. O comandante contou ainda que os homens negaram vender as munições utilizadas por Wellington. A Divisão de Homicídios, que investiga o caso, tenta esclarecer se os dois homens têm realmente ligação com a venda do armamento.
Fonte: G1

sexta-feira, 8 de abril de 2011

Ataque Iraquiano em campo de refugiados iranianos Ashraf - mata 20 Iranianos

Mais de 20 pessoas morreram e centenas ficaram feridas nesta sexta-feira (8) após um ataque do Exército iraquiano contra o campo de refugiados iranianos Ashraf, ao nordeste de Bagdá, informou um porta-voz do campo às agências internacionais de notícias.

O número de vítimas é incerto. Enquanto a CNN informa 25 mortos e centenas de feridos, a agência EFE noticia 28 mortos e 380 feridos. As autoridades dos dois países ainda não se manifestaram sobre o caso.

Cinegrafista registra os primeiros momentos após massacre no Rio


Wellington Menezes de Oliveira entrou em sua antiga escola e fez vários disparos na manhã desta quinta-feira (7), matando 12 alunos e cometendo suicídio logo em seguida. Quando o cinegrafista da Rede Record entrou na escola, o cenário era de terror: crianças baleadas esperavam ajuda enquanto o corpo do atirador ainda estava caído na escada.

quinta-feira, 7 de abril de 2011

Polícia do Rio divulga nomes de alunos mortos em escola

A Polícia Civil do Rio de Janeiro divulgou por volta das 17h30 desta quinta-feira (7) uma lista parcial das crianças mortas na Escola Municipal Tasso da Silveira, em Realengo, na zona oeste do Rio de Janeiro. Segundo a polícia, no horário, três corpos ainda não haviam sido identificados. Ao menos 12 estudantes foram mortos e 13, feridos. Veja os nomes abaixo:




Ao menos, 12 estudantes foram baleados e morreram em ataque a escola
 
Veja a lista parcial de vítimas:

-Ana Carolina Pacheco da Silva, de 13 anos
- Bianca Rocha Tavares, de 13 anos
- Géssica Guedes Pereira, sem identificação de idade
- Karine Lorraine Chagas de Oliveira, de 14 anos
- Larissa dos Santos Atanázio, sem identificação de idade
- Laryssa Silva Martins, de 13 anos
- Luiza Paula da Silveira, de 14 anos
- Mariana Rocha de Sousa, de 12 anos
- Milena dos Santos Nascimento, de 14 anos
- Rafael Pereira da Silva, de 14 anos
- Samira Pires Ribeiro, de 13 anos

Wellington de Oliveira, autor dos disparos, é ex-aluno da escola e invadiu pelo menos duas salas de aula atirando. A ação do criminoso só foi interrompida com a chegada de policiais. Um agente atirou na perna do assassino, que se matou em seguida.
Os alunos feridos foram levados para os hospitais Albert Schweitzer, Adão Pereira Nunes, Universitário Pedro Ernesto, Instituto Nacional de Traumatologia e Ortopedia e hospital da Polícia Militar.
De acordo com a Secretaria Municipal de Educação, cerca de 1.000 alunos estudam na escola, dos quais 400 no turno da manhã, entre o 4º e o 9º ano, com idades que variam entre nove e 14 anos.