sexta-feira, 28 de outubro de 2011

Defensoria da União vai pedir que MEC anule questões do Enem que vazaram

A Defensoria Pública da União enviará, nesta sexta-feira (28), recomendação ao Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais (Inep) para que sejam anuladas as 14 questões do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) que vazaram ou para que o exame seja cancelado de forma integral. O Inep terá dez dias para se manifestar.
“Como se trata de um concurso nacional, a solução não pode ser apenas no âmbito local, já que ela interfere na garantia da isonomia entre todos os candidatos", diz Ricardo Salviano, defensor público federal, autor da recomendação.
O Ministério da Educação confirmou nesta quinta-feira (27) que as questões do Enem que vazaram estavam no pré-teste aplicado no Colégio Christus, em Fortaleza, em outubro de 2010.
O Ministério Público Federal do Ceará (MPF-CE) entrou na tarde desta quinta com uma ação civil pública que pede a anulação da prova do Enem em todo o Brasil, ou então solicitando a anulação de 14 questões iguais às do exame divulgadas em material do Colégio Christus, dias antes da prova realizada no último fim de semana.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Não deixe de comentar !!!!!!