segunda-feira, 3 de outubro de 2011

Fiança de 245,2 Mil faz familia do motorista Camaro tentar vender a casa

A família do motorista do Camaro que se envolveu em um grave acidente na sexta-feira (30) tenta vender um imóvel para pagar a fiança que foi estabelecida em R$ 245,2 mil pela Justiça. João César Cáceres, advogado de Felipe de Lorena Infante Arenzon, de 19 anos, acredita que a venda seja concluída nesta segunda-feira (3). Caso contrário, ele deve pedir à Justiça que reconsidere esse valor.
“Vou aguardar que a família venda o imóvel. Se não conseguir o dinheiro até o fim da tarde, nós vamos pedir para que a Justiça reconsidere o valor da fiança”, afirmou Cáceres. Arenzon está detido no 72º DP, na Vila Penteado, na Zona Norte, desde sexta-feira.
De acordo com o advogado, a família está muito abalada com o acidente. “A mãe está à base de remédios”, disse. Ainda segundo Cáceres, a família não sabia que o jovem possuía esse veículo e foi surpreendida com a notícia do acidente.
No acidente, o motorista do Camaro e outras quatro pessoas ficaram feridas, sendo uma gravemente. Um motorista que teve o veículo atingido pelo Camaro teve 90% do corpo queimado e seguia internado em estado grave no Hospital das Clínicas nesta manhã. Ele respirava com ajuda de aparelhos, segundo o hospital.
ColisãoO acidente aconteceu na altura do número 2.500 da Avenida Inajar de Souza, no sentido Freguesia do Ó. De acordo com o soldado Luís Carlos Barboza, da Polícia Militar, Arenzon foi encontrado em uma casa próxima ao local do acidente. Ainda segundo o soldado, o condutor disse que voltava de uma festa em uma casa noturna na Zona Oeste da cidade quando o correu o acidente.
Dentro do carro foi encontrada uma lata de cerveja. Testemunhas disseram que ele havia batido em outro veículo antes de causar o maior acidente. Segundo a polícia, ele bateu em outro carro na região da Pompeia e atropelou duas mulheres na Ponte da Freguesia do Ó. Segundo a PM, elas foram socorridas por pessoas que passavam pelo local.
Outros acidentesO motorista do Vectra atingido pelo Camaro, o webdesigner Hermes Crespo, de 33 anos, dava uma carona para sua tia por volta das 7h desta sexta quando viu um carro se aproximar em alta velocidade. “Eu só vi um vulto. Ele foi batendo nos carros. Depois foi embora.” Segundo o webdesigner, o Camaro atingiu pelo menos cinco carros.
Crespo e a tia não se feriram, mas ele disse que o motorista do Camaro deve "ir para a cadeia". "A gente está precisando de leis mais severas no trânsito. Ele deve ter dinheiro. Vamos ver no que vai dar. Eu vou procurar os meus direitos.”

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Não deixe de comentar !!!!!!