segunda-feira, 17 de outubro de 2011

PF vai avaliar necessidade de abrir novo inquérito para investigar desvios no Ministério do Esporte

RIO - As denúncias de desvio de verbas do Ministério do Esporte para ONGs, que vieram à tona neste fim de semana em reportagem da revista "Veja", poderão ser investigadas dentro de inquéritos já existentes na Polícia Federal. O ministro da Justiça, José Eduardo Cardozo, disse nesta segunda-feira que a PF fará um levantamento das investigações já em curso sobre casos de convênios do Ministério do Esporte para avaliar se é preciso abrir um novo inquérito.
- Já existem investigações em relação a convênios do Ministério do Esporte questionados anteriormente. Esses novos fatos podem exigir a abertura de um novo inquérito policial, na medida em que envolve uma outra autoridade, inclusive com foro privilegiado, ou vamos aproveitar os inquéritos em curso para fazer uma apuração imediata dos casos denunciados agora. Posso garantir que a Polícia Federal será criteriosa e rigorosa - disse Cardozo, que participa nesta manhã do seminário "A Informalidade e seus impactos na sociedade", que acontece na sede do GLOBO.
O ministro reforçou que a disposição do ministro do Esporte, Orlando Silva, em abrir seus sigilos telefônico e bancário mostra o desejo de que as investigações sejam feitas de forma séria. Cardozo afirmou que os sigilos serão quebrados pela PF se o inquérito policial apontar essa necessidade.
Fonte: Oglobo

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Não deixe de comentar !!!!!!