quinta-feira, 3 de novembro de 2011

Síria vai retirar as tropas das cidades e zonas residenciais e libertar oposicionistas

O governo da Síria concordou em retirar as tropas das cidades e zonas residenciais e em libertar oposicionistas presos, como parte de um acordo para tentar encerrar sete meses de violência no país, anunciou nesta quarta-feira (2) a Liga Árabe.
O primeiro-ministro do Qatar, Sheikh Hamad bin Jassim al-Thani, disse no Cairo que o grupo diplomático espera que o acordo seja implantado imediatamente.
Ele leu um comunicado dizendo que a Síria concordou com uma série de pontos, incluindo o fim completo da violência, a soltura de prisioneiros, a retirada das tropas e a permissão para que a Liga Árabe e a imprensa tenham acesso livre no país para relatar a situação.
Ele afirmou também que a Liga Árabe vai continua mediando contatos entre o governo de Bashar al Assad e a oposição para "preparar um diálogo nacional dentro de duas semanas".
A Síria havia anunciado na véspera o acordo.
No domingo, uma delegação da Liga, liderada pelo Qatar, havia se reunido em Doha com o ministro sírio de Relações Exteriores, Walid Muallem, para apresentar um plano que prevê o fim "imediato" da violência.
A repressão a oposicionistas já deixou cerca de 3 mil mortos na Síria, segundo ONU.
Fonte: G1

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Não deixe de comentar !!!!!!