sexta-feira, 2 de setembro de 2011

A Monstruosa mulher de Hannibal Kadhafi "Aline Skaf"



Uma babá que trabalhou para um dos filhos do ditador Muammar Kadhafi contou à rede americana CNN como foi torturada com água fervente porque se recusou a bater em um das crianças de que cuidava.
O corpo de Shweyga Mullah está coberto de feridas após ter sido queimada pela mulher de Hannibal Kadhafi, Aline Skaf. Ela foi encontrada em um dos quartos da luxuosa residência da família após a invasão pelos rebeldes, em Trípoli.Sem condições de ir a um hospital, a mulher de origem etíope passou dias num colchão no chão, onde contou sua história.

Mullah, de 30 anos, foi para a Líbia para trabalhar como babá dos filhos pequenos do casal há um ano. Segundo ela, o castigo ocorreu porque Aline, que é modelo, perdeu a cabeça após ela se recusar a bater numa das crianças que não parava de chorar.
“Ela me levou para o banheiro, amarrou minhas mãos nas costas e meus pés. Tapou minha boca e começou a despejar a água fervente em minha cabeça. Havia larvas na minha cabeça porque ela me escondeu e ninguém pode me ver”, contou.Um dos guardas da residência a levou a um hospital, num dia em que o casal deixou a casa, mas quando Aline descobriu ameaçou o funcionário com prisão se ele ajudasse a babá de novo.
A mulher perdeu praticamente todo o cabelo com as queimaduras. As cicatrizes também se espalham por seu peito, torso e pernas, algumas ainda bastante inflamadas.
"Quando ela fez isso em mim, por três dias ela não me deixou dormir. Eu tinha que ficar do lado de fora no frio, sem comida. Ela disse ao resto dos empregados:'Se alguém der comida a ela, eu farei o mesmo'. Eu não podia beber água, nada", afirma Mullah.

Uma colega, que não quis ter o nome divulgado, disse que Mullah apanhava constantemente e sofria ameaças com facas.
A babá contou que foi queimada duas vezes, a última há cerca de três meses. A mulher disse que mesmo que fosse a um hospital não teria dinheiro para bancar o tratamento, já que não recebeu nenhum centavo no ano em que passou na residência dos Kadhafi.
Fonte: G1

Um comentário:

  1. ESSA MULHER, ALINE, É UM DEMONIO QUE MERECE SER TAMBÉM QUEIMADA , FERIDA POR BASTANTE TEMPO E MORTA NAQUELES INSTRUMENTOS DE TORTURA DA IDADE MÉDIA.

    ResponderExcluir

Não deixe de comentar !!!!!!